<![CDATA[ Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas ]]> <![CDATA[TJ/AL vai elaborar termo de referência do concurso para servidores]]> A Diretoria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) deve elaborar, até 11 de abril, o termo de referência do novo concurso para servidores do Poder Judiciário estadual. O documento trará informações sobre número de vagas, fases do certame, responsabilidades da empresa organizadora, entre outras.

De acordo com o diretor Klístenes Silva Lessa Santos, as empresas vão fixar suas propostas de acordo com o que for estabelecido no termo de referência. Além do documento, o TJ/AL fará estudo sobre o impacto financeiro e a disposição orçamentária.

“É preciso ver esse impacto e verificar a disposição financeira do Tribunal para comportar a quantidade de vagas que deverão ser ofertadas”, explicou o diretor, ressaltando que o número de vagas ainda não foi definido. “Atualmente, 300 vagas seriam um número interessante para suprir as carências do Poder”, ressaltou.

Carência no 1º Grau

O concurso deverá contemplar os cargos de técnico judiciário, analista judiciário e oficial de justiça. De acordo com o presidente da comissão do certame, desembargador Alcides Gusmão da Silva, a necessidade maior de servidores está no 1º Grau.

“As unidades da Capital e do Interior são as mais carentes em relação ao número de servidores. Esperamos que esse concurso possa contribuir, dando mais celeridade aos trabalhos”, afirmou.

A expectativa, segundo o desembargador, é que a etapa inicial de organização do certame (levantamento dos dados, escolha da organizadora, publicação do edital) seja finalizada ainda neste ano. “O nosso objetivo é realizar o concurso ainda na gestão do desembargador Otávio Praxedes”.

]]>
<![CDATA[Câmara aprova projeto que obriga todo ônibus de Maceió ter ar condicionado]]> Todos os ônibus que fazem transporte público em Maceió, em até um ano, devem ser dotados de ar condicionado. Caso não cumpram a determinação, os empresários do setor estarão sujeitos a multa de dois salários mínimos, por dia, por cada veículo que não estiver climatizado, além da proibição de participar de qualquer licitação que possa vir a ser feita no município.

O texto faz parte do Projeto de Lei aprovado em sessão ordinária desta quarta-feira (22) na Câmara de Vereadores de Maceió, em primeira discussão. O autor da iniciativa, o presidente da Casa, Kelmann Vieira (PSDB) agradeceu aos colegas pela aprovação. “Quero agradecer antes esta Casa pela sensibilidade de entender o quanto é importante para que todos que pegam ônibus em Maceió tenham um pouco mais de conforto. Sabemos que o preço da passagem é caro e o serviço não corresponde ao que o usuário paga diariamente. Infelizmente, deixamos de ter o protagonismo na discussão do aumento do valor das passagens, mas eu, por exemplo, sou cobrado nas ruas pela população sobre o assunto. Porém, podemos e devemos, como no caso desse projeto, atuar em prol dos usuários”, destacou.

O parlamentar também lembrou que, apesar de reconhecer o esforço e boa vontade do prefeito Rui Palmeira (PSDB) na implantação da licitação do transporte urbano de Maceió, tem recebido diversas denúncias feitas pela população quanto às dificuldades que se tem em andar de ônibus na capital alagoana. “Diariamente, recebo queixas nas ruas de que há veículos que recebem uma maquiagem para parecer novos, porém são  velhos. A licitação foi um marco na gestão do prefeito Rui Palmeira. Mas, por outro lado, o serviço não melhora. Portanto, a aprovação desta lei é uma oportunidade de também revemos alguns critérios já que, por força de lei, não participamos das discussões de como são elaboradas, por exemplo, as planilhas que permitem as empresas cobrar tarifas caras como acontece hoje em dia”, finalizou.

Outros vereadores também elogiaram a iniciativa. Para Galba Neto (PMDB), “a passagem em Maceió é muito cara e o usuário precisa ter um pouco mais de conforto. Esta lei do presidente da Casa vai dar esse conforto. Quero chamar a atenção, também, para o fato de que tive acesso a um estudo feito por movimentos estudantis dando conta de que, em menos de um ano, as empresas aumentaram em mais de 40% o valor da tarifa, desrespeitando a legislação, que veda esse tipo de reajuste. Estou analisando essa denúncia para convocarmos audiência pública e discutir o assunto”, disse o parlamentar.

A aprovação da lei também foi comemorado pelos vereadores Lobão e Silvânio Barbosa. “Assim como os que me antecederam, quero dar os parabéns ao presidente Kelmann Vieira pela apresentação desse projeto. Esperei que esse tema fosse debatido nas audiências públicas que a SMTT realizou antes da licitação, mas infelizmente não foi contemplado. Maceió é um lugar muito quente e é importante que os trabalhadores possam ter ar condicionado nos ônibus”, disse Lobão.

Em sua fala, Silvânio Barbosa registrou o fato da Casa estar atenta aos problemas e anseios da população da capital alagoana. “O projeto apresentado e aprovado hoje deixa claro que o Poder Legislativo municipal estar antenado ao que se fala nas ruas quanto às necessidades do povo trabalhador. Vale registrar que não estamos pedindo favor aos empresários, apenas exigindo qualidade. Aqui se paga caro pela passagem sem conforto algum”, disse.

]]>
<![CDATA[Liminar da Presidência do Tribunal de Justiça libera a Zona Azul em Maceió]]> Em decisão publicada nesta quarta-feira (22) no Diário Oficial Eletrônico do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), o presidente do TJ/AL, desembargador Otávio Leão Praxedes, anulou a decisão do juiz Antônio Manoel Dória, titular da 14ª Vara Criminal da Capital, que havia suspendido a implantação da Zona Azul em Maceió.

Segundo o desembargador, o projeto de implantação do sistema de estacionamento rotativo apresenta regras para sua execução, inclusive permitindo que a administração municipal regule alguns fatores, como as vias públicas destinadas ao estacionamento, horários de funcionamento, períodos máximos de estacionamento e demais itens referentes à ação do sistema.

Segundo a decisão, diversos municípios do Brasil vêm efetuando estudos e adotando medidas voltadas a concretizar a democratização do uso dos espaços públicos, como João Pessoa-PB, Fortaleza-CE, Recife-PE, Salvador-BA, São Paulo-SP, entre outras. “Vislumbra-se que o intuito primordial deste sistema de estacionamento é o de melhorar o trânsito, incentivando a população a utilizar mais os transportes públicos, evitando os crescentes congestionamentos de veículos motorizados particulares. Sem falar que, por meio da rotatividade, a disponibilização dos espaços públicos e de vagas de estacionamento se dá de forma mais democrática”, esclareceu o presidente.

O desembargador Otávio Praxedes também alegou que a implantação do sistema é necessária diante de uma questão social, que é a presença “intimidadora de flanelinhas”. A Prefeitura ingressou com recurso após a decisão do juiz Antônio Emanuel Dória, da 14ª Vara Cível da Capital - Fazenda Municipal, que suspendia a implantação da Zona Azul até a decisão final de mérito.

O Ministério Público de Alagoas (MP/AL) sustentou que não existem provas de que a decisão proferida em primeiro grau ofende a ordem pública, e que a implantação do sistema de estacionamento rotativo pago no município pode trazer ilicitudes, além de limitar de maneira indevida e ilegal a permanência das pessoas nas vagas.

Quanto ao argumento de que não haveria arcabouço legal para a regulamentação e implantação da "zona azul", o presidente destacou que a lei municipal nº 5.066/2000 prevê o sistema de estacionamento rotativo controlado de veículos em vias e logradouros públicos do Município de Maceió. “Nesse sentido, ao menos nessa análise mínima de mérito, o decreto de nº 8.371, de 26 de janeiro de 2017, tem respaldo legal para existir e para regular a matéria exposta em seu texto. De mais a mais, a referida lei continua válida, não havendo sequer discussão judicial acerca de sua constitucionalidade”, esclareceu o presidente.

