Flávio Gomes

19 de abril de 2015

Solidão sem poder

Do jornalista Márcio Chalegre, no site “Diário do Poder”: “… A coroação de Temer nada mais é do que o ápice do mais bem conduzido processo de contragolpe político da história recente. Depois de se eleger em consórcio com o PMDB, Dilma traiu seus sócios e tentou fazer o partido conhecer a lona, algo de uma inocência política assustadora. Articulada com outros caciques, ela tentou drenar os deputados peemedebistas para outras agremiações, no intuito de transformar o mais poderoso partido do país em mero coadjuvante. A resposta veio de forma cruel. A eleição de Eduardo Cunha foi a primeira demonstração de força. A partir dali o rolo compressor do PMDB começou a esmagar o Planalto sem dó nem piedade. No embate de forças, venceu quem podia mais. O contragolpe fez a Presidente balançar em sua cadeira e sentir o cheiro da fritura do impeachment… A Presidente, sem poderes, despacha no Planalto, enquanto Eduardo Cunha dá expediente na qualidade de Primeiro-Ministro na Presidência da Câmara dos Deputados, impondo sua agenda, derrubando e vetando ministros. No Senado, Renan Calheiros assumiu o controle do show da mesma forma. A agenda e a caneta passaram para as mãos do PMDB, que devolveu o golpe que estava sendo articulado contra suas hostes…”

Há mais

Muito se fala sobre a convocação da reserva da Polícia Militar, compromisso assumido em campanha por Renan Filho. Mas há o caso de aprovados em concursos da Uncisal para níveis fundamental, médio e superior. Enquanto não são nomeados, têm sido renovadas contratações temporárias feitas ainda em 2012.

 

Caixa

A informação é do próprio governador Renan Filho: R$ 40 milhões de sobra financeira do Detran estão sendo investidos na área de segurança pública. Isso tem proporcionado mais condições de equipar a Defesa Social e gastar em outros setores da área. E explica, em parte, porque os índices oficiais de criminalidade têm diminuído.

Para poucos

O prefeito Rui Palmeira está intrigado com a discriminação da União para com Maceió. É que, enquanto o governo federal alega falta de recursos para a Saúde, de modo geral, tem liberado dinheiro nessa área para outras cidades de porte. Rui cobra o empenho da bancada federal de Alagoas no Congresso Nacional para acabar com a injustiça.

Drama

É cada vez mais dramática a situação do Rio São Francisco, que sofre com a diminuição dos recursos hídricos, a poluição e a indiferença dos governantes. Um dos raros políticos a se preocupar com isso é o deputado estadual Inácio Loiola. Não é exagero algum sugerir que quem não conhece o Velho Chico vá logo antes que ele se acabe.

Boa causa

Foi boa ideia o projeto da vereadora Silvânia Barbosa (PSB), promulgado pela Câmara Municipal de Maceió, permitindo que gestantes e pessoas com crianças de colo tenham direito a usar vagas prioritárias de estacionamento em prédios comerciais públicos e privados. Visa possibilitar mais segurança e facilitar a locomoção.

Nova ordem

Figuras queridas da Igreja Católica em Alagoas, padre

Manoel Henrique toma posse hoje na Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Tabuleiro Novo, na missa das 16 horas. Padre Manoel Henrique é diretor acadêmico da Escola Superior da Magistratura do Tribunal de Justiça e Vigário Episcopal da Arquidiocese de Maceió.

Dois pesos

De Luís Nassif, sobre denúncias do governador mineiro Fernando Pimentel contra os antecessores, Aécio Neves e Antônio Anastasia: “Muitos dos vícios apontados na área federal reproduziram-se de forma muito mais intensa em Minas. A diferença de imagem reside unicamente na oligopolização da mídia e na forma enviesada da cobertura.”

 

*Segunda-feira véspera de feriado tradicionalmente é “imprensado” em repartições públicas. Mas amanhã, em Alagoas, oficialmente dos órgãos públicos somente o Poder Judiciário estadual não terá expediente, por determinação do Tribunal de Justiça.

*Em plena atividade profissional, aos 94 anos de idade, Dona Ivone Lara, cantora e uma das primeiras compositoras de samba, será focalizada hoje pelo programa “Aplauso”, na Educativa FM. Das 10 horas ao meio-dia, com produção de Givaldo Kleber.

*O projeto Lazer na Praça, que acontece aos domingo, na Praça Centenário, no Farol, hoje, Dia do Índios, além de atividades físicas e de recreação terá participação da artista Natalinha Marinho e de equipe do Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis.

*Pela 13ª Semana Nacional de Museus, o Museu Palácio Floriano Peixoto recebe até amanhã inscrições de artistas e grupos culturais que queiram expor suas obras dentro da temática “Museus para uma sociedade sustentável”. Informações: 3315.7874.

 

*As comemorações em Maceió do Dia Nacional do Espiritismo acontecem hoje, a partir das 9 horas, na Avenida Sílvio Viana, Ponta Verde. Dentre as atividades, no final da tarde haverá palestra e show da cantora Elizabeth Lacerda.

*Mais de 200 atletas vão participar, hoje, do Alagoas Triathlon, com percurso nas orlas de Pajuçara e Jaraguá. E também haverá, incorporado ao evento, o Alagoas Aqua Triathlon Fest, para triatletas iniciantes. A abertura é às 7 horas, na Praça Multieventos.

*Jogos de hoje do Campeonato Alagoano, todos às 16 horas: CRB x CEO, no Trapichão; CSE x CSA, em Palmeira dos Índios; ASA x Ipanema, em Arapiraca; Santa Rita x Coruripe, em Boca da Mata. É uma rodada do tipo “salve-se quem puder”.

 

“Quando a esquerda começa a contar dinheiro, converte-se em direita”

Carlito Maia

Publicitário carioca e fundador do PT, falecido em 2002, em frase lembrada por Bernardo de Mello Franco, a propósito da prisão de João Vaccari, tesoureiro petista acusado de abastecer campanhas com propinas do Petrolão