<![CDATA[ Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas ]]> <![CDATA[Zaga falha e São Paulo cede empate ao Botafogo em Ribeirão]]> A zaga do São Paulo voltou a exercer o papel de vilã na noite desta quarta-feira. Após realizar um bom primeiro tempo no Estádio Santa Cruz e abrir o placar com Gilberto, o Tricolor voltou sonolento para a etapa final e cedeu o empate por 1 a 1 para o Botafogo-SP, após bobeira do sistema defensivo, em duelo válido pela 10ª e antepenúltima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

O técnico Rogério Ceni não pôde contar com o goleiro Sidão, os zagueiros Rodrigo Caio e Maicon, e o volante Cícero, por lesões. Já os argentinos Lucas Pratto e Buffarini e o peruano Cueva estão a serviço de suas respectivas seleções nas Eliminatórias Sul-Americanas. Com tantos desfalques, o Tricolor chegou à quarta partida seguida sem vitórias no ano – antes, havia perdido para Palmeiras (3 a 0) e empatado com ABC e Ituano (1 a 1).

O resultado escancara a principal deficiência do São Paulo na temporada. Este foi o 12º jogo consecutivo em que a equipe foi vazada. Nesta noite, Lugano e Lucão até foram seguros, mas o sistema defensivo falhou aos oito minutos do segundo tempo, quando Kauê saiu na cara de Renan Ribeiro e empatou para o Botafogo. A última vez em que não sofreu gols ocorreu em 9 de fevereiro, na vitória por 1 a 0 sobre o Moto Club, no Maranhão, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Líder do Grupo B, com 16 pontos, o São Paulo garante a classificação às quartas de final se vencer o arquirrival Corinthians, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Morumbi. Já o Botafogo, segundo colocado do Grupo A, com 13 pontos, voltará a campo diante do Red Bull Brasil, em Campinas, às 19 horas do mesmo dia.

O jogo – Após um início ligeiramente melhor do Botafogo, o São Paulo acertou a sua marcação e quase abriu o placar aos cinco minutos, quando João Schmidt roubou a bola na saída adversária e passou para Luiz Araújo, que ajeitou e disparou a bomba de pé esquerdo, acertando o travessão do goleiro Neneca.

A partir de então, o time do Morumbi foi tomando conta da partida e empurrando os mandantes para o campo de defesa. Com dificuldades de acelerar o jogo por baixo, o São Paulo chegou ao primeiro gol aos 20 minutos, com Gilberto, de cabeça, aproveitando cruzamento preciso de Junior Tavares.

Com exceção de uma falta cobrada por Vitinho, aos 35, o Botafogo não conseguiu ameaçar a surpreendente segura defesa do São Paulo, que não recuou mesmo com a vantagem e terminou o primeiro tempo com 57% da posse de bola, e com o dobro de finalizações do rival (seis contra três).

O Botafogo começou pressionando na etapa final e alcançou o empate logo aos oito minutos, aproveitando falha da inconsistente zaga tricolor: após ver seu companheiro ganhar dividida na esquerda, Francis recebeu e passou, nas costas de Lucão, para Kauê, que saiu na cara de Renan Ribeiro e bateu cruzado, de esquerda, deixando tudo igual no Santa Cruz.

Para piorar, o São Paulo perdeu dois jogadores por lesão. Bruno, com um entorse no tornozelo, e Gilberto, que levou uma bolada na cabeça, foram trocados por Lucas Fernandes e Andres Chavez, respectivamente. Nitidamente abatido na partida, o time da capital quase sofre a virada aos 22, quando Samuel Santos invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro para Francis, que se esticou todo, mas não alcançou a bola.

Nos minutos finais da partida, o São Paulo se lançou ao ataque na base do abafa e tentou exercer pressão, enquanto o Botafogo, aparentemente satisfeito com o empate, se reservou atrás e conseguiu segurar a equipe da capital, que chegou ao quarto jogo seguido sem vencer no ano.

]]>
<![CDATA[CRB empata sem gols com o Itabaiana e é eliminado em casa da Copa do Nordeste]]> O torcedor regatiano vai dormir chateado na noite desta quarta-feira (22). O CRB empatou sem gols com o Itabaiana em jogo válido pela Copa do Nordeste e foi eliminado da competição. Apesar da vice-liderança da chave, o Galo não avançou por que apenas os três melhores segundo colocados chegam às quartas.

