Tecnologia

7 de Fevereiro de 2018 11:08

Aplicativo 99 promete correções nos próximos dias

Programa manda motorista para endereço errado e pede permissões além da conta

↑ 99 ganhou novo visual em janeiro (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

aplicativo 99 facilita a vida de quem busca um carro particular ou táxi. Para elevar a experiência dos usuários, em janeiro os criadores da plataforma fizeram uma grande atualização, com novas funcionalidades e visual renovado. Desde então, chovem críticas nas centrais de download do Android e do iPhone, bem como nas redes sociais.

Os clientes reclamam do sumiço de alguns recursos e a queda de desempenho de outros. Para esclarecer a questão, nós conversamos com João Costa, que lidera o desenvolvimento do produto. Ele respondeu as críticas e informou prazos para que as ferramentas voltem a funcionar normalmente. Confira nas linhas a seguir.

ENDEREÇO ERRADO

Talvez a principal reclamação dos usuários, o aplicativo 99 passou a errar mais quando um endereço é digitado. Ao escrever “Avenida Atlântica 75”, por exemplo, o carro poderia chegar ao mesmo endereço, mas no número 115.

Costa explica que o 99 mudou o algoritmo que processa as informações sobre números de residências e prédios. “Antes nós mapeávamos isso quase manualmente. Agora o processo é realizado por computadores”, explica. Ele conta que a equipe responsável pelos mapas digitais tem passado noites em claro para resolver o problema.

De acordo com o executivo, os frequentes erros devem acabar nos próximos dias.

PAGAMENTO COM DÉBITO

Consumidores de grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, perceberam o sumiço da opção de pagar a modalidade de táxi com cartão de débito. O encarregado de produto reconhece a falha e promete que o recurso irá voltar ao app em questão de dias, mas somente para as capitais acima citadas, além de Porto Alegre. Belo Horizonte ainda é uma dúvida.

Costa responsabiliza os motoristas de táxi pelo problema. Ele conta que cada profissional decide, no software dedicado a motoristas, se quer trabalhar com esta forma de pagamento, e que alguns dos associados liberavam o pagamento com máquina mesmo sem tê-la. “Estava prejudicando muito a experiência principalmente de clientes do Nordeste e Centro-Oeste”, diz ele sobre regiões que ficaram sem o recurso.

O incidente está relacionado com a junção dos aplicativos 99 e 99 Pop. Até então, os softwares coexistiam nas lojas do Google e da Apple. Com a mudança em janeiro, passaram a funcionar os apps oficialmente chamados de 99 (no eixo Rio-São Paulo) e Novo 99 (no restante do país).

Usuários fizeram reclamações em lojas de aplicativos (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

PERMISSÕES DEMAIS

Usuários também se queixaram da quantidade de permissões que o 99 solicita para funcionar corretamente nos smartphones. Desde a leitura das fotos na galeria do aparelho, até a consulta das mensagens de SMS, as solicitações causaram indignação em clientes.

“A gente nunca usa a informação por mal. O próprio sistema [Android ou iOS, no caso] exige estas permissões para gravar informações mínimas”, diz Costa. Ele cita como exemplo o acesso às fotografias, necessário para registrar a imagem de perfil do passageiro, que fica associada ao cadastro no app. “Queremos aumentar a segurança, e por isso incentivamos o envio das fotografias”, complementa.

Ele ressalta que o app 99 “pede quase todas as mesmas informações [do celular] que a Uber”, sinalizando que a conduta é a mesma entre os principais serviços de transporte do país.

Apesar de defender o caráter técnico de solicitar diversas permissões, o líder de produto promete uma revisão completa no código do aplicativo para cortar requisições desnecessárias.

A gerente de relações públicas Gladys de Paula reforça o compromisso da empresa com a transparência, o que faz exibir avisos sobre todas as permissões necessárias. Como exemplo pessoal, ela cita um aplicativo de controle de gastos que pede a senha do banco para funcionar por completo: “optei por não usá-lo”. Ela destaca que, no caso da 99, a maior parte dos usuários pede o carro com muita urgência.

Matéria atualizada às 16h05 de 22/2

Fonte: Techtudo / Thássius Veloso

Comentários

MAIS NO TH