Edmilson Teixeira

11 de fevereiro de 2016

Traipu

Para muitos, 2016 está começando agora depois da passagem do Carnaval. É um ano que promete muita movimentação política, devido às eleições municipais que ocorrerão em outubro próximo. Candidatos de diversas “seitas” partidárias estão se articulando de forma cautelosa, a fim de que seus nomes possam  entrar na disputa pelo voto nas urnas. Em Traipu, por exemplo, a grande novidade pode ser o nome de Eduardo Tavares. É natural do município e detém a fama de ser procurador do Ministério Público de Alagoas; ele que em 2014 desistiu de concorrer ao governo de Alagoas, por se sentir isolado dentro do ninho do PSDB, do então governador Téo Vilela.

Traipu- é possível

“Eu não descarto uma possível candidatura minha. Na verdade meu nome vem sendo especulado em Traipu, sobretudo por um grupo de gente decente, que almeja  descobrir um gestor público, que venha mudar o perfil administrativo  do nosso município; carente de saúde, educação, segurança e tantos outros problemas sociais” comentou Eduardo Tavares. Disse que paralelo a essa proposta, seus companheiros de profissão têm insistido para que ele se candidate a presidência do Ministério Público de Alagoas agora em 2016. No final da gestão de Téo Vilela, Eduardo Tavares chegou a ocupar a pasta da Secretaria de Estado da Defesa Social, durante 84 dias. Deixou para se candidatar ao governo em 2014.

Barra de Santo Antônio

O ex-secretário de transportes da Barra de Santo Antônio, Wemerson Senna, teve sua carteira de motorista apreendida durante uma abordagem policial realizada no sábado, no centro da cidade. Segundo os militares, durante o flagrante, o motorista fez o teste do bafômetro que confirmou o álcool acima do permitido pela lei. Logo após o ocorrido, o vice-prefeito e cunhado do condutor, Carlos Alexandre, esteve no local da apreensão munido de habilitação, para a retirada do veículo modelo Pajero, que é de sua propriedade. O ex-secretário poderá responder a um processo por embriaguez ao volante. A infração é gravíssima e o valor da multa é de R$ 1.915,40, além de ficar impedido de dirigir por um ano.

 

Pilar

A festa pilarense foi animada pra valer. A cidade manteve a tradição de assegurar  desfiles de blocos de ruas durante os quatro dias de folia. Destaque para o bloco “Gente que Faz” que saiu na segunda-feira, arrastando cerca de 30 mil foliões, segundo seus organizadores. O bloco “Gente que Faz” completou agora 19 anos de atividade carnavalesca e independentemente é comandado pelo prefeito Carlos Alberto Canuto.

 

 

Capela- sucesso

 

Nas redes sociais o prefeito de Capela, Eustaquinho Moreira comentou que apesar de tantas dificuldades financeiras hoje existentes, conseguiu se planejar e realizar um Carnaval muito bonito, alegre e com segurança.  “No aspecto ‘Segurança’, fizemos:  prévia reunião com o Ministério Público e a Polícia Militar;  fechamento da praça central (para ajudar na revista e segurança dos foliões); disponibilização de seguranças particulares; condições para atuação decisiva da Guarda Municipal”, disse.

 

Capela – bonecos


“Resgatamos a tradição dos ‘bonecos gigantes’; quase que foi duplicado o número de blocos carnavalescos e, com a Prefeitura pagando em dia seus funcionários públicos e o comércio local, proporcionamos mais renda e postos de trabalho para todos” disse Eustaquinho, agradecendo ao Ministério Público, na pessoa do Dr. Edelzito Andrade; à Polícia Militar e a todos os que fazem a Prefeitura  em especial à Guarda Municipal.
 

 

FPM

Mesmo num dia de ressaca, foi creditado ontem, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 1.º decêndio de fevereiro de 2016. O valor será de R$ 4.976.885.762,34, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

 

FPM – comparações

 

Em valores brutos, isto é, incluindo a retenção do Fundeb, o montante é de R$ 6.221.107.202,93. Comparando com o primeiro decêndio de fevereiro de 2015, o atual teve um crescimento de 1,82%, isso em termos brutos e reais. Se for considerado o valor nominal dos repasses, sem as consequências da inflação, houve um crescimento de 9,97%. No acumulado de 2016, o FPM soma R$ 13,319 bilhões, enquanto que no mesmo período de 2015, o acumulado ficou em R$ 14,999 bilhões. Em termos reais, o somatório dos repasses é 12,32% menor do que o mesmo período do ano anterior.

 

Baixa arrecadação

 

Os primeiros repasses do ano refletem a baixa arrecadação realizada devido às fracas vendas de fim e início de ano. Tais repasses são um indício de que o fundo será profundamente prejudicado pela crise que se mantém no novo ano.
Entretanto, a expectativa da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) é que nos próximos meses o fundo cresça nominalmente em relação ao mesmo período de 2015: 4,1% de crescimento em fevereiro e 5,7% em março. Alagoas NT

 

Penedo –  triste

O Centro comercial de Penedo passa por uma grande transformação. Denominada de “Requalificação do Largo de São Gonçalo”, a obra, contemplada pelo PAC Cidades Históricas, ainda não foi concluída, mas já vem sendo destruída por pessoas que não tem a mínima noção de preservação do patrimônio público. O fato é que motoristas estão fazendo os calçadões recém-construídos de pista para tráfego de veículos e estacionamento. Isso tem causado revolta nas autoridades locais e em pessoas que realmente amam o município ribeirinho e encaram a situação com tristeza.

 

Penedo – apelo

 

No Facebook, o prefeito Március Beltrão falou com indignação sobre o caso e fez um chamamento para que essas pessoas cuidem mais de Penedo. “Hoje fiquei triste ao receber estas fotos. Uma das mais importantes obras de Penedo, com mais de R$ 9 milhões em investimentos, sendo desrespeitada. Não posso afirmar se todos são da cidade. Mas, precisamos ter consciência e preservar o que é nosso!! O local já é visível que se trata de um calçadão, com piso de granito. Evidente que é proibido o trânsito de veículos. Vamos cuidar, pensar mais na nossa Penedo!”, comentou.

 

Coite do Nóia

A Escola Estadual Álvaro Paes, de Coité do Noia, está entre as que comemoram a aprovação de seus alunos em universidades de Alagoas e fora do Estado. Tradicional celeiro de medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), a unidade teve duas estudantes aprovadas em Medicina da Ufal, além de alunos selecionados em cursos como Odontologia, Fonoaudiologia, Educação Física, Geografia e Biologia.