Flávio Gomes

7 de maio de 2015

O preço de uma ideologia

Hubert Alquéres, no Blog do Noblat: “Tornou-se rotina. A cada semana algum membro do governo anuncia novo passo atrás em questões adotadas por pura ideologia nas administrações petistas dos últimos 12 anos. A mania de reinventar a roda para se diferenciar do “neoliberalismo” dos tempos de FHC os levou a cometer desatinos: desorganizou modelos que estavam dando certo, levou à perda de credibilidade do país entre os investidores, condenou a infraestrutura ao atraso. Um por um estão caindo os tabus petistas, símbolos de sua visão intervencionista e ideologizada da economia. O modelo adotado na área de petróleo e gás, inclusive para o pré-sal, foi vendido como a redenção nacional. Pois bem, agora o ministro das Minas e Energia anuncia que o governo ‘estuda flexibilizar as exigências de conteúdo nacional’ e dá pistas evidentes de que o modelo de partilha subiu no telhado. Quando indagado se o próximo leilão do pré-sal, a ser realizado nas calendas gregas, se dará com as regras atuais, foi enigmático: ‘pode ser que sim’… De recuo em recuo, o governo Dilma Rousseff está dando a volta ao mundo, revendo o que fez como ministra das Minas e da Energia, quando comandou a mudança de concessão das usinas elétricas, que passou a ser pela menor tarifa, em vez da outorga onerosa. Sim, Dilma está se rendendo ao modelo bem sucedido da privatização dos anos 90, que levou o PT a, de forma desqualificada, apelidar os tucanos de privatistas…”

A conferir

Trecho da carta de Renan Calheiros ao vice Michel Temer: “Transmito a Vossa Excelência – o que já fiz à Presidente da República – que qualquer indicação para cargos do Executivo, atribuídas a mim, deve ser descartada. A independência é condição indispensável para controle recíproco entre os poderes e não deve ser embaçada por ações incompatíveis com o exercício da Presidência do Congresso Nacional”.

Castigo

Por decisão da juíza Lorena Sotto-Mayor, o prefeito de Viçosa, Flaubert Torres, foi afastado do cargo por 180 dias. A acusação, desta vez, é o gasto de R$ 174 mil em diárias para ele próprio e de R$ 110 mil para o secretário de Administração, Maxwell Passos. A magistrada também decretou a indisponibilidade de bens de ambos.

Posição

O deputado federal Pedro Vilela (PSDB) é contra o ajuste fiscal: “Esse governo quebrou o País e agora quer que a sociedade brasileira pague a conta na forma do aumento de impostos, restringindo direitos trabalhistas e por meio de cortes no Fies. O Governo Federal deveria cortar pela metade os 38 ministérios e os milhares de cargos comissionados”.

Adequado

Marcelo Palmeira, vice-prefeito de Maceió, está substituindo Rui Palmeira, até 2ª feira próxima, e cumpre a agenda administrativa dentro do seu estilo discreto de ser. Marcelo, aliás, tem sido um parceiro ideal para o prefeito: é participativo, mas sabendo das limitações das atribuições que tem um vice. No padrão consagrado por Marco Maciel.

Prevenido

Um médico, daqui de Maceió, pensou, há poucos dias, em trocar de carro, um Polo 2013, após pagar a última prestação do financiamento. Avaliou a situação econômica e considerou: o carro é conservado, pouco rodado e não seria recomendável trocá-lo agora. Gastou R$ 2.400,00 numa revisão, incluindo pneus e bateria, e ficou com ele.

Tendência

A decisão não está tomada, há apenas uma decisão do PT de lançar candidato próprio à prefeitura de Maceió, em 2016. Mas, pelo que se sente, se isso ocorrer o favorito pela indicação é o deputado federal Paulão, liderança majoritária no partido. Ao ex-deputado Judson Cabral, sem espaço na legenda, restará disputar mandato de vereador.

Opinião

Da jornalista Mary Zaidan: “Pose de galo de briga, tom de desafio e farta distribuição de impropérios aos seus críticos. Nada de novo. No palanque montado pela CUT no 1º de Maio, o que se viu foi mais do mesmo. Lula sendo o Lula que ele crê insuperável. Lula que, diante da elevadíssima conta que tem de si, não percebe – ou faz de conta que não vê – a mudança dos humores em relação a ele e ao PT.”

 

*A Braskem realiza hoje, às 10 horas (horário de Brasília) entrevista coletiva para divulgação dos resultados obtidos no primeiro trimestre de 2015. Para participar via áudio conferência é preciso ligar para o telefone 0800 286 5336. Participarão diretores da empresa.

*Analistas do Sebrae do Rio Grande do Norte estarão em Maceió, hoje e amanhã, para conhecer a experiência de atuação da Unidade de Atendimento Empresarial do Sebrae/Alagoas.  Além disso, todas as formas de atendimento da UAE do Sebrae local serão explanadas. 

*O Museu de História Natural da Ufal completa neste mês de maio 25 anos de implantado. Para registrar, de hoje ao dia 29 haverá uma exposição itinerante sobre a instituição. A abertura é às 16 horas, na Biblioteca Central, no Campus A.C. Simões.

*Hoje e manhã acontece o I Seminário Alagoano Sobre Inovações do Novo Código de Processo Civil, iniciativa da Escola Superior da Magistratura de Alagoas e da Faculdade Maurício de Nassau, das 18 às 21:30h. Informações: 8704.5589, 9801.4264 e 9962 3147.

*Sai hoje o resultado do II Concurso de Fotografia do Memorial Pontes de Miranda, do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região. Houve 93 inscrições realizadas. O resultado será divulgado no site do TRT/AL. O evento integra a Semana de Museus 2015, do Ibram.

*O bar e restaurante Conversa Botequim, reduto do samba de raiz, inicia hoje o projeto “Conexão Goiânia”, com uma proposta bastante diversa. Agora, em todas as quintas-feiras, sempre às 20 horas, haverá apresentação da dupla Raphael e Gabriel, de música sertaneja.

“Poderia ser chamada de Paula Toller Hall. Mas não dá para abreviar, tipo PT Hall, senão eles passam por aqui e carregam tudo.”

Paula Toller

Cantora, sobre o Citibank Hall, no Rio de Janeiro, que já foi Metropolitan e ATL Hall, segundo informa Ancelmo Góis, em “O Globo”