<![CDATA[ Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas ]]> <![CDATA[Brasileiros, Bellucci e Monteiro caem na estreia do Aberto da Austrália]]> Único brasileiro a iniciar o Aberto da Austrália diretamente na chave principal de simples, Thomaz Bellucci se despediu do primeiro Grand Slam do ano nesta segunda-feira. Encarando o tenista da casa Bernard Tomic na primeira rodada, o paulista não conseguiu superar o favoritismo do adversário e acabou derrotado por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/1 e 6/4, em apenas uma hora e 39 minutos de partida.

Cabeça de chave número 27 em Melbourne, Tomic simplesmente não tomou reconhecimento de Bellucci. Logo em sua primeira vez servindo para o jogo o brasileiro não conseguiu se impor diante do rival, que mais consistente conseguiu a quebra do saque e abriu vantagem. Mantendo uma baixa margem de erro, Tomic ainda quebraria o saque de Bellucci novamente já no fim da parcial para fechar em 6/2 e abrir 1 a 0.

Bernard Tomic ganhou confiança com a impotência de Bellucci e foi ainda mais agressivo no segundo set. Sacando bem e com grande aproveitamento nas devoluções, o tenista da casa neutralizou completamente o rival, que confirmou apensas um serviço na parcial e ia ficando cada vez mais distante da classificação com mais um set a favor do australiano.

Ainda tentando se manter vivo na disputa, Bellucci mostrou uma reação no último set, quando cometeu menos erros em quadra e até o oitavo game seguiu empatado com Tomic. Entretanto, o rival australiano tratou de emplacar boas devoluções para fechar a última parcial e confirmar sua ida à segunda rodada do torneio.

Na próxima fase Bernard Tomic terá pela frente o dominicano Victor Estrella Burgos, que venceu o britânico Aljaz Bedene por 3 sets a 1, parciais de 7/6 (9 a 7), 7/5, 0/6 e 6/3.

Thiago Monteiro

Outro tenista representando o Brasil na chave de simples, Thiago Monteiro teve uma parada dificílima contra Jo-Wilfried Tsonga nesta segunda-feira. Diante do cabeça de chave número 12 do torneio australiano, o jovem cearense lutou bastante, mas não conseguiu superar o renomado adversário, que conquistou a classificação vencendo por 3 sets a 1, parciais de 6/1, 6/3, 6/7 (7 a 5) e 6/2, em duas horas e 26 minutos.

Thiago Monteiro também não teve sucesso contra Tsonga, mas mostrou que pode chegar longe (Foto: WILLIAM WEST/AFP)

Na próxima rodada Tsonga enfrentará o sérvio Dusan Lajovic, que superou o francês Stephane Robert por 3 sets a 0, triplo 6/3.

]]>
<![CDATA[Williams admite faltar detalhes para Mercedes anunciar Valtteri Bottas]]> Falta pouco mais de um mês para o lançamentos dos carros e para a pré-temporada da Fórmula 1, e a Mercedes ainda não divulgou quem será o companheiro de Lewis Hamilton. Porém, de acordo com Claire Williams, chefe do time britânico, faltam apenas alguns detalhes contratuais para que Valtteri Bottas possa assumir o lugar deixado por Nico Rosberg na escuderia alemã, confirmando a expectativa geral. Com a ida do finlandês, Felipe Massa é um dos mais cotados para assumir seu lugar na escuderia de Grove, na qual tem competido desde 2014, deixando de lado a aposentadoria anunciada ao fim da última temporada.

- Sim, falta pouco. Eu creio que assim que o Nico anunciou sua aposentadoria, eu sabia que a ligação viria por parte do Toto. Eu sabia que ele admirava o talento de Valtteri, muita gente admira. Nós não queremos ficar no caminho de um piloto que tem a oportunidade de correr em um carro que vence corridas, um carro campeão do mundo – afirmou durante o “Autosport International”, evento de automobilismo realizado na Inglaterra neste fim de semana.

Ainda que tenha admitido que falta pouco para a transferência do finlandês para a Mercedes, Williams não revelou quem será o substituto do piloto.

- Queria poder dizer quem é, mas ainda estamos definindo detalhes contratuais. Anunciaremos em breve, porque teremos de testar em pouco tempo. E todos nós estamos curiosos para saber quem pilotará para nós – diz.

