16 de março de 2016

Dedo em mola ou gatilho.

Denominação vulgar  para um tipo de tenossinovite estenosante.

Acontece nos dedos das mãos. Mais comum no I, II e III dedos das mãos. Principalmente na mão dominante, porém podem acontecer em ambas as mãos. (I dedo = polegar; II dedo= indicador; III dedo= o do meio).

O aumento de volume da capa que envolve o tendão flexor. Ou os tendões flexores. Também presença de nódulo que se forma nos tendões flexores.

Como esses tendões passam por uma polia o aumento de volume ou o nódulo engancham. Prendem na mesma. Deixando os dedos ou o dedo afetado em flexão. Ao fazer a extensão aparece o ressalto. Daí o nome em mola ou gatilho.

Diagnosticado precocemente o tratamento pode ser clinico ou conservador.

Quando mal conduzido ou diagnosticado tardiamente pode ser necessário tratamento cirúrgico.

Medicação oral e local. Fisioterapia. Imobilização na fase aguda. Infiltração com corticosteroide e anestésico. Quase sempre resolve. A cirurgia ficando para os casos crônicos.