Com o ponto conquistado nessa quarta, o o time sergipano confirmou a liderança do Grupo D com onze pontos ganhos. Em seis jogos, foram três vitórias, dois empates e apenas um derrota. Já o CRB, que foi eliminado, termina a sua participação no torneio, na segunda colocação da chave com nove pontos.

PRIMEIRO TEMPO

Mesmo jogando fora de casa, o Itabaiana ditava o ritmo da partida nos primeiros minutos, principalmente em jogadas áreas, mas encontrava a CRB bem postado, pronto para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Porém a primeira chance foi mesmo pelos lados do time sergipano. Aos 25 minutos, André Beleza cobrou falta da entrada da área com perfeição e assustou o goleiro Juliano, que precisou voar na bola para fazer a difícil defesa.

A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco mas os dois times seguiram criando algumas poucas boas chances. Nos minutos finais, ambas as equipes foram para o tudo ou nada. Em um desses lances, o CRB ficou muito próximos de abrir o placar. Aos 47, Marcos Martins cruzou rasteiro, Mailson apareceu livre na área e chutou de primeira, mas a bola pega muita força e passa perto do gol de Genivaldo. Até por conta disso, o primeiro tempo terminou mesmo empatado sem gols.empatado sem gols.

SEGUNDO TEMPO

Diferente do primeiro tempo, o CRB voltou do intervalo tomando as redes da partida. Tanto que logo aos 2 minutos, Marcos Martins soltou a bomba de fora da área, obrigando o goleiro Genivaldo a fazer uma boa defesa. O arqueiro do Itabaiana foi exigido mais uma vez aos 24 minutos, quando teve que fazer mais uma dificil defesa, dessa vez em um chute de Danilo Pires. Na sobra Mailson tenta e Genivaldo salvou mais uma vez.

A resposta do time visitante veio aos 31 minutos, quando após falha da defesa adversária, a bola sobrou nos pés de Geovane que tentou encobrir o goleiro mas a bola pegou muita força e saiu por cima do gol. Nos acréscimos, foi a vez de André Beleza fazer uma bela jogada e chutar uma bola no travessão. Até por conta disso, o jogo terminou mesmo empatado sem gols.

]]>
<![CDATA[Na despedida da Copa do Nordeste, CSA é derrotado pelo ABC em Natal]]> Sem chances de classificação à segunda fase da Copa do Nordeste, ABC e CSA entraram em campo apenas para cumprir tabela. Jogando no Estádio Frasqueirão, na noite dessa quarta-feira (22), o ABC recebeu e venceu o Azulão pelo placar de 2 a 1.

Com os três pontos conquistados, o ABC termina na terceira colocação do Grupo D, com sete pontos ganhos. Em seis jogos, foram duas vitórias, um empate e três derrotas. Já o CSA, vem logo atrás, na quarta e última colocação da chave, com seis pontos. Foram duas vitórias e quatro derrotas. Agora, os dois times voltam o seu foco para os campeonatos estaduais, onde ambos tem chances de chegar ao título.

PRIMEIRO TEMPO

Jogando em casa e precisando do resultado para terminar sua participação na Copa do Nordeste com moral com a sua torcida, o ABC começou a partida com tudo em busca de logo abrir o placar. Aos 2 minutos, Tonhão aproveitou a sobra de uma falta na área, mas acabou chutando por cima do travessão. Já aos 15, foi a vez de Tiago Sala ter uma boa chance, mas acabou cabeceando muito forte e a bola saiu por cima do gol.

A resposta do CSA veio no minuto seguinte, quando Everton Heleno se lançou pela direita e da entrada da área bateu cruzado, porém a bola foi para fora. A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco e consequentemente a qualidade técnica também, mas os dois times seguiram criando boas chances. Nos minutos finais, o time visitante teve uma grande chance com Jacó, mas goleiro Beliato saiu no pé do atacante e fez uma boa defesa. Até por conta disso, o primeiro tempo terminou mesmo empatado sem gols.

SEGUNDO TEMPO

Assim como na primeira etapa, o ABC voltou do intervalo tomando as redes da partida. Logo aos 2 minutos, Jardel pegou um bom rebote da entrada da área mas chutou para fora. Depois de tanto tentar, enfim o time da casa conseguiu abrir o placar. Aos 7 minutos, Caio Mancha fez bela jogada e tocou para Túlio Renan, que só teve o trabalho de mandar a bola para o fundo das redes na saída do goleiro Mota. No minuto seguinte, o time da casa teve a chance de ampliar mas parou no arqueiro adversário.

