Edmilson Teixeira

20 de fevereiro de 2016

São Luiz de Quitunde

A situação administrativa em São Luiz de Quitunde deu uma melhorada tão grande nesses últimos quatro meses, que o novo prefeito Jilson Lima está anunciando para este sábado, a abertura da I Copa São Luiz de Futebol de Base, evento que se estenderá por oito dias. Simplesmente a competição reunirá além de Alagoas, equipes dos estados da BA, PE, PB e SE. Diz o secretário de Cultura, Jualiso Lima, que a Copa será disputada em quatro campos de futebol, e que toda uma estrutura foi montada, a fim de alojar todos os jogadores visitantes. Eles ficarão nas escolas da rede pública, com alimentação e tudo mais. “Esse é um jeito saudável da gente promover esporte, sobretudo como instrumento de qualidade de vida; garantindo saúde, entretenimento e bem-estar para todos”, disse o prefeito.

Maribondo, o grito pela saúde!  

Faixas e cartazes com frases de protesto, fizeram parte de um movimento com muita  agitação pelas ruas de Maribondo na tarde de quinta-feira. O evento que reuniu servidores do município  e vários moradores da cidade, fez parte de uma revolta ligada ao descaso do serviço público de saúde, situação que nesses últimos meses vem se agravando cada vez mais. A população cobra, funcionamento dos postos de saúde, ambulância que não tem nenhuma, medicamento e até profissionais especializados, como: médicos e enfermeiros para atenderem a comunidade. A Prefeitura enfrenta sérios problemas de caixa, e o dinheiro que entra mensalmente, muito mal dá para pagar a folha dos funcionários, inclusive a dos aposentados.  

Maribondo – ditador

Os organizadores do manifesto estão taxando o prefeito Tonho de Eurico de ditador. Isso porque, segundo eles, as faixas que foram colocadas em alguns pontos no dia anterior do manifesto, justamente convocando a população, foram arrancadas brutalmente por seus assessores. “Maribondo virou uma verdadeira zona! É uma terra sem governo, onde a única solução  que vejo no momento, é a gente pedir socorro ao governador Renan Filho, a fim de que possa olhar essa triste situação vivenciada pelo nosso povo”, disse o pintor Alex Grafite um dos líderes do movimento. Afirmou ainda, que vergonhosamente o povo de Maribondo está  sendo assistido pela Prefeitura de Anadia, mas que o prefeito de lá já fez a advertência, dando conta de que não tem estrutura para manter esse ritmo de assistência.   

Pindoba – violência

O ex-vereador por Pindoba, Luciano Fernandes, 52,  o “Luciano Baixinho” que chegou a ser prefeito na qualidade de presidente da Câmara, no período em que assassinaram o prefeito Laurenço Cardoso (setembro de 1996), está internado no HGE desde quinta-feira. Foi vitima de uma tentativa de assalto na zona rural de seu município, quando dois elementos em uma moto deram ordem para que o mesmo parasse. Como não atendeu a determinação dos bandidos, houve uma perseguição e os elementos efetuaram vários disparos de arma de fogo e uma das balas atingiu a perna do ex-vereador.

Pindoba – outro

Mesmo baleado, “Baixinho” não parou a sua moto e conseguiu chegar a sua residência. Os elementos então partiram para a segunda tentativa de assalto, que também não teve êxito. Na terceira tentativa, eles abordaram outro funcionário, também da Prefeitura de Pindoba, identificado apenas como Toninho e conseguiram render o mesmo e levaram uma motocicleta Honda CG Fan de cor preta e de placa não anotada. Segundo informações de familiares, Luciano não corre risco de morte, mas continua internado no HGE (Hospital Geral do Estado) em Maceió.   

