Blog do Dresch

16 de janeiro de 2016

Semed renova e amplia parceria

                   A Secretaria Municipal de Educação renovou e ampliou o Programa Se Liga e Acelera, do Instituto Ayrton Senna. Segundo a Secretária de Educação do município, Ana Dayse Dórea, em 2015 o programa trabalhou com 18 escolas da rede municipal, e a partir deste novo ano o trabalho vai atingir 33 escolas, chegando a 2 mil alunos. “Há mais de um ano estamos tendo a oportunidade de trabalhar com a equipe da instituição, e resolvemos unir esforços para diminuir o índice de distorção idade-série. O trabalho realizado pelo Instituto é referência para o Brasil inteiro e nós já temos resultados positivos” explicou a secretária de Educação.

 

Não vai faltar energia

                   Neste ano de 2016, o risco de faltar energia nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste é zero. A informação é do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) que realizou sua primeira reunião deste ano. Segundo relatório, há uma sobra estrutural de cerca de 9,3 mil megawatts médios para atender a carga prevista. “O sistema elétrico apresenta-se estruturalmente equilibrado, em decorrência da capacidade de geração e transmissão instalada no país, que continua sendo ampliada com a entrada em operação de usinas, linhas e subestações” diz o relatório do grupo. Ainda de acordo com o comitê, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (NOS) deverá continuar acompanhando as condições hidroenergéticas do Sistema Interligado Nacional, de modo a definir a geração térmica necessária para garantia do atendimento energético do sistema. Em agosto do ano passado, o CMSE decidiu desligar as termelétricas com custo mais alto, porque não havia mais necessidade daquela energia, devido ao aumento do volume de chuvas nos reservatórios das hidrelétricas. Ainda segundo a nota do Comitê, de Dezembro de 2015 predominaram chuvas acima da média nas bacias do subsistema Sul. No subsistema Sudeste, choveu acima da média nas bacias dos rios Paraná e Paranapanema e abaixo da média nas bacias dos rios Tietê, Grande e Parnaíba. As bacias do sistema Nordeste e Norte, apresentaram chuvas abaixo dos valores médios históricos.B


A “maldição” dos gols

                   A principio parecia ser apenas uma “brincadeira” de muito mau gosto. A cada gol marcado pelo meio-campista Aaron Ramsey, 25 anos, do Arsenal, uma celebridade morre no dia seguinte. Ainda bem, que ele jogando no meio de campo não é um goleador nato. Mesmo assim, tem deixado um “rastro”. O primeiro foi Osama Bin Laden, depois a cantora Whitney Houston, o ditador da Líbia Muamar Kadafi, os atores Paul Walker (“Velozes e Furiosos”) e Robin Williams, além do criador da Apple, Steve Jobs.

A “maldição” dos gols 2

                   É verdade que muitos gols marcados por Ramsey não causaram a morte de ninguém, mas as coincidências acabaram virando motivo de brincadeiras constantes na imprensa britânica. Nesta semana, o jogador do Arsenal marcou um gol no Sábado, e no Domingo faleceu o “camaleão do rock”, David Bowie. Na última quarta feira (13), o Arsenal bateu o Sunderland por 3 a 1, com um gol de Aaron Ramsey. Na quinta feira morreu o ator britânico Alan Rickman, o professor Snape, de Harry Potter. No Domingo o jogador volta a jogar. As celebridades que se cuidem.

Prisão mesmo, só nos EUA

                   O governo mexicano não quer passar pelo mesmo vexame internacional por duas vezes. Por isso iniciou o processo de extradição do narcotraficante e chefe mafioso Joaquin “El Chyapo” Guzmán, para dar um jeito de enviá-lo rapidamente (mesmo que possa durar meses) às prisões norte-americanas. O chefe do cartel de Sinaloa foi recapturado na última sexta feira, e no Domingo o México iniciou a formalização da extradição, já que ele é procurado pelos EUA. Após ser preso, Guzmán foi levado para o mesmo presídio de onde fugiu há seis meses, de moto, por um túnel de 1,5 km de extensão.

Prisão mesmo, só nos EUA 2

                   A intenção das autoridades mexicanas é que “El Chapo” enfrente a Justiça americana pelas centenas de toneladas de cocaína, metanfetamina e heroína que exportou pela fronteira. O narcotraficante, acusado da morte de milhares de pessoas no México e nos EUA, em razão do uso de drogas e da guerra entre gangues, enfrenta acusações em pelo menos sete jurisdições americanas. O México regularmente extradita líderes de redes traficantes, mas o governo de Enrique Peña Neto resistiu em entregar Guzmán em 2014, uma vez que sua prisão era motivo de orgulho nacional. Mas a postura do governo mudou após a espetacular fuga do mafioso do presídio de segurança máxima.

Infrações da faixa azul

                   Em 2015, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) autuou 7.828 veículos de passeio que trafegaram na pista exclusiva para ônibus, nas avenidas que utilizam a chamada faixa azul. No ano anterior, quando a faixa exclusiva foi implantada, foram pouco mais de 7 mil veículos flagrados cometendo a irregularidade. A faixa azul exclusiva dos ônibus existe nas avenidas Fernandes Lima, Durval de Góis Monteiro, Comendador Leão e Gustavo Paiva. A infração é de natureza leve, o motorista leva 3 pontos na carteira e paga uma multa de R$ 53,20.

 

 

  • Um dos grandes problemas enfrentados pelas equipes que compõem a força-tarefa de combate ao mosquito Aedes aegypti, são os imóveis fechados ou desabitados.
  • Nos bairros visitados nesta primeira semana o número de casas nesta situação é bastante alto. Na Ponta Verde foram visitadas 260 casas encontradas 210 casas fechadas e 3 desabitadas.
  • No Jacintinho foram visitadas 629 casas, e localizadas 421 casas fechadas e 4 desabitadas. No bairro do Canaã, 676 casas visitadas, 473 casas fechadas e nenhuma desabitada foi localizada. Na Santa Lúcia, 724 casas visitadas, 348 fechadas e 4 desabitadas, e no Benedito Bentes, 714 casas fechadas, 338 fechadas e 1 desabitada.
  • Também já foram visitados os bairros de Jacarecica, Garça Torta, Guaxuma, Riacho Doce, Pescaria e Ipioca, mas os números ainda estão sendo fechados. Ontem foi a vez do bairro da Serraria.
  • No interior já foram feitas visitas a 54 municípios e para a próxima semana outros 27 estão na agenda.