Por fim, Otávio Praxedes acrescentou que o Poder Judiciário não deve intervir nesse tipo de questão para não violar o princípio da separação dos poderes. “Na perspectiva em debate, denoto que os efeitos da decisão liminar posta em análise traz grave violação à ordem pública, seja porque adentra no seio discricionário da Administração para escolha da implantação ou não da 'Zona Azul', seja porque a implantação do sistema, pelas razões aqui expostas, visa à melhoria da mobilidade urbana da capital alagoana”, avaliou Praxedes.

]]>
<![CDATA[Interação com cavalos promove lições de confiança para jovens]]> Meninos e meninas do Serviço de Acolhimento Institucional da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) participaram de oficina com cavalos. O encontro contou com a participação de dez jovens, que vivenciaram o método desenvolvido pelo adestrador de cavalos norte-americano Monty Roberts, chamado de Join-Up.

O método consiste no adestramento de cavalos sem uso de violência contra o animal. Para isso, são realizadas atividades que estimulam o desenvolvimento da confiança, da comunicação da não-violência e da liderança entre os seres humanos e o cavalo.

Para a secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, propiciar esse tipo de vivência aos adolescentes acolhidos no Serviço Institucional de Acolhimento da Semas é primordial para aprimorar o desenvolvimento socioafetivo dos jovens.

Este foi o terceiro contato dos garotos do Acolher com os cavalos. Já para as meninas da Casa de Passagem Feminina Luzinete Soares de Almeida, foi a segunda vez que elas participaram da oficina.

“Nunca tive medo de cavalo porque quando morava em Teresina com a minha família, meu pai era da vaquejada e sempre tive contato com esses animais. Até tinha uma égua chamada Gabriela. Participar das oficinas me fez aprender coisas que eu não sabia, tipo, que cavalo faz as unhas”, diz a adolescente de 14 anos, cujo nome será preservado, a exemplo dos outros jovens ouvidos pela reportagem.

Já o jovem de 17 anos que também participou das três vivências diz que aprendeu a não maltratar os animais e que ao conquistar a confiança do cavalo, pode também controlar determinadas situações do dia a dia, usando a conversa para resolver conflitos.

Para a adolescente de 15 anos, cavalgar pela primeira vez ocasionou a ela a sensação de liberdade. “Foi maravilhosa a sensação! Não tive medo! Quando fechei os olhos, senti como se estivesse voando!”, descreve, emocionada, a menina.

O instrutor da oficina, Miguel Lupiano, explica que a vivência é realizada para a superação do medo por parte dos meninos e meninas. “Ao superar o medo, eles adquirem confiança. Embora o medo seja importante para nos manter vivos, não significa que a gente possibilite que o medo tome conta de nossas vidas”, esclarece Miguel.

Comunicação com o cavalo

A intenção das oficinas é promover a cultura da paz e da não-violência, ao construir as vivências com os jovens do Serviço de Acolhimento Institucional da Semas.

“O método utilizado é Join-Up, que consiste no desenvolvimento de uma abordagem de adestramento não violento de Monty Roberts, processo que o adestrador norte-americano chamou de Equus”, ensina Miguel.

No Brasil, esse trabalho é desenvolvido pelo Galope da Esperança, em Alagoas, Brasília e no Rio Grande do Sul. “Equus” é o nome dado à descoberta de Monty Roberts ao observar os cavalos. Ele percebeu que os animais têm comunicação própria ao lidar com o ser humano e cabe ao adestrador descobrir esses sinais para se comunicar com o animal.

“O que nós fazemos, então, nada mais é do que a construção de um processo de comunicação, por meio do comportamento animal e humano, uma forma de interpretar os sinais produzidos pelos corpos do cavalo e do homem, com a intenção de estabelecer uma relação de confiança, explica Miguel.

Parcerias

A realização da terceira edição da oficina com os jovens do Serviço de Acolhimento Institucional da Semas só foi possível graças às parcerias entre a Semas, a Organização Não-Governamental Galope da Esperança e o Regimento de Cavalaria da Polícia Militar de Alagoas.

“Graças à parceria entre a Semas e a PM, foi possível compartilharmos três edições da oficina com os jovens alagoanos e a partir de agora, vamos programar os próximos encontros que deve ocorrer a cada três meses, já que agora fazemos parte de uma organização internacional chamada Lead-up, que é responsável pela formação de líderes que promovem em todo o mundo a cultura da paz”, diz a veterinária Sônia Lages, responsável pelos trabalhos do Galope da Esperança em Alagoas.

Em Bebedouro, a manhã nublada não atrapalhou os trabalhos dos instrutores e jovens. Pelo contrário, transformou-se no cenário perfeito para a vida dos adolescentes, que embora afastados de suas famílias, esperando um lar para serem adotados, encontraram nos cavalos mais um amigo, mais uma companhia para dividir a vida com mais carinho.

]]>
<![CDATA[Criança Feliz vai concentrar ações para o desenvolvimento pleno em Alagoas]]> O Estado de Alagoas deu início, nesta quarta-feira (22), em caráter oficial, às ações do Programa Criança Feliz, voltado para o fortalecimento de famílias em situação de vulnerabilidade social nas funções de cuidado, educação e proteção de gestantes e crianças de 0 a 6 anos.

O programa foi lançado pelo governador Renan Filho, pela coordenadora do Comitê da Primeira Infância de Alagoas, primeira-dama Renata Calheiros, pelo secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Fernando Pereira, e pelos ministros do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e Turismo, Marx Beltrão.

De acordo com o secretário Fernando Pereira, a meta do Criança Feliz em Alagoas é beneficiar 12.700 gestantes e crianças em 2017, a partir de um repasse federal de R$ 665.940,00 durante o ano. "O programa está totalmente alinhado às ações já executada pelo Governo de Alagoas na proteção da primeira infância na busca pelo desenvolvimento pleno por meio da intersetorialidade. São esforços conjuntos nas áreas de saúde, educação e assistência social que vão garantir a melhoria dos índices sociais e um futuro mais promissor para Alagoas”, disse Pereira.

Na avaliação do governador Renan Filho, o Criança dá uma infância digna a quem mais precisa. “O programa permite que a criança entre em sua vida escolar com mais condições de aprender. A nossa maior obra é cuidar de gente, cuidar do povo. Ações na primeira infância se refletem na vida inteira. Cada real investido na infância traz um retorno muito maior na vida adulta e, por tabela, na economia. Assim, abrimos as portas para um jovem melhor”, explicou o governador.

Renan Filho reforçou que o programa vai gerar emprego, visto que o visitador domiciliar tem papel fundamental no apoio às mães e crianças. Serão mais de 2 mil visitadores em Alagoas, recebendo pouco mais de R$ 1.950,00.

O governador reforçou seu compromisso em fazer com que o programa dê certo em Alagoas e elogiou a adesão de 97% dos municípios alagoanos. “A adesão ao programa em Alagoas foi muito satisfatória. Isso significa que os gestores estão preocupados com a situação das famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social em seus munIcípios. O Criança Feliz é muito bem-vindo”, enfatizou.

Na apresentação do programa, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, explicou os cuidados necessários com a criança, principalmente na faixa etária de 0 a três anos, e debateu as bases científicas das políticas públicas para a primeira infância.

“Aos três anos de idade, a criança tem o dobro de conexões cerebrais que um adulto de 20 anos. É nesse momento que os vínculos afetivos são estabelecidos, que são definidas as principais funções cerebrais, que são estabelecidas as diretrizes comportamentais e quando são definidas as competências que o indivíduo vai empregar pelo resto da sua vida”, alertou o ministro.