A partir daí, o jogo continuou disputado com chances para os dois lados. Porém foi o ABC que voltou as redes mais uma vez. Aos 28 minutos, após passe açucarado de Túlio Renan, Marques chegou bem no lance e bateu forte para dentro do gol. Porém quando tudo parecia estar resolvido, o CSA diminuiu. Aos 38, Thales apareceu na área e cabeceou firme mas Beliato fez uma bela defesa. Porém no rebote, Jacó pegou a sobra e fez. Até por conta disso, o jogo terminou mesmo com a vitória do time da casa por 2 a 1.

]]>
<![CDATA[Vasco vence Madureira na estreia de Milton Mendes]]> Com um gol de Yago Pikachu o Vasco derrotou o Madureira nesta quarta-feira (22), por 1 a 0, e venceu a sua primeira partida na Taça Rio. O jogo marcou a estreia do técnico Milton Mendes na equipe cruzmaltina. Com o resultado, o Vasco é o vice-líder do grupo C enquanto que o Tricolor Suburbano segue na lanterna do grupo B.

O Vasco começou dominando o jogo e perdeu sua primeira chance logo aos oito minutos: Andrezinho recebeu de Nenê e acionou Yago Pikachu, que foi desarmado na hora do chute. Mais oito minutos se passaram e, aos 16, foi a vez de o atacante Luis Fabiano chegar com perigo. Ele recebeu de Nenê em boa posição, mas acabou chutando fraco para fora.

No minuto seguinte a bola finalmente entrou, depois de uma falha bisonha do zagueiro Jorge Fellipe. Após ataque do Madureira, Jordí bateu o tiro de meta e a bola estava livre para o defensor, que tentou atrasar para o goleiro Rafael Santos, cabeceando a bola em sua direção. O toque foi fraco e a bola sobrou para Pikachu, que não teve dificuldade para marcar.

Após sofrer o gol, o Madureira passou a atacar mais e conseguiu equilibrar o jogo, mas não chegou a levar grande perigo ao Vasco. Explorando os contra-ataques, o time da casa quase conseguiu ampliar sua vantagem. Em um dos ataques mais perigosos, aos 33 minutos, Andrezinho cobrou escanteio, Rafael Santos tirou com um soco na bola, que sobrou para Nenê na entrada da área. O meia chutou, a bola rebateu na zaga e voltou, ele emendou de direita para nova defesa parcial de Rafael Santos. Rafael Marques pegou o rebote e cabeceou à esquerda do gol.

No segundo tempo, o jogo permaneceu disputado e as duas equipes tiveram boas chances, todas desperdiçadas. Aos 17 minutos, o zagueiro Jorge Fellipe cometeu novo erro: perdeu a bola para Luis Fabiano, que seguiu sem marcação até a frente do gol e chutou, obrigando Rafael Santos a fazer uma ótima defesa. No rebote, Nenê bateu forte e o goleiro novamente evitou o gol.

Em seu quarto jogo pelo Vasco, Luis Fabiano teve nova chance aos 27 minutos: ele dominou a bola, deu um chapéu no adversário que o marcava e foi travado na hora de chutar. O atacante foi substituído e saiu mancando a perna esquerda mancando, mas afirmou que era apenas um cansaço muscular.

Já nos acréscimos, aos 47 minutos, Nenê tentou marcar um gol olímpico ao cobrar um escanteio e obrigou Rafael Santos a fazer bela defesa. Assim, o Vasco acabou vencendo pelo placar mínimo na estreia de Milton Mendes.

Na próxima rodada o Vasco da Gama tem clássico pela frente. Em Brasília a equipe encara o Flamengo, no Mané Garrincha, no domingo (26). O Madureira visita a Portuguesa no Moça Bonita.

]]>
<![CDATA[Palmeiras vence Mirassol no Allianz com direito a gol de Felipe Melo]]> Uma vitória sem brilho, mas que resultou em uma marca importante: oito meses de invencibilidade no Allianz Parque. Nesta quarta-feira (22) o Palmeiras derrotou em casa o Mirassol, por 2 a 0, e chegou aos 18 jogos sem derrota atuando em seus domínios. De quebra, o time viu Felipe Melo marcar o seu primeiro gol com a camisa alviverde.