Apesar de não ter o desejo de atrasar a carreira de Bottas, Claire ressaltou que para liberar Valtteri, o negócio também precisa ser vantajoso para a Williams. E foi assim que uma tentativa da Ferrari de contratar o finlandês em 2105 foi frustrada pelo time britânico.

- Precisamos ter certeza de que ao liberar Bottas, nós temos a melhor opção para substituí-lo, mas também garantir a melhor estrutura possível para fazer o time progredir. Todos sabem que a Ferrari estava atrás do Valtteri em 2015, mas nós tivemos que intervir, além de ele mesmo ter vetado o negócio. Você sempre tenta fazer o correto, mas como um time temos de fazer o que é melhor para todos os 650 empregados da Williams.

]]>
<![CDATA[MINI posiciona dois pilotos no Top 5 ao fim da décima etapa Rally dakar]]> Após o cancelamento da nona etapa, as corridas voltaram ao normal no Rally Dakar 2017. Os competidores partiram de Chilecito para completar os 751 quilômetros mais difíceis e chegar a San Juan, ao final da décima etapa. Com apenas mais duas pernas, todos os pilotos estão dando duro para alcançar a melhor posição na classificação geral. Na disputa, Yazeed Al Rajhi (KSA) e o co-piloto Timo Gottschalk (DEU) se deram melhor com o #306 MINI John Cooper Works Rally e conseguiram o quarto lugar, melhor posição entre os modelos MINI na décima etapa.

O lugar provisório de Al Rajhi na classificação (31º) está sujeito ao apelo depois que o saudita se retirou de um estágio por problemas de saúde. Recuperado, tem o objetivo de melhorar a posição final na classificação geral.

 Apenas um lugar atrás de Al Rajhi na etapa, Orlando Terranova (ARG) e Andreas Schulz (GER) tiraram o máximo do MINI John Cooper Works Rally #308 e conquistaram o quinto lugar, subindo para sexto na classificação geral.

 Mikko Hirvonen (FIN) e Michel Perin (FRA), os mais dominantes de MINI no Rally Dakar deste ano, enfrentaram um dia difícil no MINI John Cooper Works Rally #303. Uma colisão com um caminhão durante o estágio foi apenas uma das muitas dificuldades que deixaram a dupla em uma difícil posição. Hirvonen e Perin terminaram o estágio em 37º. Agora estão em 15º na classificação geral.

Sylvio de Barros (BR) e Rafael Capoani (BR) completaram a etapa em 29º. Eles estão agora em 19º na classificação geral.

]]>
<![CDATA[Presidente e torcida elogiam decreto que institui ASA como Patrimônio de Arapiraca]]> Mais que um elo entre a torcida e um clube de futebol, a Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA) tornou-se um bem do povo apaixonado de Arapiraca e figura, desta forma, com a possibilidade de se transformar em Patrimônio Histórico e Cultural Imaterial do município.

A decisão foi tomada ainda no primeiro dia de mandato do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) durante a solenidade de posse coletiva do secretariado, no dia primeiro de janeiro, no Centro Administrativo Municipal, no bairro Santa Edwiges.

Tanto a cidade, quanto o clube são reconhecidos dentro do cenário nacional pela altividade e dinamismo pelos quais desempenham suas funções, quer seja politicamente no desenvolvimento do município, quer seja dentro de campo guinando glórias e conquistas expressivas.

Faz parte deste patrimônio o escudo do Gigante Arapiraquense e todas as suas características originais, o seu uniforme nas cores preta e branca em listras verticais e toda a sua fanática torcida, que durante as competições sempre apóia o time do coração.

Outra atitude tomada pelo prefeito Rogério Teófilo é a de intensificar e fomentar as atividades esportivas do clube através de patrocínio de publicidade institucional na camisa alvinegra, favorecendo e divulgando Arapiraca, sua história, sua gente, valores e cultura.

Para o presidente, o radialista Nelson Santos Filho, essa atitude de tornar o alvinegro um patrimônio cultural fará com que o clube ganhe mais vitrine e possa angariar novos patrocinadores e recursos no futuro.

