Flávio Gomes

3 de maio de 2015

Traficante vitimizado

Do jornalista Claudio Tognolli: “A história do segundo brasileiro fuzilado num paredón da Indonésia bestifica por uma única razão: o que os olhos não vêem o coração não sente. Traficantes, seja no Rio ou em São Paulo, têm executado até o Hino Nacional. Nada se fala. O bicho pega quando se executa ou um filho das ‘zelites’, ou um universitário. De uns tempos para cá o protagonismo que é contar a história de vida de vítimas, com fotos e cartinhas, deu uma dilatada em seus vastos domínios. Hoje membros da chamada nova classe média, vitimizados, já podem ter suas histórias de vida relatadas na grande mídia. Afinal viraram consumidores e, portanto, converteram-se em gente, sentenciam os editores. Há 13 anos um meu aluno foi chacinado no Morumbi. Era perto de uma biqueira numa favela não pacificada, como se diz. Ganhou páginas e páginas nos então quatro maiores jornais do país. Levantei os dados: naquele dia 9, rapazes, que regulavam com a idade do universitário, tinham sido chacinados na mesma noite: mas só ele mereceu história de vida. Há arcanos sobre isso no o prefácio de um livro de Leão Serva, chamado Jornalismo e Desinformação, escrito pelo Fernando Morais. Ele relata levantamento feito nos anos 60 pelo jornalista Argemiro Ferreira, sobre a Guerra do Vietnã. As contas são brutais: era necessário que morressem 35 vietcongs para que estes ganhassem o mesmo espaço (abre de página) que ganhava um oficial dos EUA morto (ou oito oficiais franceses e italianos). Só nos toca o que é igual à gente: ou é vendido como se fosse igual a nós. Não? O segundo fuzilamento na Indonésia nos toca mais o coração porque é literariamente relatado por aí. Capricham no texto, e nosso coração fala mais alto…”

Convergências

O governador Renan Calheiros Filho (35 anos) e o prefeito Rui Palmeira (38 anos) têm outras afinidades além da juventude e de serem herdeiros de políticos consagrados na atividade. É que a forma de gestão deles é bastante semelhante, especialmente pela demora com que certas decisões são tomadas. O que agrava a burocracia ainda mais.

Compromisso

O deputado estadual Ricardo Nezinho não tem se pronunciado a respeito da eleição para prefeito de Arapiraca, no próximo ano. Mas pessoas próximas a ele de vez em quando lembram que Célia Rocha se comprometeu a apoiá-lo, ainda por conta das negociações da campanha de 2010. Resta esperar para saber se o prometido será cumprido.

Pauta

A Associação dos Municípios Alagoanos debate amanhã, às 9 horas, o Pacto Federativo que deverá ser votado pelo Congresso Nacional este ano. O relator da Comissão Especial, deputado André Moura, discutirá o tema com prefeitos. Hoje, 70% da receita tributária nacional ficam com a União e apenas 6% são destinados aos municípios.

Agenda

A Câmara Municipal de Maceió realiza amanhã, 9 horas, outra audiência pública para tratar da Fibromialgia, proposta pela vereadora Tereza Nelma (PSDB). O tema é “Do diagnóstico à Convivência com a Dor”. Os sintomas são dores no sistema muscular e tendões, atingindo principalmente mulheres acima de 30 anos.

Alerta

Termina amanhã o prazo para que o eleitor que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições regularize sua situação. De acordo com a legislação eleitoral, quem está em tal situação poderá ter o título de eleitor cancelado. Para regularizar a situação, o eleitor deve procurar um cartório eleitoral até hoje.

Porém

Reconhecidamente, funcionou o trabalho da prefeitura de Maceió, com apoio da secretaria estadual de Defesa Social, para retirada de camelôs dos calçadões do Centro. A tolerância persiste, contudo, na Rua do Sol. Ali, não as calçadas e o leito da rua são ocupados ostensivamente por ambulantes. Até, quem sabe, ocorra um acidente fatal.

Hermafrodita

De Josias de Souza: “Enquanto o PT puxa o tapete de Joaquim Levy, o PMDB estende a mão ao ministro da Fazenda. O PMDB assina o projeto que reduz a 20 o número de ministérios e indica ministros para as pastas cuja extinção defende. O PMDB frequenta a lista suja da Lava Jato e, estalando de pureza moral, controla a CPI da Petrobras.”

 

*O projeto “Concerto aos Domingos” de hoje apresenta o Trio Mosaico, formado por Levi Guedes, no piano, Frederica Bourgeois, na flauta, e Wilson Pimentel, no trompete. Às 10 horas, no Instituto Histórico, com entrada gratuita. Contato: 3223. 7797.

*O cantor e compositor Guilherme Arantes, grande nome da MPB, é o focalizado de hoje no programa “Aplauso”, que abordará sua trajetória artística. O programa vai ao ar das 10 horas ao meio-dia, na Educativa FM, com produção de Givaldo Kleber.

* A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa amanhã em Alagoas. A meta é vacinar 702.289 idosos de mais de 60 anos, crianças e trabalhadores da saúde, dentre outros segmentos. O Dia 'D' de mobilização nacional será sábado, 9 de maio.

* Estão abertas as inscrições para a etapa estadual do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas (MPE Brasil). Até 31 de julho, empresas interessadas podem se inscrever gratuitamente através do site www.mbc.org.br/mpe.

*Estão abertas, até 20 de maio, as inscrições para candidatos a membros dos Conselhos Tutelares de Maceió, para o quadriênio 2016/2019. Serão eleitos pela população os 50 conselheiros que atuarão em 10 regiões administrativas da capital.

* Coruripe x CRB abre hoje, 16 horas, a decisão do Campeonato Alagoano, transmitida pela TV Gazeta, que 4ª feira, 22 horas, também exibirá o jogo de volta, no Trapichão. Os dois clubes já estão garantidos nas Copas do Brasil e do Nordeste, de 2016. 

 

“O PT só ganha votação quando a gente quer”

Eduardo Cunha

Presidente da Câmara dos Deputados, menosprezando seus aliados petistas