Classificado antecipadamente às quartas de final e líder absoluto do Grupo C, o Palmeiras chegou a 24 pontos e manteve a ponta da classificação geral do Estadual. O resultado também deixa a equipe muito perto de garantir a melhor campanha do campeonato. Já o Mirassol, com 14 pontos, ocupa o terceiro lugar no Grupo D.

O primeiro tempo foi fraco, com poucas emoções. O Palmeiras tocou bem a bola, controlou o ritmo da partida, mas só deu o primeiro chute ao gol com 30 minutos. No lance, Roger Guedes recebeu bom passe de Antônio Carlos, cortou para o meio e bateu fraco para fácil defesa do goleiro Douglas Silva, do Mirassol.

O gol da vitória da equipe alviverde saiu no começo da segunda etapa, depois que Michel Bastos cobrou falta rasteira na direita. Desta vez Douglas Dias falhou feio e soltou a bola nos pés de Rafael Marques, que finalizou e contou com outra ajuda do goleiro do Mirassol, desta vez desviando a bola para dentro do gol. 

O gol marcado no início fez o jogo melhorar. O Mirassol buscou mais o ataque e o Palmeiras conseguiu trocar mais passes. Com espaços o time da casa chegou mais ao ataque e escanteio pela direita Felipe Melo marcou o seu primeiro gol com a camisa do Verdão. O volante saltou mais do que a zaga e cabeceou no canto direito para ampliar a vantagem palmeirense.

Na próxima rodada, no sábado (25), o Palmeiras coloca a prova a invencibilidade no Allianz Parque contra o Audax. No mesmo dia o Mirassol visita o Novorizontino.

]]>
<![CDATA[CRB e Itabaiana decidem vaga na próxima fase da Copa do Nordeste]]> Jogo cheio de emoção. Jogo cheio de expectativa. É a primeira decisão do CRB na temporada. O Galo depende apenas de si para passar de fase na Copa do Nordeste. Nesta quarta, às 21h45, o Regatas recebe o Itabaiana no Estádio Rei Pelé. Certo que só três pontos salvam o CRB, o lateral Marcos Martins destacou que o time regatiano gosta de partidas decisivas. O Galo é o segundo colocado do Grupo D do Nordestão, com oito pontos. O Itabaiana tem 10.

“Nosso time gosta de jogo grande. Gosta de desafios maiores. Esperamos que nós possamos conseguir uma vitória em mais uma decisão. O torcedor é muito importante nessa hora para que possamos jogar juntos nessa decisão”.

Segundo o zagueiro Gabriel, quando a torcida do CRB joga junto fica muito difícil segurar o time no Rei Pelé. Ele ressaltou que a força da torcida é o diferencial que empurrou o time para muitas conquistas.

“Tem dias que ao chegar no Rei Pelé, nós recebemos tanta energia positiva que isso vai criando um ambiente espetacular. Lembro de jogos como o contra o Madureira na Série C, muitos da Série B, finais do Alagoano, que ao chegar perto estádio nós já escutávamos a torcida e sentíamos que naquele dia seria difícil nos vencer. Quando o Rei Pelé ferver e nação regatiana joga junto, é uma sensação indescritível. Tenho certeza que na quarta-feira o clima será esse e vamos com tudo em busca dessa vaga”, disse.

A expectativa de toda diretoria regatiana é de um Rei Pelé completamente. Para assistir este duelo decisivo pelo Nordestão, o torcedor terá a sua disposição os seguintes preços de ingressos: arquibancadas altas e baixas R$ 15 e cadeiras R$ 30. Para o presidente do CRB, Marcos Barbosa, poucas torcidas conseguem fazer a diferença como a do Galo. “Nossa torcida é espetacular e faz a diferença como nenhuma outra. Tenho certeza que vão lotar o estádio e serão o principal combustível da nossa classificação”.

ARBITRAGEM

O árbitro será o baiano Jailson Macedo Freitas, sendo auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira, também da Bahia. O alagoano José Ricardo Laranjeira fica como quarto árbitro.

OUTROS JOGOS

20h00 Altos x Moto Club

20h30 Botafogo-PB x América-RN

21h45 Bahia x Fortaleza

21h45 Santa Cruz x Campinense

21h45 Uniclinic x Náutico

21h45 Sergipe x Vitória

21h45 Sampaio x Sport

21h45 Juazeirense x River-PI.