Ainda segundo Osmar Terra, a partir das ações do Programa Criança Feliz, o Governo Federal espera promover as condições desejadas para o desenvolvimento saudável da criança, desde a gestação. “O aspecto mais importante do programa é a criação da figura do visitador. É ele quem vai orientar as famílias, observar as condições de físicas e afetivas e acompanhar o resultado das ações nas áreas envolvidas”, destacou.

Municípios

Na avaliação da primeira-dama Renata Calheiros, que coordena as ações do Governo de Alagoas voltadas à primeira infância, os gestores municipais passam a ter papel fundamental no sucesso do Criança Feliz no Estado. Dos 86 municípios alagoanos considerados aptos, pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, para receber o Criança Feliz, 84 realizaram todos os procedimentos, o que representa 97% de adesão, o maior índice registrado no país.

"Hoje foi dado mais um importante passo em Alagoas. Muitos são os aspectos positivos que o Brasil tem a ganhar quando as atenções estão voltadas para as novas gerações, e é isso que o Criança Feliz se propõe. Suas diretrizes são as mesmas no Projeto da Primeira Infância de Alagoas e por isso ganhamos um reforço importante nos cuidados e estímulos aos primeiros anos de vida", disse Renata Calheiros.

"Teremos muito trabalho pela frente e dependemos de gestores municipais comprometidos, que queiram investir hoje, sabendo que os resultados não aparecerão logo, mas os benefícios serão duradouros e transformarão uma geração", afirmou a primeira-dama.

]]>
<![CDATA[SMTT divulga relação com linhas que fazem parte da integração temporal]]> A integração temporal é uma concepção de sistema de transporte que beneficia usuários de ônibus. Utilizando linhas que se conectam, os passageiros do transporte coletivo de Maceió embarcam em mais de um ônibus gratuitamente sem precisar estar em um terminal. Confira todas as linhas no final da matéria.

No decorrer da viagem, em um ponto onde as duas ou mais linhas que possuem esse sistema se cruzam, o passageiro pode desembarcar de uma delas e embarcar na outra desde que esteja dentro do período de até uma hora e meia contado após o embarque na primeira linha e respeite o sentido de ida ou volta previsto para cada integração.

Para utilizar a integração temporal, o passageiro deve ainda possuir qualquer modalidade do cartão Bem Legal, que pode ser adquirido de forma gratuita no postos da Transpal localizados no Centro, Tabuleiro do Martins e Benedito Bentes.

 

ORIGEM

DESTINO

1

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

2

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

3

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0025 - SANATORIO - CENTRO

4

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0033 - JOSE TENORIO - CENTRO/AVENIDA ROTARY

5

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

6

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

7

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0041 - FEITOSA - CENTRO/FAROL

8

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0066 - SANTO AMARO - CENTRO/PINTANGUINHA/MERCADO

9

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0600 - SAO JORGE/TRAPICHET.C. NORTE/RODOVIARIA/FEITOSA

10

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0600 - SAO JORGE/TRAPICHET.C. NORTE/RODOVIARIA/FEITOSA

11

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

12

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

13

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

14

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

15

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

16

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

17

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

18

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0025 - SANATORIO - CENTRO

19

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

20

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

21

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

22

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0041 - FEITOSA - CENTRO/FAROL

23

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

24

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

25

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0208 - JACARECICA - BELA VISTA/VERGEL/CRUZ DAS ALMAS

26

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0208 - JACARECICA - BELA VISTA/VERGEL/CRUZ DAS ALMAS

27

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0603 - VERGEL - MIRANTE

28

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0603 - VERGEL - MIRANTE

29

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0604 - UFAL / IPIOCA

30

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0604 - UFAL / IPIOCA

31

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

32

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

33

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0608 - GRUTA - IGUATEMI(T. NOVO MUNDO)/OURO PRETO

34

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

35

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

36

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

37

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

38

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

0221 - SAUDE - MERCADO

39

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

0223 - IPIOCA - MERCADO

40

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

0223 - IPIOCA - MERCADO

41

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

0603 - VERGEL - MIRANTE

42

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

43

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

44

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

45

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

46

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

0604 - UFAL / IPIOCA

47

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

0608 - GRUTA - IGUATEMI(T. NOVO MUNDO)/OURO PRETO

48

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

49

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

50

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

51

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

0027 - VILA SAEM - CENTRO

52

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

53

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

54

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

0608 - GRUTA - IGUATEMI(T. NOVO MUNDO)/OURO PRETO

55

0025 - SANATORIO - CENTRO

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

56

0025 - SANATORIO - CENTRO

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

57

0025 - SANATORIO - CENTRO

0027 - VILA SAEM - CENTRO

58

0025 - SANATORIO - CENTRO

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

59

0025 - SANATORIO - CENTRO

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

60

0025 - SANATORIO - CENTRO

0608 - GRUTA - IGUATEMI(T. NOVO MUNDO)/OURO PRETO

61

0025 - SANATORIO - CENTRO

0608 - GRUTA - IGUATEMI(T. NOVO MUNDO)/OURO PRETO

62

0027 - VILA SAEM - CENTRO

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

63

0027 - VILA SAEM - CENTRO

0025 - SANATORIO - CENTRO

64

0027 - VILA SAEM - CENTRO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

65

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

66

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

0022 - SAO JORGE - CENTRO/GRUTA/JACINTINHO

67

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

68

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

0604 - UFAL / IPIOCA

69

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

0608 - GRUTA - IGUATEMI(T. NOVO MUNDO)/OURO PRETO

70

0030 - NOVO MUNDO/OURO PRETO/ROTARY/CENTRO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

71

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

72

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

73

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

0024 - SANATORIO - CENTRO/ROTARY

74

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

75

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

0608 - GRUTA - IGUATEMI(T. NOVO MUNDO)/OURO PRETO

76

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

0608 - GRUTA - IGUATEMI(T. NOVO MUNDO)/OURO PRETO

77

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

78

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

79

0033 - JOSE TENORIO - CENTRO/AVENIDA ROTARY

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

80

0033 - JOSE TENORIO - CENTRO/AVENIDA ROTARY

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

81

0033 - JOSE TENORIO - CENTRO/AVENIDA ROTARY

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

82

0033 - JOSE TENORIO - CENTRO/AVENIDA ROTARY

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

83

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

84

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

0032 - NOVO MUNDO - CENTRO

85

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

0600 - SAO JORGE/TRAPICHET.C. NORTE/RODOVIARIA/FEITOSA

86

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

87

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

88

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

89

0035 - OURO PRETO - CENTRO/T. RODOVARIO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

90

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

91

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

92

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

93

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0208 - JACARECICA - BELA VISTA/VERGEL/CRUZ DAS ALMAS

94

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0208 - JACARECICA - BELA VISTA/VERGEL/CRUZ DAS ALMAS

95

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0208 - JACARECICA - BELA VISTA/VERGEL/CRUZ DAS ALMAS

96

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0600 - SAO JORGE/TRAPICHET.C. NORTE/RODOVIARIA/FEITOSA

97

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0600 - SAO JORGE/TRAPICHET.C. NORTE/RODOVIARIA/FEITOSA

98

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0603 - VERGEL - MIRANTE

99

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0603 - VERGEL - MIRANTE

100

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0604 - UFAL / IPIOCA

101

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0604 - UFAL / IPIOCA

102

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

103

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

104

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

105

0036 - DUBEAUX LEAO - CENTRO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

