Edmilson Teixeira

9 de maio de 2015

Viçosa, num clima de manobra!

 Uma manobra comandada pelo presidente da Câmara, Sidney Vilela resultou na última quinta-feira, na ausência de todos os nove  vereadores que mantém a base de sustentação de apoio ao prefeito afastado Flauber Filho, para a sessão ordinária que rigorosamente por Lei acontece todas as quintas-feiras das 16h às 18h. A vice-presidente da Casa, Micheline Fernandes e seu companheiro de bancada Jota Wanderley foram os únicos que compareceram. Só que a Câmara estava fechada, ondem nem seus funcionários deram as caras. O município está sendo comandado pelo vice-prefeito Manoel Vilela, o “Vô” como é conhecido; ele que na eleição para governador do ano passado, foi “tapar buraco” do PSDB na qualidade de vice do então candidato Júlio César.  

 

Viçosa – bronca

 “Na falta do presidente, assume a vice; e seria uma sessão importante, esta  de quinta-feira, pois  no município o prefeito Flauber foi afastado por decisão judicial. Porém, tanto eu como o vereador Jota Wanderley, assinamos uma CEI, a fim de apurar justamente as irregularidades do prefeito, sobretudo na concessão de diárias,  não somente do ano passado, mas de 2009 para cá, período em que ele vem conduzindo Viçosa”  argumentou revoltada.  Em Viçosa, Micheline é tida hoje como a “heroína” que  tem peitado os desmandos da Prefeitura, numa ação de coragem  que veio culminar agora com o afastamento do “Bé” como é conhecido o prefeito.   

 

Viçosa – badalação  

Nas redes sociais o prefeito Flauber Filho virou personagem de chacota depois de seu afastamento.  “Gostaria de parabenizar você Micheline Fernandes, pela sua luta em prol da nossa Viçosa. Mulher corajosa, guerreira, que quer o melhor para a nossa terra tão querida. Tenho muito orgulho de ser seu amigo. Viçosa é quem ganha com a sua garra. Siga em frente e conte com o nosso apoio e carinho”. Comentário do viçosense Francisco Bahia no Face.      

 

Encontro Pedagógico

 

No outro sábado dia 16, Maceió, receberá professores de diversas partes do Estado. E que nesta data acontecerá  o “Encontro Pedagógico” realizado pelo Sistema Maxi de Ensino. A expectativa do evento é reunir mais de 200 profissionais da categoria. O  Encontro contará com a palestra de abertura da professora, especialista em pedagogia afetiva, Jane Haddad, que abordará o tema: ‘Cuidados da educação contemporânea nas relações pedagógicas’.  Tudo ocorrerá no hotel Radisson, na Pajuçara, a partir das 8h30, e segue com programação de oficinas durante todo o dia.

 

Piaçabuçu

“Piaçabuçu merece por parte dos governantes, uma atenção bem maior, focada num trabalho de grande estrutura  inclinado para o turismo. Não se admite um município que detém um pacote de belezas naturais, como: a foz do Rio São Francisco e  praia do Peba, sem falar nas riquezas culturais de seu povo, não ter um hotel de grande porte ou  estrutura alguma para receber turista de toda parte do mundo”.  O recado é do coronel reformado, Jairo Juviniano dos Santos em defesa de sua terra natal. 

 

 

Campanha

De acordo com a Gerência do Programa Nacional de Imunização em Alagoas (PNI), órgão ligado à Sesau, a distribuição, em cotas, das vacinas para a campanha contra a gripe, deve-se a problemas de envio do Ministério da Saúde para o Estado. Até esta data, os municípios receberam, apenas, 39% da cota.

Campanha – meta

A campanha contra gripe foi iniciada na segunda-feira  e prossegue até o próximo dia 22, com a meta de vacinar  mais de 702 mil pessoas, o que corresponde a 80% dos alagoanos que compõem o grupo de risco. A iniciativa visa reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes do vírus da gripe.

Campanha – alvo

A vacina é destinada as  crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; povos indígenas; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; e os funcionários do sistema prisional.

Maragogi


Esta semana a Prefeitura  começou  a realizar o cadastramento dos moradores de São Bento, para regularização fundiária, com o programa ‘Moradia Legal’ criado pelo Tribunal de Justiça de Alagoas. Composta de 12 pessoas identificadas com uma camisa personalizada, a equipe está percorrendo os imóveis do bairro para cadastrar as famílias e coletar os documentos necessários para escriturar os imóveis aptos, gratuitamente.   

  

Agreste

 Esta semana três grupos do Arranjo Produtivo Local (APL) Mandioca do Agreste foram contemplados em chamadas públicas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a aquisição de produtos à base de macaxeira e de hortaliças diversas. Com isso, a Cooperativa dos Produtores Rurais de Arapiraca (Cooperal), a Associação Nossa Senhora da Conceição e a Associação Lagoa do Mato, receberão, ao todo, cerca de R$ 1,8 milhão, beneficiando mais de 230 produtores.