]]>
<![CDATA[Seleção prepara 3ª visita à Rússia em busca de hotéis e CTs para Copa-2018]]> Depois das partidas contra Uruguai e Paraguai, pelas eliminatórias, parte da equipe de suporte à seleção brasileira voltará à Rússia para mais uma etapa da escolha de seu local de preparação durante a Copa do Mundo de 2018. Dessa vez com a presença do coordenador Edu Gaspar, será a terceira visita da CBF ao país do Mundial

O sorteio dos grupos da Copa será feito somente em dezembro, em Moscou, e o Brasil, embora em ótima situação no torneio classificatório, ainda não pode garantir sua presença na competição, mas todas as seleções precisam, desde já, visitar o país para analisar possibilidades de hospedagem e treinamento.

A Fifa oferece 67 opções de “pacote”. As seleções escolhem um “combo” formado por um hotel e um local de treino. Não se pode misturar combinações. Cada hospedagem tem seu campo correspondente.

As confederações podem marcar seu nome em até três opções, um deles com prioridade. Então, por exemplo, o Brasil tem prioridade de escolha em um desses pacotes. No outro, é segunda opção, e dependeria da desistência de quem está à frente ou de sua não classificação para a Copa do Mundo.

Como ainda não sabe em quais das 11 cidades jogará na fase de grupos, a CBF tem priorizado Moscou, por dois motivos: além de ser a região mais central e com mais opções disponibilizadas pela Fifa, também é garantido que todas as equipes disputarão pelo menos uma partida na capital russa na primeira fase da Copa.

Vários aspectos são analisados nessa escolha: conforto dos hotéis, qualidade e estrutura dos centros de treinamento, distância e trânsito entre esses dois locais. Para a Copa-2014 no Brasil, por exemplo, muitos resorts foram construídos e as seleções puderam ter hospedagem e treinos no mesmo complexo. Isso é bem mais raro na Rússia.

Tite gosta de ter um local com pelo menos dois campos em condições iguais de serem utilizados para treinos simultâneos. Tudo isso faz parte dessa “expedição” da CBF, que também contará com o preparador físico Fábio Mahseredjian.

O Brasil foi a segunda delegação a visitar o país do próximo Mundial. A primeira foi a Holanda, que já foi seis vezes à Rússia desde então. A Copa-2018 será disputada entre 14 de junho e 15 de julho.

Veja mais informações sobre o próximo jogo do Brasil:

Próximo adversário: Uruguai

Local: estádio Centenário, em Montevidéu (URU)

Data e horário: quinta-feira, às 20h (de Brasília)

Escalação provável: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Roberto Firmino

Pendurados: Daniel Alves, Miranda, Paulinho, Renato Augusto, Filipe Luís, Fernandinho e Giuliano

Arbitragem: Patricio Loustau, auxiliado por Diego Bonfa e Gustavo Rossi (todos da Argentina)

Transmissão: TV Globo (com Galvão Bueno, Casagrande, Ronaldo, Arnaldo Cézar Coelho, Tino Marcos e Mauro Naves), SporTV (com Milton Leite, Muricy Ramalho, Maurício Noriega e Alexandre Oliveira) e GloboEsporte.com

Tempo Real: no GloboEsporte.com, a partir das 19h.

]]>
<![CDATA[Técnico Milton Mendes estreia no Vasco em jogo contra o Madureira]]> O Vasco vai promover a estreia do técnico Milton Mendes nesta quarta-feira, às 19h30(de Brasília), no duelo contra o Madureira, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela terceira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O treinador, que substitui a Cristóvão Borges, não terá vida fácil, pois a partida é um confronto direto entre duas equipes que buscam a classificação para as semifinais.

O Cruz-Maltino, que vem de empate sem gols com o Vasco, tem dois pontos no Grupo C, enquanto que o Tricolor Suburbano, que tenta se recuperar da derrota de 3 a 2 para o Volta Redonda, soma um ponto no Grupo B. Porém, ambos brigam na classificação geral, que leva em consideração os dois turnos e vai classificar duas equipes para as semifinais.