106

0037 - SALVADOR LYRA - CENTRO

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

107

0037 - SALVADOR LYRA - CENTRO

0105 - JARDIM PETROPOLIS- TRAPICHE/FAROL

108

0037 - SALVADOR LYRA - CENTRO

0105 - JARDIM PETROPOLIS- TRAPICHE/FAROL

109

0037 - SALVADOR LYRA - CENTRO

0214 - HENRIQUE HEQUELMAN - VERGEL

110

0037 - SALVADOR LYRA - CENTRO

0214 - HENRIQUE HEQUELMAN - VERGEL

111

0037 - SALVADOR LYRA - CENTRO

0230 - FORENE -TRAPICHE/EUST GOMES/POÇO

112

0037 - SALVADOR LYRA - CENTRO

4011 - TERM. MOCAMBO / TERM. SAL. LYRA VIA REC

113

0039 - CLETO MARQUES - CENTRO

0105 - JARDIM PETROPOLIS- TRAPICHE/FAROL

114

0039 - CLETO MARQUES - CENTRO

0105 - JARDIM PETROPOLIS- TRAPICHE/FAROL

115

0039 - CLETO MARQUES - CENTRO

0214 - HENRIQUE HEQUELMAN - VERGEL

116

0039 - CLETO MARQUES - CENTRO

0214 - HENRIQUE HEQUELMAN - VERGEL

117

0041 - FEITOSA - CENTRO/FAROL

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

118

0041 - FEITOSA - CENTRO/FAROL

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

119

0041 - FEITOSA - CENTRO/FAROL

0221 - SAUDE - MERCADO

120

0041 - FEITOSA - CENTRO/FAROL

0223 - IPIOCA - MERCADO

121

0041 - FEITOSA - CENTRO/FAROL

0604 - UFAL / IPIOCA

122

0041 - FEITOSA - CENTRO/FAROL

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

123

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

124

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0230 - FORENE -TRAPICHE/EUST GOMES/POÇO

125

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0602 - SALVADOR LIRA - IGUATEMI/D.LEAO/CLETO(P. VERDE)

126

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0704 - BEN. BENTES I - PONTA VERDE/FAROL

127

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0803 - FREI DAMIAO - TERMINAL INTEGRACAO

128

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0804 - CONJ CIDADE SORRISO I - TERM B BENTES

129

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0805 - GUAXUMA - TERMINAL INTEGRACAO B. BENTES

130

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0807 - TER. INTEGRADO B. BENTES/SHOPPING PATIO/S DUMONT

131

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0808 - CACHOERIA DO MEIRIM - BEN. BENTES

132

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0809 - SELMA BANDEIRA - TERMINAL B. BENTES

133

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

0812 - PQ DAS AMERCIAS/C CARMINHA/T B BENTES

134

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

4002 - GROTA DA ALEGRIA/TERMINAL INTEGRADO

135

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

4005 - FREI DAMIAO/TERMINAL INTEGRADO

136

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

4006 - MOCAMBO/TERMINAL INTEGRADO

137

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

4007 - CIDADE SORRISO/TERMINAL INTEGRADO

138

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

4011 - TERM. MOCAMBO / TERM. SAL. LYRA VIA REC

139

0046 - VILLAGE II - CENTRO/POCO

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

140

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

0214 - HENRIQUE HEQUELMAN - VERGEL

141

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

0803 - FREI DAMIAO - TERMINAL INTEGRACAO

142

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

0804 - CONJ CIDADE SORRISO I - TERM B BENTES

143

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

0805 - GUAXUMA - TERMINAL INTEGRACAO B. BENTES

144

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

0807 - TER. INTEGRADO B. BENTES/SHOPPING PATIO/S DUMONT

145

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

0808 - CACHOERIA DO MEIRIM - BEN. BENTES

146

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

0809 - SELMA BANDEIRA - TERMINAL B. BENTES

147

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

0812 - PQ DAS AMERCIAS/C CARMINHA/T B BENTES

148

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

4002 - GROTA DA ALEGRIA/TERMINAL INTEGRADO

149

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

4005 - FREI DAMIAO/TERMINAL INTEGRADO

150

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

4006 - MOCAMBO/TERMINAL INTEGRADO

151

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

4007 - CIDADE SORRISO/TERMINAL INTEGRADO

152

0048 - BEN. BENTES I - CENTRO/JACINTINHO

4011 - TERM. MOCAMBO / TERM. SAL. LYRA VIA REC

153

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

0069 - CLIMA BOM - CENTRO/FAROL

154

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

155

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

156

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

157

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

0709 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/MUTIRAO

158

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

0709 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/MUTIRAO

159

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

0711 - CID. UNIVERSITARIA - PONTA VERDE/IGUATEMI

160

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

0711 - CID. UNIVERSITARIA - PONTA VERDE/IGUATEMI

161

0055 - CHA NOVA - CENTRO/BEBEDOURO

0102 - JOAO SAMPAIO - TRAPICHE/BEBEDOURO

162

0055 - CHA NOVA - CENTRO/BEBEDOURO

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

163

0055 - CHA NOVA - CENTRO/BEBEDOURO

0709 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/MUTIRAO

164

0055 - CHA NOVA - CENTRO/BEBEDOURO

0710 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/B. VISTA

165

0055 - CHA NOVA - CENTRO/BEBEDOURO

0711 - CID. UNIVERSITARIA - PONTA VERDE/IGUATEMI

166

0056 - JOAO SAMPAIO I- CENTRO/FAROL

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

167

0056 - JOAO SAMPAIO I- CENTRO/FAROL

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

168

0056 - JOAO SAMPAIO I- CENTRO/FAROL

0709 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/MUTIRAO

169

0056 - JOAO SAMPAIO I- CENTRO/FAROL

0709 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/MUTIRAO

170

0056 - JOAO SAMPAIO I- CENTRO/FAROL

0710 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/B. VISTA

171

0056 - JOAO SAMPAIO I- CENTRO/FAROL

0710 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/B. VISTA

172

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

173

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

174

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

175

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

176

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

0711 - CID. UNIVERSITARIA - PONTA VERDE/IGUATEMI

177

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

0711 - CID. UNIVERSITARIA - PONTA VERDE/IGUATEMI

178

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

0715 - COLINA P.VERDE / M. NET

179

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

0715 - COLINA P.VERDE / M. NET

180

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

2016 - ALIMENTADORA-TERM. R NOVO/C.RESIDEN

181

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

182

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

0059 - RIO NOVO - CENTRO/BEBEDOURO

183

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

184

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

185

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

0715 - COLINA P.VERDE / M. NET

186

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

0716 - CLIMA BOM / PONTA VERDE/IGUATEMI/FAROL

187

0059 - RIO NOVO - CENTRO/BEBEDOURO

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

188

0059 - RIO NOVO - CENTRO/BEBEDOURO

2016 - ALIMENTADORA-TERM. R NOVO/C.RESIDEN

189

0060 - CHA DA JAQUEIRA - CENTRO

0711 - CID. UNIVERSITARIA - PONTA VERDE/IGUATEMI

190

0065 - ROSANE COLLOR - CENTRO/FAROL

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

191

0065 - ROSANE COLLOR - CENTRO/FAROL

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

192

0065 - ROSANE COLLOR - CENTRO/FAROL

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

193

0065 - ROSANE COLLOR - CENTRO/FAROL

0711 - CID. UNIVERSITARIA - PONTA VERDE/IGUATEMI

194

0065 - ROSANE COLLOR - CENTRO/FAROL

0711 - CID. UNIVERSITARIA - PONTA VERDE/IGUATEMI

195

0065 - ROSANE COLLOR - CENTRO/FAROL

0715 - COLINA P.VERDE / M. NET

196

0065 - ROSANE COLLOR - CENTRO/FAROL

0715 - COLINA P.VERDE / M. NET

197

0066 - SANTO AMARO - CENTRO/PINTANGUINHA/MERCADO

0012 - CONJ. J. S. PEIXOTO - CENTRO/PITANGUINHA

198

0066 - SANTO AMARO - CENTRO/PINTANGUINHA/MERCADO

0604 - UFAL / IPIOCA

199

0066 - SANTO AMARO - CENTRO/PINTANGUINHA/MERCADO

0604 - UFAL / IPIOCA

200

0066 - SANTO AMARO - CENTRO/PINTANGUINHA/MERCADO

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

201

0066 - SANTO AMARO - CENTRO/PINTANGUINHA/MERCADO

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

202

0066 - SANTO AMARO - CENTRO/PINTANGUINHA/MERCADO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