“Foi uma atitude sensancional do prefeito Rogério Teófilo em tornar o ASA Patrimônio Histórico e Cultural Imaterial da cidade e com certeza toda a sociedade arapiraquense, entre eles os torcedores, está feliz com essa atitude. É um aceno para que a gente possa caminhar com as próprias pernas, logicamente com o incentivo e auxílio da Administração Municipal. Isso vai facilitar na canalização de recursos para que o clube possa cumprir com a sua missão dentro e fora de campo”.

O decreto para que o ASA se torne Patrimônio Histórico e Cultura Imaterial de Arapiraca será encaminhado, em breve, para a Câmara Municipal de Vereadores para que seja apreciado e, consequentemente, votado.

O torcedor do Gigante Arapiraquense, Luciano Santos, considerou de suma importância a forma com que a administração municipal tem tratado o ASA, destacando ainda mudanças consideráveis que poderão acontecer quando o clube finalmente for Patrimônio Histórico e Cultural Imaterial de Arapiraca.

“Levando em consideração os benefícios que a partir desse decreto serão confirmados ao nosso gigante, tenho certeza que o céu é o limite. A realidade é uma só, hoje nós temos, finalmente, um prefeito torcedor do alvinegro. Agora as coisas hão de mudar, digo, já mudaram”.

Como um dos sócios fundadores da mais importante torcida organizada da cidade, Luciano acredita que o decreto é uma via de mão dupla, onde tanto Arapiraca, quanto o ASA sairão fortalecidos e reconhecidos dentro do cenário nacional, uma vez que um levará o nome do outro para quaisquer lugares desse Brasil.

“Nosso Grêmio Recreativo Torcida Organizada Mancha Negra acredita que a mudança já começou. O decreto menciona que nossa cidade será cada vez mais reconhecida como a terra do ASA e hoje podemos ter a certeza de dias gloriosos para o nosso Gigante”.

]]>
<![CDATA[Líderes do Chelsea tentam acalmar ânimos para manter Diego Costa no clube]]> Um grupo formado pelos líderes de vestiário do Chelsea tem trabalhado nos bastidores para garantir a sequência de Diego Costa na equipe. O atacante se envolveu em uma polêmica com o técnico Antonio Conte e teria vontade de aceitar uma proposta para se transferir ao futebol chinês.

Segundo o jornal Daily Mail, os jogadores de maior destaque na equipe se reuniram com Diego Costa para pedir a permanência no Chelsea. A imprensa britânica já havia reportado no sábado que alguns atletas pediram para o atacante se desculpar com Conte.

O interesse na contratação do jogador teria partido do Tianjin Quanjian, que estaria disposto a oferecer um salário de 30 milhões de euros (R$ 102 milhões) por ano ao atacante. No sábado, jornais ingleses informaram que Conte gritou para Diego Costa ir à China se não estava satisfeito com o trabalho da comissão técnica no Chelsea.

A briga entre Conte e Diego Costa teve início depois que o atleta sentiu uma lesão nas costas e pediu para não treinar. O departamento médico, no entanto, não constatou nenhum problema e foi respaldado por Conte. A decisão irritou o jogador espanhol.

Na coletiva que concedeu após a vitória por 3 a 0 contra o Leicester City, no sábado, Conte disse que não houve uma discussão e confirmou a existência de um problema físico nas costas de Diego Costa. O atacante, vetado do jogo contra o atual campeão, é esperado para ir a campo no próximo domingo, contra o Hull City.

Líder

A tentativa de apaziguar os ânimos visa preservar a campanha vitoriosa que o Chelsea vem desempenhando no Campeonato Inglês. Com a última vitória obtida no torneio, o clube chegou aos 52 pontos e já possui ampla vantagem para os demais concorrentes ao título.

]]>
<![CDATA[Inter aguarda rescisão de Uendel no Corinthians para anunciar contratação]]> Acertado com o Inter, o lateral-esquerdo Uendel ainda depende de um último estágio antes de poder ser anunciado pela diretoria gaúcha: assinar a rescisão com o Corinthians, clube que embarca na noite deste domingo para os Estados Unidos. Com pressa para selar a negociação, deverá resolver a parte burocrática até segunda-feira. A partir de então, ficará liberado para viajar a Porto Alegre.

O Inter comprará os direitos econômicos do lateral-esquerdo – os valores não foram revelados. Foi cogitada a possibilidade de uma troca entre os clubes, mas a ideia não prosperou. No fim do ano passado, o Timão manifestou o interesse na contratação do zagueiro Ernando.