Saneamento

Esta semana, técnicos da Gerência de Saneamento da Arsal participaram de um treinamento na sede do IMA, com os novos equipamentos para análise das amostras de água coletadas durante as fiscalizações da Agência. Os equipamentos adquiridos pela Arsal permitirão aos técnicos a análise “in loco”, no momento da coleta, de itens como PH da água e outros padrões de qualidade, agilizando os procedimentos fiscalizatórios independente dessa análise prévia, as amostras serão encaminhadas para o laboratório do IMA para testes mais detalhados.

Saneamento –  regulados 

Em Alagoas, o saneamento básico é regulado em apenas 35 municípios: Arapiraca, Craíbas, Lagoa da Canoa, Olho D’Água Grande, Igaci, São Brás, Feira Grande, Girau do Ponciano, Coité do Noia, Campo Grande, Ouro Branco, Santana do Ipanema, Poço das Trincheiras, Senador Rui Palmeira, São José da Tapera, Cacimbinhas, Monteirópolis, Olivença, Maravilha, Carneiros, Estrela de Alagoas, Jacaré dos Homens, Batalha, Piranhas, Pariconha, Olho D’Água do Casado, Inhapi, Delmiro Gouveia, Campestre, Messias, Santa Luzia do Norte, Barra de São Miguel, Palmeira dos Índios e Japaratinga.

AMA

A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) está anunciando sua primeira reunião do ano. Será nesta segunda-feira pela manhã em sua sede. A pauta principal está centrada no Fundeb. É que desde 2010 até 2015, o Fundeb aumentou em torno de 59%, enquanto o piso dos professores aumentou 87,5%. É uma conta que não fecha, diz o consultor da AMA, Luiz Geraldo. Ele concluiu um estudo que aponta que Alagoas deixará de receber aproximadamente R$ 80 milhões no Fundeb. Deste montante, R$ 33 milhões a menos só na conta dos municípios. A queda distribuída entre a rede estadual e municipal de ensino é justificada pelas 26.670 matrículas a menos no ano de 2015 em todo o estado.

 

AMA- dimensão

 

Essa queda na matrícula é um reflexo nacional. Segundo os dados finais do Censo Escolar 2015, de 2014 para 2015 a matrícula total na Educação Básica, incluindo todas as etapas (educação infantil, ensino fundamental e médio) e modalidades de educação escolar (educação especial, educação de jovens e adultos, educação profissional), apresentou uma redução de 976.484 alunos, correspondendo a um percentual de 2,5% menor que a matrícula referente ao ano de 2014 em todo Brasil.

 

Pilar

Depois de Santa Luzia do Norte, o município do Pilar passa a ser o segundo de Alagoas a regulamentar desde a última quinta-feira, a profissão dos condutores de ambulância. É que a sancionada pela presidente Dilma em junho de 2014, prevê que a categoria tenha o direito de associação sindical e determina que os motoristas deverão comprovar treinamento especializado e reciclagem em cursos específicos a cada cinco anos. “Com essa atitude os condutores de ambulância terão seus direitos garantidos por lei onde os mesmos terão uma qualidade de vida melhor”, disse o prefeito Carlos Alberto Canuto.

 

Viçosa – denúncia

Vereadora e vice-presidente da Câmara, Micheline Fernandes (PV), disse que protocolou na quinta-feira durante sessão da Casa, documentos que informam que Viçosa pede para devolver R$ 900 mil de um convênio já firmado com o Ministério do Turismo. O tal convênio, segundo ela, era destinado para a infraestrutura na Avenida Firmino Maia, a fim de valorizar os equipamentos turísticos. “Com esse valor dava para construir base coberta para taxistas e moto-taxistas, academia ao ar livre entre outras, além de gerar mais emprego no município”, comenta.

 

Viçosa – Cauc  

Além disso, diz Micheline,  outra informação se dá a respeito do FGTS que segundo a Caixa Econômica,  desde 31/03/2015 está com irregularidades. Também no mês passado, o SIAFI inseriu no CAUC, dois convênios estão inadimplentes por falta de apresentação da prestação de contas. “É preciso que a Câmara de Vereadores apure as informações, protocolei e espero que o plenário aprove a fiscalização dessas informações” alertou.