203

0066 - SANTO AMARO - CENTRO/PINTANGUINHA/MERCADO

0700 - SANATORIO - ROTARY/PONTA VERDE

204

0068 - COLINA/CENTRO/FAROL - CHA JAQUEIRA

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

205

0069 - CLIMA BOM - CENTRO/FAROL

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

206

0069 - CLIMA BOM - CENTRO/FAROL

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

207

0070 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/FAROL

0609 - VILA SAEM - IGUATEMI(VIA PINHEIRO)

208

0071 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/BEBEDOURO

0068 - COLINA/CENTRO/FAROL - CHA JAQUEIRA

209

0071 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/BEBEDOURO

0068 - COLINA/CENTRO/FAROL - CHA JAQUEIRA

210

0071 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/BEBEDOURO

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

211

0071 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/BEBEDOURO

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

212

0071 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/BEBEDOURO

0802 - COLINA/ B. BENTES (INTEGRACAO)

213

0071 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/BEBEDOURO

0802 - COLINA/ B. BENTES (INTEGRACAO)

214

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

0037 - SALVADOR LYRA - CENTRO

215

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

0042 - BEN. BENTES I - CENTRO/SALVADOR LYRA

216

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

0046 - VILLAGE II - CENTRO/POCO

217

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

0110 - GRACILIANO - TRAPICHE/RODOVIARIA

218

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

0707 - GRACILIANO RAMOS - PONTA VERDE

219

0072 - GAMA LINS/CENTRO-VIA COLINA/J.S / S.F

0707 - GRACILIANO RAMOS - PONTA VERDE

220

0097 - CORUJAO VILLAGE II - CENTRO

0796 - CORUJAO - BEN. BENTES I/PONTA VERDE(EUST GOMES)

221

0102 - JOAO SAMPAIO - TRAPICHE/BEBEDOURO

0055 - CHA NOVA - CENTRO/BEBEDOURO

222

0102 - JOAO SAMPAIO - TRAPICHE/BEBEDOURO

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

223

0102 - JOAO SAMPAIO - TRAPICHE/BEBEDOURO

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

224

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0013 - CRUZ DAS ALMAS - CENTRO/AV ROTARY

225

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0017 - SAO JORGE - CENTRO/PONTA VERDE/IGUATEMI

226

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0208 - JACARECICA - BELA VISTA/VERGEL/CRUZ DAS ALMAS

227

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0208 - JACARECICA - BELA VISTA/VERGEL/CRUZ DAS ALMAS

228

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0221 - SAUDE - MERCADO

229

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0223 - IPIOCA - MERCADO

230

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0604 - UFAL / IPIOCA

231

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0604 - UFAL / IPIOCA

232

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0606 - JOSE TENORIO - IGUATEMI/SANTO EDUARDO

233

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0708 - CR DAS ALMAS - PONTA VERDE/T. RODOVIARIO/JACINTINH

234

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0708 - CR DAS ALMAS - PONTA VERDE/T. RODOVIARIO/JACINTINH

235

0103 - MIRANTE - TRAPICHE

0830 - LINHA ALIMENTADORA - GROTA DO ARROZ/ G. P.

236

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

0214 - HENRIQUE HEQUELMAN - VERGEL

237

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

0803 - FREI DAMIAO - TERMINAL INTEGRACAO

238

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

0804 - CONJ CIDADE SORRISO I - TERM B BENTES

239

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

0805 - GUAXUMA - TERMINAL INTEGRACAO B. BENTES

240

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

0807 - TER. INTEGRADO B. BENTES/SHOPPING PATIO/S DUMONT

241

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

0808 - CACHOERIA DO MEIRIM - BEN. BENTES

242

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

0809 - SELMA BANDEIRA - TERMINAL B. BENTES

243

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

0812 - PQ DAS AMERCIAS/C CARMINHA/T B BENTES

244

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

4002 - GROTA DA ALEGRIA/TERMINAL INTEGRADO

245

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

4005 - FREI DAMIAO/TERMINAL INTEGRADO

246

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

4006 - MOCAMBO/TERMINAL INTEGRADO

247

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

4007 - CIDADE SORRISO/TERMINAL INTEGRADO

248

0104 - BEN. BENTES - TRAPICHE/JACINTINHO

4011 - TERM. MOCAMBO / TERM. SAL. LYRA VIA REC

249

0105 - JARDIM PETROPOLIS- TRAPICHE/FAROL

0602 - SALVADOR LIRA - IGUATEMI/D.LEAO/CLETO(P. VERDE)

250

0105 - JARDIM PETROPOLIS- TRAPICHE/FAROL

0704 - BEN. BENTES I - PONTA VERDE/FAROL

251

0107 - CRUZ DAS ALMAS - TRAPICHE

0500 - PONTAL - T. RODOVIARIO/VERGEL/SHOPP

252

0107 - CRUZ DAS ALMAS - TRAPICHE

0605 - PONTAL - IGUATEMI/PRAIAS

253

0107 - CRUZ DAS ALMAS - TRAPICHE

0611 - VERGEL - JATIUCA(TERMINAL PROMORAR I)

254

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0051 - SANTOS DUMONT - CENTRO/POÇO

255

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0055 - CHA NOVA - CENTRO/BEBEDOURO

256

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

257

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0057 - FERNAO VELHO - CENTRO/VIA COLINA

258

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0058 - FERNAO VELHO - CENTRO/B. DO GONZAGA

259

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0064 - ROSANE COLLOR - CENTRO/BEBEDOURO

260

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0064 - ROSANE COLLOR - CENTRO/BEBEDOURO

261

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0068 - COLINA/CENTRO/FAROL - CHA JAQUEIRA

262

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0068 - COLINA/CENTRO/FAROL - CHA JAQUEIRA

263

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0071 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/BEBEDOURO

264

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0071 - OSMAN LOUREIRO - CENTRO/BEBEDOURO

265

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0709 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/MUTIRAO

266

0108 - CLIMA BOM - TRAPICHE/BEBEDOURO

0709 - CHA DA JAQUEIRA - PONTA VERDE/MUTIRAO

267

0110 - GRACILIANO - TRAPICHE/RODOVIARIA

0072 -]]> <![CDATA[Eletrobras informa datas dos próximos cortes de energia para manutenção]]> A Federação do Comércio, Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL) reforça a divulgação das datas dos serviços de manutenção preventiva do sistema elétrico do Estado, realizados pela Eletrobras, para que os empresários do setor possam evitar transtornos ou mesmo algum tipo de prejuízo. O trabalho foi iniciado nesta quarta-feira (22) e segue até a próxima segunda-feira (27).

A concessionária realiza o serviço para melhorar a qualidade da energia elétrica, em benefício da população alagoana. Se os serviços de melhoramento e manutenção forem concluídos antes da hora fixada, a rede elétrica será energizada independentemente de novo comunicado. Como medida de segurança, o cliente deve considerar energizadas todas as suas instalações elétricas durante o período mencionado neste aviso.

Os cortes serão realizados nas seguintes datas aproximadas:

QUARTA– FEIRA 22/03/2017

Das 6h30 às 12h30: FAROL - Avenida Fernandes Lima, cruzamento com a Avenida Governador Afrânio Lages, e adjacências.