“Vai ser um confronto complicado por conta de tudo o que o Madureira já apresentou nesta competição. Vamos encontrar muitos problemas, mas jogando em casa precisamos fazer prevalecer o nosso mando de campo. Estamos progredindo ao longo da competição e acredito em um bom resultado”, analisou o volante Douglas.

Milton Mendes, que vive a expectativa de uma vitória, se mostra otimista.

“Vi que o elenco do Vasco tem muita qualidade e encontrei uma estrutura maravilhosa. Tenho certeza de que os bons resultados vão aparecer e espero que seja já a partir deste compromisso diante do Madureira, que vai ser muito complicado porque o adversário está com o time certinho. Mas confio demais nos jogadores”, disse Milton.

Para este jogo o Vasco perdeu o goleiro Martin Silva, que se apresentou para servir a seleção uruguaia nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. Jordi assume o posto. O treinador vai manter a base que atuou diante do Botafogo, já que os zagueiros Rodrigo e Luan, os meias Wágner e Guilherme Costa e o atacante Kelvin seguem entregues ao departamento médico.

Pelo lado do Madureira, o técnico Paulo César Gusmão alertou para as dificuldades de se jogar em São Januário.

“Jogar em São Januário é sempre muito complicado e o Vasco conta com grandes jogadores. Mas o Madureira está preparado para fazer uma grande partida”, disse Gusmão.

Em termos de escalação o Madureira contará com o retorno do zagueiro Jorge Fellipe, que cumpriu suspensão diante do Volta Redonda e reaparece na vaga de Alex Moraes.

Pelo regulamento os dois primeiros colocados de cada grupo avançam para as semifinais da Taça Rio. Já os dois últimos na classificação geral, que leva em consideração os dois turnos, terão que disputar uma seletiva no próximo ano para saberem se poderão participar da fase decisiva do Estadual.

Outros jogos:

Grande surpresa da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, o Nova Iguaçu entra em campo nesta quarta-feira, às 15h30(de Brasília), para receber a Portuguesa no Estádio Laranjão, em Nova Iguaçu (RJ), pela terceira rodada. O Laranja da Baixada Fluminense soma seis pontos, tem cem por cento de aproveitamento e lidera o Grupo B após aplicar 3 a 1 nos reservas do Fluminense.

A Portuguesa, por sua vez, ganhou do Macaé por 2 a 1 no fim de semana e soma três pontos no Grupo C.

Em outro jogo envolvendo equipes de menor investimento, um pouco mais tarde, às 17h(de Brasília), no Estádio Eucyr Resende, em Saquarema (RJ), o Boavista recebe o Volta Redonda, que tem três pontos e está embalado pelo triunfo por 3 a 2 sobre o Madureira. O anfitrião tem um ponto no Grupo B.

FICHA TÉCNICA

VASCO X MADUREIRA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 22 de março de 2017 (Quarta-feira)

Horário: 19h30(de Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

VASCO: Jordi; Gilberto, Jomar, Rafael Marques e Henrique; Jean, Douglas, Evander, Andrezinho e Nenê; Luis Fabiano

Técnico: Milton Mendes

MADUREIRA: Rafael Santos; Arlen, Diego Guerra, Jorge Fellipe e Douglas Lima; Leandro Carvalho, William, Resende e Luciano Naninho; Julio Cesar e Souza

Técnico: Paulo César Gusmão.

]]>
<![CDATA[Corinthians descarta saída de Marquinhos Gabriel e aposta em reação]]> Enquanto Guilherme, Marlone e Giovanni Augusto foram colocados no mercado, Marquinhos Gabriel terá uma nova chance no Corinthians. Apesar de ter atuado pouco em 2017 e ainda não render o esperado desde que foi contratado, o meia-atacante está nos planos de Fábio Carille e receberá mais oportunidades assim que se recuperar de uma cirurgia de hérnia inguinal.

Dos quatro jogadores mais criticados pelos torcedores desde o ano passado, a diretoria e a comissão técnica avaliam que Marquinhos é o único que ainda pode corresponder. Se os outros três são vistos como acomodados, o meia-atacante ao menos mostrou mais disposição nos treinos para lugar pelas vagas na equipe.

Além disso, o mercado de jogadores da posição também contribuiu. O Timão vê a necessidade de reforçar o setor ofensivo com um jogador de velocidade, com características de um típico ponta. Marquinhos se encaixa nesse perfil. Giovanni e Marlone são considerados atacantes com mais poder de criação.