Uendel se despediu do Corinthians na última quarta-feira. O jogador compareceu ao CT Joaquim Grava na reapresentação do elenco e disse adeus ao clube que defendeu nas últimas três temporadas.

Apesar de ser titular absoluto do Corinthians desde meados de 2015, Uendel concordou com a negociação em virtude da proposta feita pelo clube gaúcho. O salário que receberá em Porto Alegre é praticamente o dobro do que tem atualmente no Timão – o vínculo será de três temporadas.

Uendel tem 28 anos. Revelado pelo Criciúma, rodou por Fluminense, Avaí, Grêmio, Flamengo e Ponte Preta, até chegar ao Timão em 2014. Pelo clube paulista, disputou 116 partidas, tendo anotado seis gols.

Até o momento, o Inter anunciou a contratação de Roberson e Néris para 2017. D'Alessandro, que foi emprestado ao River Plate no ano passado, retornou ao Beira-Rio. O clube ainda está perto de fechar com Alemão, cujos direitos  pertencem ao Bragantino, e está em tratativas com o Juventude pelo zagueiro Klaus.

]]>
<![CDATA[Valencia vence Espanyol e volta a ganhar em casa após quase 4 meses]]> Pressionado pela proximidade com a zona do rebaixamento, o Valencia respirou no Campeonato Espanhol e bateu o Espanyol por 2 a 1, neste domingo, no estádio de Mestalla. O time, que viu a média de público cair drasticamente com a má fase na competição, não ganhava dentro de casa desde o dia 22 de setembro.

Esta também foi a primeira vitória desde que o técnico Salvador González, o Voro, assumiu o clube como treinador efetivo, na última terça-feira. O resultado deixou o clube com 16 pontos, mas ainda na perigosa 17ª colocação. A proximidade do Valencia para os outros times ameaçados de rebaixamento dependerá do complemento da rodada.

O Valencia saiu na frente com um golaço de Montoya. Aos 17 minutos, os jogadores do setor ofensivo protagonizaram uma intensa troca de passes até que a bola chegasse a Nani. O português deu uma assistência certeira e Montoya concluiu sem chances para Diego López.

O restante da partida não foi um primor de exibição técnica, mas o Valencia fez o suficiente para consolidar sua vitória na etapa complementar. Parejo fez cobrança de falta e exigiu a defesa de Diego López, mas a bola sobrou para Santi Mina anotar o segundo gol, aos 28 minutos.

Aos 40 minutos, o Espanyol conseguiu descontar com um gol do zagueiro David López. Mas o Valencia segurou o resultado e voltou a vencer no Campeonato Espanhol depois de dez rodadas. A próxima partida da equipe será no sábado, contra o Villarreal, fora de casa. Já o Espanyol vai a campo no mesmo dia, ante o Granada, na Catalunha.

]]>
<![CDATA[Sem centroavante dos sonhos, Barrios pode ter nova chance no Palmeiras]]> Importante na conquista da Copa do Brasil de 2015, ano em que foi contratado, Lucas Barrios não teve uma boa temporada em 2016 pelo Palmeiras. Chegou-se, inclusive, a especular que o paraguaio pudesse deixar o clube. Mas ele recebeu apoio interno e ficou para tentar reconquistar seu espaço na equipe titular.

A diretoria, é bem verdade, queria um camisa 9 de peso para suprir a saída de Gabriel Jesus. Só não trouxe um porque as respectivas pedidas de Atlético Nacional e Atlético-MG pelo colombiano Miguel Borja e pelo argentino Lucas Pratto foram consideradas fora do alcance financeiro.

Mesmo assim, Barrios inicia o ano com mais moral do que tinha ao final da temporada passada. Keno e Willian, os dois atacantes contratados, têm características diferentes. Além disso, há dois outros motivos para acreditar que ele receberá mais oportunidades para reconquistar seu espaço.

Um deles é a mudança no comando técnico. Cuca não gostava do estilo de jogo do paraguaio. Eduardo Baptista, contratado para substituir o treinador campeão brasileiro, já teve uma conversa reservada com o jogador em sua primeira semana de trabalhos e, no vestiário, prometeu dar chance a todos.