Das 8h às 13h: JATIÚCA - Avenida Doutor Antônio Gomes de Barros, próximo à lotérica, e adjacências.

Das 8h às 14h: PONTA VERDE - Avenida Professor Sandoval Arrochelas, próximo ao Bompreço, e adjacências.

Das 8h30 às 13h: JARDIM PETRÓPOLIS - Condomínio Aldebaran - Alfa e adjacências.

Das 9h às 12h: SANTA AMÉLIA - Conjunto Medeiros Neto II, Conjunto Medeiros Neto III e adjacências.

Das 9h às 13h: PONTA VERDE - Rua Deputado José Lages, próximo à praia, e adjacências.

Das 14h30 às 18h: CHÃ DA JAQUEIRA - Rua Antônio Claudino e adjacências.

Das 6h30 às 8h: SANTANA DO IPANEMA - Rua Manoel Medeiros de Aquino, Rua Delmiro Gouveia e adjacências.

Das 7h às 13h: RIO LARGO - Parque Santa Tereza e adjacências.

Das 8h30 às 13h30: PALMEIRA DOS ÍNDIOS - Loteamento Natercio Viana e adjacências.

Das 9h às 13h: MARAGOGI - Rua da Pista, Rua de Trás, Povoado São Bento II, Assentamento Mangibura e adjacências.

Das 9h às 13h45: SANTANA DO IPANEMA - Rua Cícero Bezerra Soares, Rua Clima Bom e adjacências.

Das 9h às 14h: SÃO MIGUEL DOS CAMPOS- Loteamento Wellington Torres e adjacências.

Das 9h às 14h: VIÇOSA - Assentamento Dourado, Rua Vigário Loureiro, Rua do Hospital, Rua Manoel Francisco, Rua Epaminondas Gracindo, Rua Clodoaldo da Fonseca, Rua Frederico Maia e adjacências.

Das 9h às 15h: BRANQUINHA - Conjunto Simeão, Conjunto Mutirão, Rua Nova, Rua Benedito Lopes, Rua Marechal Floriano Peixoto e adjacências.

Das 15h às 17h: JAPARATINGA - Povoado Bitingui e adjacências.

 

QUINTA– FEIRA 23/03/2017

Das 8h às 14h: PONTA VERDE - Avenida Álvaro Otacílio e adjacências.

Das 9h às 14h: FAROL - Rua Frei Caneca e adjacências.

Das 7h às 7h30: PENEDO - Rua Barão do Rio Branco, Avenida Getúlio Vargas e adjacências.

Das 7h às 13h: RIO LARGO - Avenida Presidente Getúlio Vargas, Rua Coronel Manoel Thomas da Silva, Praça Marechal Floriano Peixoto, Parque Santa Tereza e adjacências.

Das 8h30 às 12h30: JAPARATINGA - Rua da Pista e adjacências.

Das 9h às 12h30: INHAPI - Rua Senador Rui Palmeira e adjacências.

Das 9h às 13h: OLHO D'ÁGUA GRANDE - Rua Machado Lobo, Rua Governador Luiz Cavalcante, Rua Florentino Nascimento, Rua do Comércio, Rua Nova, Rua 14 de Setembro, Rua Maternal, Rua São José, Rua Euclides Boia e adjacências.

Das 9h às 14h: IGACI - Povoado Baixio, Povoado Padre de Serra e adjacências.

Das 9h30 às 13h30: MARECHAL DEODORO - Povoado Galhofa e adjacências.

Das 10h às 15h: SANTANA DO MUNDAÚ - Povoado Gruta Funda e adjacências.

Das 13h30 às 17h: MARAGOGI - Loteamento Barra Velha, Povoado Peroba e adjacências.

 

SEXTA– FEIRA 24/03/2017

Das 6h às 12h: TRAPICHE DA BARRA - Rua Jorge de Lima, Rua Aminadab Valente, Rua Coronel Adauto Gomes Barbosa, Rua Doutor Paulo Neto, Rua Capitão Cantuário, Rua José Alves Barbosa, Rua C - Vila Militar, Rua B - Vila Militar, Rua Doutor Milton Ramires e adjacências.

Das 6h30 às 12h30: TRAPICHE DA BARRA - Avenida Siqueira Campos, próximo ao HGE, e adjacências.

Das 6h30 às 12h30: TRAPICHE DA BARRA - Rua Jornalista Oseas Rosas, Rua Doutor Paulo Neto e adjacências.

Das 8h às 14h: JATIÚCA - Rua Paulina Maria Mendonça, Rua José Luiz Calazans e adjacências.

Das 9h às 15h: BENEDITO BENTES - Conjunto Cidade Sorriso I e adjacências.

Das 14h às 18h: POÇO - Conjunto Melo Costa e adjacências.

Das 7h às 13h: RIO LARGO - Conjunto Chico Mendes e adjacências.

Das 8h às 13h: ARAPIRACA Povoado Tingui, Rua Engenheiro Camilo Collier, Rua Dom Jonas Batinga, Rua Pastor Cícero Farias e adjacências.

Das 8h às 13h: GIRAU DO PONCIANO - Rua Doutor José Bento, Rua José Anastácio, Rua Dom Pedro I, Rua São José e adjacências.

Das 8h às 14h: BARRA DE SANTO ANTÔNIO - Rua e Travessa José Aristides de Melo e adjacências.

Das 8h29 às 12h30: MARAGOGI - Rua João Correia de Almeida, Conjunto Residencial Adélia Lyra , Rua Alto da Boa Vista, Avenida Fernando Paes de Oliveira, Rua Escritor Graciliano Ramos e adjacências.

Das 9h às 12h: BRANQUINHA - Sítio Flor do Mundaú e adjacências.

Das 9h às 12h30: INHAPI - Rua da Cohab, Rua Paulo Malta Brandão e adjacências.

Das 9h às 12h30: SATUBA - Alto São Sebastião, Rua Teotônio Vilela, Rua Afrânio Correia, Rua Pátio da Feira e adjacências.

Das 9h às 13h: PIAÇABUÇU - Povoado Pontal do Peba e adjacências.

Das 9h às 13h30: SÃO LUIZ DO QUITUNDE - Povoado Quitunde, Povoado Pinto, Povoado Raposa e adjacências. Das 9h às 14h: MESSIAS - Fazenda Baixa Funda e adjacências.

Das 9h às 14h: PALMEIRA DOS ÍNDIOS - Povoado Mandacaru de Baixo e adjacências.

Das 9h às 14h: PAULO JACINTO - Sítio Santa Luzia, Sítio Cafundó dos Matias e adjacências.

Das 9h às 14h: SATUBA - Loteamento Portal dos Gregórios I e II e adjacências.

Das 9h30 às 11h30: TEOTÔNIO VILELA - Povoado Gulandim e adjacências.

Das 9h30 às 13h30: BARRA DE SÃO MIGUEL - Avenida Moema Cavalcante Bastos e adjacências.

Das 13h30 às 17h: MARAGOGI - Sítio Corre Água e adjacências.

 

SEXTA– FEIRA 24/03/2017

Das 6h às 12h: TRAPICHE DA BARRA - Rua Jorge de Lima, Rua Aminadab Valente, Rua Coronel Adauto Gomes Barbosa, Rua Doutor Paulo Neto, Rua Capitão Cantuário, Rua José Alves Barbosa, Rua C - Vila Militar, Rua B - Vila Militar, Rua Doutor Milton Ramires e adjacências.

Das 6h30 às 12h30: TRAPICHE DA BARRA - Avenida Siqueira Campos, próximo ao HGE, e adjacências.

Das 6h30 às 12h30: TRAPICHE DA BARRA - Rua Jornalista Oseas Rosas, Rua Doutor Paulo Neto e adjacências.

