Roberto Baia

12 de maio de 2015

Medicamentos para Traipu

A Casa Maternal Nossa Senhora do Ó de Traipu recebeu um lote de medicamentos. O prefeito Erasmo Dias informou que os remédios foram entregues na sexta, 8.

“Fui pessoalmente receber e conferir os remédios. Não vamos deixar a população de Traipu sem assistência. Esse trabalho é fundamental para o desenvolvimento de um bom trabalho pelos profissionais da Saúde”, explicou o prefeito.

 

Não pode esperar

“Essa compra representa nosso compromisso e, principalmente, nossa forma de trabalhar. Sabemos que a população não pode esperar e nossa gestão está realizando um trabalho profissional para não deixar que nossa cidade e a saúde da população sejam mais prejudicadas”, disse o prefeito, acrescentado que a partir de agora Traipu terá uma gestão pública profissional, voltada para atender da melhor forma a população do município.

 

Validade vencida

“Temos o médico Dr. Humberto Palmeira, bastante experiente e respeitado por todos em Traipu, dirigindo a Secretaria Municipal de Saúde”, destacou o prefeito Erasmo Dias.

Quando chegou para visitar a Casa Maternal tão logo assumiu a gestão da Prefeitura Municipal de Traipu, o prefeito encontrou o estoque sem remédios. “Na verdade, foram encontrados medicamentos com a data de validade vencida”, revelou.

 

Faltava até soro

Até mesmo itens fundamentais para o trabalho dos profissionais da Saúde, como soro fisiológico estava faltando. “Sem esses medicamentos a Saúde para, o que constitui um crime contra a população, principalmente para os mais carentes, que precisam guardar o dinheiro para suas despesas com alimentação e roupas”, explicou.

 

 

Nota Oficial 1

Mesmo afastado do cargo, por decisão judicial da Comarca de Viçosa, o prefeito Flaubert Torres Filho, divulgou Nota Oficial, no último dia oito, informando que foram bloqueadas todas as senhas referentes aos recursos públicos que administrava antes de sua efetiva intimação e afastamento. Na nota, o prefeito chamou a atenção da impossibilidade de fechamento e pagamento da folha dos servidores contratados.

 

Nota Oficial 2

De acordo com a Nota Oficial, o prefeito afirma que os empréstimos consignados realizados pelos servidores, pelo mesmo motivo, não poderão ter os valores repassados às instituições bancárias, o que poderá provocar a negativação do nome dos servidores que tiverem empréstimo em folha de pagamento.

 

Foi condenado

 

O Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJ/AL) condenou, na última quinta-feira (07), o ex-prefeito de Matriz do Camaragibe, Cícero Cavalcante de Araújo, por ato de improbidade administrativa quando estava à frente da gestão daquele município. Com a decisão, Cavalcante terá de pagar uma multa equivalente a quatro vezes o valor da última remuneração da época de prefeito e está proibido de contratar com o poder público ou receber incentivos fiscais ou creditícios.

 

Atuação do MPE

O Ministério Público do Estado Alagoas (MPE/AL) deu início à ação civil por atos de improbidade administrativa em desfavor do ex-gestor com o promotor de Justiça Adriano Jorge Correia. Como o magistrado de primeiro grau julgou improcedente a ação, o MPE/AL recorreu da decisão. Coube ao procurador de Justiça Valter José de Omena Acioly atuar junto à 2ª Câmara Cível do TJ/AL, que distribuiu o processo para a desembargadora Elisabeth Carvalho.

 

“Mamaço” em Arapiraca

 

Como parte das atividades da campanha “Semana 100% Mamãe e Bebê”, a Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na manhã desta segunda-feira (11), um “mamaço” no centro da cidade, mais precisamente na Praça Deputado Marques da Silva.

Oito mulheres aderiram à campanha em defesa da amamentação em público. Algumas já são doadoras do Banco de Leite Humano e outras são mãe que estão cuidando de seus filhos recém-nascidos.

 

A campanha

No meio da praça foi montado um estande com sofás, brinquedoteca, fraldário e toda estrutura necessária para receber as mães convidadas e visitantes.

A campanha começou na noite de sábado (9), com um culto e atividades lúdicas na Igreja Evangélica Manancial de Deus, no bairro Jardim Esperança, com a participação da equipe do Programa Arapiraca Garante a Primeira Infância (Agapi) e da turma da coordenação das Arapiraquinhas, as bibliotecas digitais de bairro.

 

 

 

 

… A portaria com a desclassificação de 58 aprovados na segunda licitação do Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros Complementar e a convocação de 29 suplentes para assumir as respectivas linhas foi publicada na segunda-feira, 11, no Diário Oficial do Estado.

 

… A desclassificação ocorreu devido a não realização do cadastro e da assinatura do Contrato de Permissão junto a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal).

 

… Os suplentes devem comparecer em até dez dias úteis à sede da Arsal, localizada na Rua Cincinato Pinto, 226, no Centro de Maceió, das 8h às 14h, para dar início ao cadastro que antecede a assinatura dos contratos de permissão para exploração do serviço Complementar