A diretoria também tem esperança de que o atacante tenha uma temporada com menos lesões musculares. Não por coincidência, o clube planeja uma grande reformulação no departamento médico e de fisioterapia, com substituições de diversos profissionais.

Se ele estiver em boas condições físicas e Eduardo Baptista quiser um homem de referência no ataque, o único concorrente de Barrios teoricamente será Alecsandro. O veterano artilheiro fechou 2016 em alta, com gol na última partida, e renovou contrato por mais um ano.

]]>
<![CDATA[Santos deixa reunião para segunda e segue otimista por Bruno Henrique]]> O Santos segue firme na busca para fechar com Bruno Henrique, do Wolfsburg, da Alemanha. Na última terça-feira, o clube enviou um representante para Málaga, na Espanha, onde os alemães estão treinando para a segunda metade da temporada europeia, para negociar a liberação do atacante. A diretoria dos Lobos, porém, pediu para conversar com o santista apenas nesta segunda-feira.

De acordo com informações apuradas pela Gazeta Esportiva, a possibilidade do jogador chegar ao Peixe aumentou depois dos alemães darem sinal verde. A ideia da diretoria é trazer Bruno Henrique por empréstimo de um ano com valor de compra fixado. Os valores entre o atacante e o Santos já foram acertados. Porém, o Wolfsburg quer que o alvinegro se comprometa a pagar uma quantia ao final do empréstimo, para contratar o atleta em definitivo.

O time de Vila Belmiro, por sua vez, pretende reverter essa situação. Inicialmente, o representante tentará derrubar a cláusula que obriga a compra após o empréstimo. Caso os alemães não aceitem, o santista irá iniciar uma negociação para trazer Bruno Henrique em definitivo. Por conta desse entrave, os responsáveis pela negociação evitam dar o acerto como certo, mas confiam em um acordo.

O próprio jogador, por sua vez, mostrou vontade de jogar no Santos e acredita que o negócio terá um desfecho positivo. “Conversei com os dirigentes e eles estão dispostos a liberar. Estou ansioso pela resposta. Acho que a liberação sai. A questão aqui não foi a adaptação e sim as oportunidades. Não estou jogando, não estou sendo aproveitado. E quero jogar, quero mostrar o meu valor. O interesse do Santos é antigo. Estou ansioso. É um time que me identifico muito pelo estilo de jogo, pelo estilo do Dorival. Joga para a frente, buscando sempre o gol e o futebol bonito. Será um prazer vestir essa camisa, a camisa de tantos craques como Pelé e Neymar”, disse o atacante em entrevista ao SporTV.

O jogador de 26 anos é visto com bons olhos por Dorival, tanto que ele já tentou sua contratação no final de 2015. Na época, quando ainda pertencia ao Goiás, o jogador optou pela oportunidade de atuar na Europa e acabou indo para o futebol alemão.

]]>
<![CDATA[Mancini tem esboço da Chapecoense para jogar contra o Palmeiras]]> A uma semana de estrear na temporada 2017, em amistoso contra o Palmeiras, atual campeão brasileiro, o técnico Vagner Mancini tem o esboço da Chapecoense que irá colocar em campo. Sem fazer muitos testes, o treinador deve priorizar os atletas que já atingiram um maior nível de entrosamento nos setores.

O provável time da Chapecoense deve ter: Elias; Zeballos, Grolli, Fabricio Bruno e Reinaldo; Amaral, Andrei Girotto e Dodô (Nenén); Niltinho, Rossi e Wellington Paulista.

- Para um início de temporada eu até estou mexendo pouco no time, eu tenho o hábito de ir testando os atletas até porque é importante ver o encaixe nos setores. Na parte defensiva esses são os atletas que chegaram há mais tempo então pelo fato de terem uma chance maior de treinamentos estão mais entrosados. No meio campo também. No ataque tenho Niltinho e Rossi que fisicamente estão um pouco acima dos outros. Não quer dizer que eu vá usar esse time no início da temporada, mas é um esboço do time que vai ir contra o palmeiras - disse.

Alguns atletas chegaram há pouco em Chapecó. Casos de Artur Moraes, Nathan, João Pedro e Túlio de Melo. Por isso o treinador ainda deve fazer testes durante a semana para analisar como o time responde.