Das 8h às 14h: JATIÚCA - Rua Paulina Maria Mendonça, Rua José Luiz Calazans e adjacências.

Das 9h às 15h: BENEDITO BENTES - Conjunto Cidade Sorriso I e adjacências.

Das 14h às 18h: POÇO - Conjunto Melo Costa e adjacências.

Das 8h às 13h: ARAPIRACA - Povoado Tingui, Rua Engenheiro Camilo Collier, Rua Dom Jonas Batinga, Rua Pastor Cícero Farias e adjacências.

Das 8h às 13h: GIRAU DO PONCIANO - Rua Doutor José Bento, Rua José Anastácio, Rua Dom Pedro I, Rua São José e adjacências.

Das 8h às 14h: BARRA DE SANTO ANTÔNIO - Rua e Travessa José Aristides de Melo e adjacências.

Das 8h29 às 12h30: MARAGOGI - Rua João Correia de Almeida, Conjunto Residencial Adélia Lyra , Rua Alto da Boa Vista, Avenida Fernando Paes de Oliveira, Rua Escritor Graciliano Ramos e adjacências.

Das 9h às 12h: BRANQUINHA - Sítio Flor do Mundaú e adjacências.

Das 9h às 12h30: INHAPI - Rua da Cohab, Rua Paulo Malta Brandão e adjacências.

Das 9h às 12h30: SATUBA - Alto São Sebastião, Rua Teotônio Vilela, Rua Afrânio Correia, Rua Pátio da Feira e adjacências.

Das 9h às 13h: PIAÇABUÇU - Povoado Pontal do Peba e adjacências.

Das 9h às 13h30: SÃO LUIZ DO QUITUNDE - Povoado Quitunde, Povoado Pinto, Povoado Raposa e adjacências.

Das 9h às 14h: MESSIAS - Fazenda Baixa Funda e adjacências.

Das 9h às 14h: PALMEIRA DOS ÍNDIOS - Povoado Mandacaru de Baixo e adjacências.

Das 9h às 14h: PAULO JACINTO - Sítio Santa Luzia, Sítio Cafundó dos Matias e adjacências.

Das 9h às 14h: SATUBA - Loteamento Portal dos Gregórios I e II e adjacências.

Das 9h30 às 11h30: TEOTÔNIO VILELA - Povoado Gulandim e adjacências.

Das 9h30 às 13h30: BARRA DE SÃO MIGUEL - Avenida Moema Cavalcante Bastos e adjacências.

Das 13h30 às 17h: MARAGOGI - Sítio Corre Água e adjacências.

 

SÁBADO 25/03/2017

Das 7h às 13h: JATIÚCA - Rua General Newton de Andrade Cavalcante e adjacências.

Das 8h30 às 12h: TRAPICHE DA BARRA - Avenida Siqueira Campos, próximo ao quartel da Polícia Militar de Alagoas, e adjacências.

 

DOMINGO 26/03/2017

Das 7h às 11h: PAJUÇARA - Rua Almirante Mascarenhas, Rua Araújo Bivar e adjacências.

Das 7h30 às 11h30: PAJUÇARA - Rua Jangadeiros Alagoanos, Rua Doutor Messias de Gusmão e adjacências.

Das 8h às 11h30: PAJUÇARA - Rua Desembargador Almeida Guimarães e adjacências.

Das 8h30 às 12h: PAJUÇARA - Rua Epaminondas Gracindo e adjacências.

 

SEGUNDA– FEIRA 27/03/2017

Das 9h às 12h: ANTARES - Loteamento Paraiso da Serraria, Loteamento Casa Forte e adjacências.

Das 9h às 12h: FAROL - Rua Doutor Luiz de Mascarenhas, Rua Professor Virgínio de Campos e adjacências.

Das 9h às 14h: MANGABEIRAS - Rua dos Pardais e adjacências.

Das 10h às 15h: ANTARES - Loteamento Pouso da Garça, Loteamento Pouso da Garça II e adjacências.

Das 14h às 18h: CANAÃ - Rua Jequiá, Rua Traipu e adjacências.

Das 14h às 18h: JATIÚCA - Rua Governador Carlos Lacerda, Avenida Doutor Mário Nunes Vieira e adjacências.

Das 8h30 às 12h30: PALMEIRA DOS ÍNDIOS - Rua São José, Rua e Travessa Sonho Verde e adjacências.

Das 9h às 13h: IGREJA NOVA - Rua São José, Rua São Gonçalo, Rua São Bento, Rua Bela Vista, Rua Trapia, Rua Alto São Gonçalo, Rua Nossa Senhora Aparecida, Rua Santa Luzia, Rua da Alegria e adjacências.

Das 9h às 13h: PARIPUEIRA - Rua Margarida Procópio, Alto da Bela Vista e adjacências.

Das 9h às 13h: UNIÃO DOS PALMARES - Sitio Frios II e adjacências.

Das 9h às 13h30: SANTANA DO IPANEMA - Rua Pedro Brandão, Rua José Porfírio Palmeira, Rua Maria Gaia, Rua e Travessa João Ivo, Rua Vereador João Francisco Cavalcante e adjacências.

Das 9h às 14h: IGACI - Povoado Cajazeiras I, Povoado Serrote do Jacuípe e adjacências.

Das 9h às 14h: PILAR - Rua Professor Artur Ramos, Rua Miguel Macedo e adjacências.

Das 9h às 14h: UNIÃO DOS PALMARES - Loteamento Residencial Abdon Veríssimo II e adjacências.

Das 9h30 às 12h: IBATEGUARA Rua Cônego Barbosa, Rua Oscar Gordilho, Praça Pare Francisco e adjacências.

Das 10h às 14h: GIRAU DO PONCIANO - Avenida Frei Damião, Rua Padre Afrânio, Rua Doutor José Bento e adjacências.

Das 10h30 às 13h30: GIRAU DO PONCIANO - Povoado Alecrim e adjacências.

Das 14h às 16h: ARAPIRACA - Rua Antônio Messias, Avenida José Emídio de Lima, Rua Severina de Albuquerque Silva, Rua Priscila Valeriano e adjacências.

Das 14h30 às 17h: SÃO MIGUEL DOS MILAGRES - Sítio Capoeira, Povoado Toque e adjacências.

]]> <![CDATA[Acusados de homicídio durante festa em Rio Largo são julgados nesta quinta]]> A 9ª Vara Criminal da Capital leva a julgamento por júri popular os réus David Wagner da Silva Santos, vulgo “David Bagre”, e Pedro Paulo Vasconcelos dos Santos, vulgo “Paulinho”, nesta quinta-feira (23), no Fórum do Barro Duro, às 13h. David e Paulo são acusados de matar Danilo Atila Rodrigues da Silva, em 2013, durante uma festa de “ressaca de carnaval” denominada “Bloco dos Amigos”, em Rio Largo.

De acordo com o Ministério Público, o crime teria sido uma vingança pela morte de uma pessoa identificada como Jefferson Lucas, assassinado dois meses antes. O acusado David Wagner admitiu ser o autor dos disparos de arma de fogo que mataram Danilo, mas alegou um motivo diferente.

Ao ser interrogado, David afirmou que vítima seria traficante e se irritou quando o acusado foi lhe pedir maconha pela quarta vez no mesmo dia, sem pagar pela droga. Danilo teria dado um tapa em David, que na sequência foi buscar um revólver e voltou para matar a vítima.

Já o réu Pedro Paulo, também em interrogatório durante a instrução do processo, afirmou que conhece David de vista, mas negou ter ajudado o autor dos disparos a fugir do local do crime, como diz a acusação.