A diretoria do Corinthians foi procurada nos últimos dias por clubes interessados em contratar Marquinhos Gabriel, mas optou por não avançar. Apesar do voto de confiança dado, ele não tem futuro assegurado no clube e precisará dar uma resposta. Caso não consiga subir de produção, também será negociado.

Marquinhos vem sofrendo com problemas físicos nesta temporada. Depois de uma lesão muscular, os médicos do clube detectaram a necessidade de submetê-lo a uma cirurgia de hérnia inguinal. A expectativa é de que ele volte a ficar à disposição de Carille em meados de abril. Até o momento, o jogador participou de apenas três jogos oficiais no ano.

Guilherme, Marlone, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel foram contratados no ano passado como uma resposta do Corinthians ao desmanche que o elenco passou após o título brasileiro. O clube gastou mais de R$ 30 milhões para comprá-los, mas o retorno dentro de campo até o momento é insatisfatório.

Três deles, aliás, estão com os dias contados. Marlone pode ir para o Atlético-MG em uma troca pelo atacante Clayton. Giovanni está sendo monitorado pelo Internacional, enquanto Guilherme tem chances de acertar com o Coritiba para que o Corinthians quite a dívida contraída na contratação de Kazim.

]]>
<![CDATA[Rodada desta quarta define últimos classificados na Copa do Nordeste]]> Nesta quarta-feira será disputada a última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. Até agora, apenas três equipes já estão confirmadas nas quartas de final da competição. Bahia, Sport e Campinense já estão classificados para a próxima fase e jogam apenas para cumprir tabela. Das outras 17 equipes, 11 ainda brigam por uma chance de avançar a próxima fase.

A competição é formada por cinco grupos com quatro equipes. Se classificam para a próxima fase os primeiros colocados de cada grupo além dos três melhores segundos colocados. Dos dez confrontos desta sexta rodada, seis envolvem ao menos um time interessado na classificação – estes duelos serão realizados simultaneamente às 21h45 (de Brasília).

No Grupo A, o  já classificado Campinense encara o Santa Cruz, no estádio do Arruda. O Tricolor do Arruda precisa de apenas um empate para conseguir a classificação. No outro duelo do grupo, o Náutico enfrenta o Uniclinic no estádio Domingão. Para avançar, o TImbu precisa vencer o adversário, torcer por uma derrota do Santa Cruz e tirar uma diferença de quatro gols.

A situação no Grupo B já está definida e os jogos servirão apenas para cumprir tabela. O primeiro colocado, Bahia, será o único integrante do grupo que avançará às quartas de final. Nesta quarta, o Tricolor de Aço recebe o Fortaleza na Arena Fonte Nova, enquanto o Altos recebe o Moto Clube.

Já no Grupo C, o Sport Recife joga contra o Sampaio Correa, no Castelão, em um duelo sem pretensões, pois enquanto o visitante já está classificado, o mandante não tem chances de classificação. O outro duelo do grupo será disputado entre Juazeirense e River-PI. A equipe do Piauí precisa de um empate para assegurar a vaga, por ser um dos melhores segundos colocados.

Enquanto ABC e CSA se enfrentam em partida sem nenhuma motivação, CRB e Itabaiana jogam pela liderança do Grupo D. O CRB, com oito pontos, conta com o apoio da torcida no estádio Rei Pelé para vencer e ultrapassar o Itabaiana, com 10 pontos, na tabela. Os sergipanos precisam apenas de um empate para confirmar a classificação, mas podem avançar mesmo derrotados, como um dos três melhores segundo colocados.

Um dos jogos que mais prometem emoção será realizado pelo Grupo E. O Vitória visita o Sergipe, no estádio Batistão, com ambas as equipes empatadas com 10 pontos decidindo a liderança do grupo. Ainda pelo mesmo grupo, América-RN e Botafogo-PB fazem o duelo de eliminados no estádio Almeidão.

Confira todos os jogos da rodada decisiva:

19h ABC x CSA

20h Altos x Moto Club

20h30 Botafogo-PB x América-RN

21h45 Uniclinic x Náutico

21h45 Sampaio Correa x Sport

21h45 Sergipe x Vitória

21h45 Bahia x Fortaleza

21h45 CRB x Itabaiana

21h45 Juazeirense x River-PI

21h45 Santa Cruz x Campinense.

]]>