- Eu já testei Nenén, Dodô e Martinuccio naquela função (armador). Ao longo da semana vou fazer a entrada do João Pedro em uma lateral, quem sabe do Nathan e do Luiz Otávio, para que a gente possa ver que tipo de encaixe vamos ter. Ainda é muito cedo pra falar qualquer coisa sobre time. Ainda não fizemos nada da parte tática, devemos começar hoje para que a gente analise essas coisas que eu falei - falou.

Vagner Mancini prepara a Chapecoense para a estreia (Foto: Sirli Freitas / Chapecoense)

A Chape ainda tem pouco tempo de preparação para o jogo contra o Palmeiras. A chegada de um grande número de novos atletas dificulta o entrosamento em relação a clubes que mantiveram uma base de atletas de uma temporada para outra. Mesmo com os percalços, Mancini espera que a experiência dos jogadores ajude o time a desempenhar um bom futebol.

- Espero um bom jogo (contra o Palmeiras). Mesmo com todas as dificuldades a Chapecoense deve impor um nível de jogo aceitável. Provavelmente vamos ter muitos erros táticos, mas tenho certeza que os atletas vão suprir algumas necessidades, algumas carências, com aquilo que eles têm, com o lastro individual de cada um. Eu quero um time que marque forte, que tenha a cara da Chapecoense, um time veloz, que não se limite só a defender. É difícil precisar que já no jogo contra o Palmeiras vamos ter isso, mas é o que eu quero pra temporada - explicou.

Veja outros trechos da entrevista

ESBOÇO

Já temos um bom esboço do que deve ser a Chapecoense no início de temporada. Em termos de treinamento e de metodologias as coisas estão fluindo muito bem. Nas duas semanas tivemos a chance de conviver com os atletas, de reforçar o que queremos no vestiário e também dentro de campo com a bola rolando. Isso é muito importante quando você tem que montar uma equipe. Estou muito satisfeito com aquilo que vi, não só com a parte técnica, tática e emocional, mas também o dia-a-dia no clube.

PACIÊNCIA

A tolerância vai ter que existir, porque estamos montando uma equipe toda, todo um departamento de futebol. É importante que quem venha ao estádio entenda que é necessário que o tempo jogue a nosso favor e hoje infelizmente a gente corre contra o tempo. Não é fácil em 15 dias fazer uma equipe forte, com a cara do que o torcedor quer ver. Sabemos da identificação da torcida com o clube.

ELENCO

Tivemos êxito na escolha de várias peças e a Chapecoense tem um bom time para iniciar o ano. A gente necessita de encaixe. Não é fácil remontar uma equipe, quem dirá um elenco e ter um resultado já que agrade a todos. Nesse sentido pedimos um pouco de paciência, mas em troca vamos ter um espírito de luta que vai superar todas essas arestas que por ventura apareçam

EMOCIONAL

Ao longo do ano vamos ter alguma oscilação emocional, normal em todas as equipes. Pode ser que aqui seja muito maior. O atleta vai ser aquele que vai correr maiores riscos, porque em campo o jogo se decide em detalhes e quando você tem uma equipe preparada emocionalmente você nota que essa equipe tem rendimentos melhores.

COPA SP

Tenho acompanhado a Copinha, todos nós (da direção). É muito importante quando sua base dá frutos, porque mostra que a sequência fica a cada dia mais garantida. Falar que esses meninos já vão ter oportunidades (no time profissional) eu estaria sendo utópico. Neste momento a gente tem outras coisas a analisar, a entender, a acertar, mas estamos muito contentes, acompanhado os jogos e vibrando. A Chape já iniciou bem o ano e nós temos visto não só dentro de campo, mas a repercussão com as torcidas visitantes e adversárias cantando. Já tenho 10 atletas da base com a gente (eram 11, mas o volante Andrei Alba sofreu uma lesão e ficará pelo menos seis meses longe dos gramados), alguns até já estouraram idade. Diante disso, vamos filtrar e ver o que é importante. Não adianta pegar um menino da base, que está jogando contra outro da mesma idade e achar que ele está pronto. Mas acho que esse carinho do profissional com a base é importante.

Vagner Mancini crê em boa exibição no dia 21 (Foto: Sirli Freitas / Chapecoense)

]]>