]]>
<![CDATA[Especialistas alertam sobre perigos de comer carne estragada]]> Na última sexta-feira, 17, a operação Carne Fraca deflagrada pela Polícia Federal (PF), constatou que algumas tradicionais marcas do setor estão sendo investigados por irregularidades graves em suas produções, como carne vencida, armazenamento inadequado e uso de produtos cancerígenos em excesso, com objetivo de ocultar as características que impedem que o consumidor detecte algo errado, como mau cheiro, por exemplo.

Durante a operação a PF encontrou carnes vencidas há três meses e com armazenamento em temperaturas inadequadas e encontrou também absorção de água em frangos superior ao índice permitido pelas autoridades sanitárias brasileiras.

Ainda não há indícios que os produtos estejam sendo comercializados em Alagoas, pois a Vigilância Sanitária Municipal não recebeu nenhum comunicado do Ministério da Agricultura para fazer o recolhimento de produtos das marcas investigadas.  Enquanto isso, os produtos continuam nas prateleiras dos supermercados.

A nutricionista Alane Costa explicou que as carnes estão dentro do grupo de alimentos considerados potencialmente perigosos - aqueles que possuem alto teor de nutriente e alta atividade de água/umidade - o que favorece o crescimento de microrganismos, por isso, requer um efetivo controle de qualidade e da temperatura para que se mantenham próprias para consumo.

“Qualquer alteração nas condições de armazenamento e controle da temperatura favorece o crescimento de bactérias, como a Lysteria monocytogenes, que causa listeriose e pode provocar aborto em gestantes. O consumo de alimentos fora de um adequado padrão de qualidade coloca em risco a saúde do consumidor, podendo levar desde alterações neurológicas até mesmo ao óbito a depender da quantidade e tempo de consumo”, ressaltou a nutricionista.

A Veterinária Raquel Correia concorda que há riscos no consumo de carnes fora do prazo de validade e adulteradas com produtos químicos e opina sobre a Operação Carne Fraca.

“O risco ocorre sim, principalmente uso fora do prazo de validade, que pode causar infecções do trato intestinal. Tudo que for utilizado acima do permitido causa risco e deve ser investigado. Mas a minha opinião é o seguinte; essa história de irregularidades é colocada de forma midiática e com maior intensidade do que realmente é. É preciso investigar e só depois divulgar o que de fato aconteceu para não assustar a população. Nem tudo que a mídia  divulga é verídico”, opinou a veterinária.

Produtos de origem animal têm fiscalização de rotina

Técnicos da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) informaram que a entidade vem trabalhando para prevenir qualquer irregularidade nos produtos com o selo do Serviço de Inspeção Estadual de Produtos de Origem Animal (SIE) produzidos no Estado.

Em relação à Operação Carne Fraca da Polícia Federal (PF), os técnicos disseram que a entidade não está fazendo nenhuma ação porque não é competência da Adeal. E caso haja alguma demanda do Ministério da Agricultura ou da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para recolher os alimentos nos supermercados o pedido vai ser direcionando a Vigilância Municipal.

Além disso, ressaltaram que as pessoas devem ficar despreocupadas porque até o momento não há indícios de que carne produzida e/ou comercializada em Alagoas esteja sob suspeita e com alguma relação à operação da PF.

Os técnicos garantem que trabalham diariamente para combater eventuais irregularidades. Mas também não descartam que possa haver fabricação clandestinas.

Técnicos garantem que modo de controle é eficiente

Os técnicos também esclareceram que mesmo com a dimensão que a Operação Carne Fraca tomou com empresas de renomes envolvidas no escândalo o trabalho de fiscalização segue e é feito diariamente. “Fiscalização e inspeção são rotinas da nossa atividade em Alagoas. Todos os dias, fiscalizamos os estabelecimentos produtores de alimentos de origem animal, a fim de garantir a qualidade e a inocuidade dos produtos”, reforçam os agentes, atentando, ainda, para a importância de o consumidor observar os selos de inspeção dos órgãos estaduais, federais e municipais.

Os técnicos entendem o medo da população após a operação, mas informam que o Sistema de Inspeção/Fiscalização Sanitária brasileiro é o mais eficiente e respeitado do mundo. Tanto que só houve a operação após a denúncia de um fiscal agropecuário. “Trabalhamos rotineiramente para combater a fabricação de Produtos de Origem Animal (POA) clandestinos. Apesar de sermos uma equipe pequena, fiscalizamos alimentos como carne, leite, ovos pescados, mel e todos os derivados.

]]>
<![CDATA[Mais 20 municípios alagoanos são capacitados sobre qualidade da água para consumo]]> Mais 47 técnicos das Vigilâncias Sanitárias e Ambientais de 20 municípios alagoanos, responsáveis pela alimentação do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), participaram de uma capacitação, cujo objetivo foi garantir resultados que assegurem a qualidade da água, evitando riscos e agravos à saúde humana. O encontro aconteceu na Sala de Treinamento da Gerência Executiva de Tecnologia da Informação (Getin) da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

De acordo com a gerente de Vigilância em Saúde Ambiental da Sesau, Elisabeth Rocha, o curso apresentou os conceitos da vigilância da qualidade da água utilizados no sistema, bem como os passos para operacionalização do mesmo. Também foi evidenciado que o sistema está integrado ao Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), monitorado pelo Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL), responsável por analisar as amostras da água.

 

“O avanço que temos visto atualmente é que as análises automáticas inseridas pelo sistema de informação do Lacen têm evitado erros de digitação. No entanto, precisamos ainda da ação do técnico e, portanto, esse é um momento rico, na qual o trabalho integrado, desenvolvido pela Vigilância Epidemiológica, vai mostrar as questões das doenças, lembrando a eles, principalmente, que não é só fazer a coleta de água ou alimentar o sistema, mas, sim, assegurar a melhoria da integração do trabalho, uma vez que não será preciso digitar, tampouco imprimir laudos, pois as informações vão estar dentro do Gerenciador de Análises Laboratoriais, indo diretamente para o Sisagua”, destacou Elisabeth Rocha.

Ainda segundo Rocha, “o Sisagua possibilita aos gestores de Saúde, o acesso a informações relevantes sobre o monitoramento da qualidade da água para consumo humano. A partir da tomada desses dados, são realizadas ações integradas de prevenção para combater os agravos transmitidos pela água em cada município da região”. Fazem parte dessas ações, a coleta mensal de água para análise, a notificação e a inserção dos resultados analíticos no sistema, inclusive aqueles oriundos das empresas prestadoras de serviço.

Participaram da capacitação os representantes das cidades de Maceió, Pilar, Viçosa, Coruripe, Jequiá da Praia, Tanque D’Arca, Capela, São Brás, Olho D’Água Grande, Maravilha, Mar Vermelho e Barra de Santo Antônio. Também estiveram presentes ao treinamento os técnicos dos municípios de Piranhas, Estrela de Alagoas, Palmeira dos Índios, Palestina, Campo Grande, Monteirópolis, Olho D’Água das Flores e Lagoa da Canoa. Conforme a gerente de Vigilância em Saúde Ambiental da Sesau, a próxima ação ocorrerá no dia 4 de abril, totalizando, segundo ela, 80% dos municípios alagoanos capacitados.

Sobre o Sisagua

O Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua) é um instrumento do Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para consumo Humano (Vigiagua). Ele foi construído com base no referido programa e na portaria MS n° 2.914/2011, que tem como objetivo auxiliar o gerenciamento de riscos à saúde associados à qualidade da água destinada ao consumo humano.

O Sisagua armazena informações cadastrais sobre os sistemas e soluções alternativas de abastecimento de água para consumo humano, bem como sobre a qualidade da água proveniente de cada uma das formas cadastradas, inferida pelos prestadores do serviço (controle) e pelo setor saúde (vigilância). A entrada de dados é dividida, basicamente, em três partes: Cadastro, Controle e Vigilância.

]]>