Flávio Gomes

17 de abril de 2015

A origem

Da jornalista Eliane Cantanhêde, no “Estadão”: “… Começa a ficar clara a resposta a uma dúvida crucial do escândalo histórico da Petrobrás: o ovo ou a galinha? Um cartel de empreiteiras aliciou políticos, ou partidos do governo manipularam um cartel de empreiteiras? A Polícia Federal, o Ministério Público e a Justiça Federal começam a desvendar o mistério com o nome nada sutil da nova fase da Operação Lava Jato: A Origem. O início de tudo isso não foi um cartel de empresas desses que existe desde sempre, nem foi uma corrupção, digamos, trivial. A verdadeira origem da sangria da Petrobrás foi um esquema armado por partidos e políticos no poder a partir de 2003. Primeiro, a Lava Jato prendeu doleiros, ex-diretores da Petrobrás e grandes executivos de empreiteiras, deixando de lado os parlamentares, que têm o foro privilegiado do Supremo Tribunal Federal. Comeu pelas bordas, até chegar no ponto central, ou na ‘origem’: os políticos… Enquanto isso, a presidente Dilma Rousseff investe na sua ‘agenda positiva’ e é capaz de tirar fotos fazendo coraçãozinho com as duas mãos e até de dizer que a Petrobrás está uma beleza… Dilma está jogando nacos de poder às feras, mas não é dessas de renunciar. E, como admitem gregos e troianos, oposicionistas e governistas, o impeachment não depende só de Lula, PT, PMDB e muito menos só de PSDB, DEM e PPS. Depende das ruas…”

Endosso

De nota subscrita por 15 entidades em relação à 17ª Vara: “Ciente de que o combate ao crime organizado é fundamental para a segurança pública, e de que uma sociedade justa e democrática só é alcançada pela igualdade de direitos, sem distinção ou privilégios, o setor produtivo alagoano está mobilizado em defesa da manutenção dos vetos do governador Renan Filho.”

Às feras

Quem conhece Vinícius Lages atesta ser ele discreto, desprovido de vaidade, e que nunca precisou de política. É assim desde os tempos de infância e juventude em Maceió. Fez carreira profissional no Sebrae, onde Renan Calheiros o descobriu para indicá-lo ministro do Turismo. Ser chefe de gabinete do Senado, como compensação, mancha sua biografia.

Alerta

O deputado federal João Henrique Caldas (Solidariedade/AL) propôs a criação de uma comissão especial de parlamentares para acompanhar os acordos de leniência que estão sendo arrumados pela Corregedoria Geral da União para beneficiar empresas envolvidas nos desvios da Petrobras. JHC quer saber os limites dessa camaradagem.

Porteira aberta

Primeiro, foi o professor Eduardo Magalhães a deixar a executiva do partido, depois de vários anos de atividade. Agora é Marco Fireman, presidente do diretório municipal de Maceió, a pedir desfiliação do PSDB. Há outros na lista. Assim, se desfigura o partido que reinou em Alagoas nos oito anos de Téo Vilela como governador.

Fumaça

O governo não fala sobre reajuste para o funcionalismo, mas não é só isso que preocupa os servidores. Com cargos de confiança vagos, sob alegação de economia, o Estado pode acabar com o turno único de trabalho. Ao invés das 8 às 14 horas, o expediente voltaria a ser das 8 às 12 e das 14 às 18 horas. É uma ideia que está sendo avaliada.

Gargalo

Um posto de gasolina instalado no cruzamento da Rua da Praia com a Barão de Anadia, no Centro, está vendendo gasolina comum abaixo de R$ 3,00, se o pagamento for em espécie. Com isso, formam-se filas enormes, prejudicando o fluxo de veículos que saem da Rua Zacarias de Azevedo. Resultado: mais um engarrafamento na cidade.

Opinião

Do jornalista Sebastião Nery: “Foi preciso vir um falso Partido dos Trabalhadores, liderado por um falso operário, para estuprar a CLT com essa criminosa lei da terceirização. Há meses o Congresso discute e vota o projeto. E não se ouviu uma palavra de Lula. Como sempre, escondido. O silêncio é o estilo dos farsantes.”

 

*Hoje, às 9 horas, na Faculdade Maurício de Nassau, será lançada a campanha dos Delegados de Polícia Federal para o enfrentamento e combate à corrupção. Haverá ainda lançamento de campanha específica voltada aos profissionais de imprensa.

*Encerra-se hoje em Alagoas a missão técnica da Secretaria do Tesouro Nacional para avaliação do desempenho do Estado em relação ao cumprimento das metas do Programa de Ajuste Fiscal. A visita é realizada anualmente nos Estados que refinanciaram dívidas com a União.

*Por iniciativa do Sebrae, encerra-se hoje a participação de quatro empresas alagoanas na 39ª edição do São Paulo Fashion Week, maior evento de moda da América Latina. São elas: Aquas Moda Praia, Gasoline, MDK e Bruna Bert Designer de Joias.

*A 7ª Semana do Microempreendedor Individual atente, até hoje, empresários e potenciais empresários de Maceió, Arapiraca, Penedo e Delmiro Gouveia. Durante todo o dia ainda será possível tirar dúvidas, obter informações e se formalizar através do Sebrae.

*A Orquestra Celebration se apresenta hoje na happy hour do Sesc Poço, com ritmos musicais diversificados, incluindo sucessos nacionais e internacionais. A partir das 19h30m, para comerciários e também convidados. Contato: 0800 284 2440.

*O restaurante Mesa de Bar, na Jatiúca, apresenta hoje, como sempre ocorre às sextas-feiras, uma noite de samba, com apresentação da cantora Nara Cordeiro, acompanhada dos instrumentistas Adriano e Anderson. A partir das 21 horas. Informações: 9924.3463.

*Participantes da Copa do Brasil, CRB e ASA agora conhecem seus adversários na próxima fase da competição: o CRB pega o Grêmio, enquanto o ASA vai disputar vaga com o Vitória/BA. Os dois fazem em casa o primeiro jogo dos respectivos confrontos.

 

“Eu deixei o Palácio bem preocupado! A sensação é de que o governo está sentado em um vulcão em erupção e, tecnocraticamente, não se deu conta!”

Altamiro Borges

Militante do PCdoB, em seu Blog do Miro, após sair de reunião com Dilma Rousseff