Saúde

7 de junho de 2018 15:14

Assinada ordem de serviço para construção da UPA 24 horas do Tabuleiro

Serão investidos R$ 5,4 milhões; obra deve ficar pronta em 120 dias

↑ Solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da UPA 24 horas do Tabuleiro (Foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas)

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, assinaram, na manhã desta quinta-feira (07), a ordem de serviço para a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas do Tabuleiro do Martins. O equipamento é do tipo 3 e tem capacidade para atender até 10.500 pessoas por mês da parte alta de Maceió e região metropolitana do entorno.

Renan Filho recordou que quando iniciou a gestão, não havia nenhuma UPA em operação na capital alagoana; hoje existem duas Unidades em pleno funcionamento em Maceió e até o final do ano serão quatro.

Solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da UPA 24 horas do Tabuleiro (Foto: Márcio Ferreira)

Solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da UPA 24 horas do Tabuleiro (Foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas)

“A obra começa imediatamente, da mesma maneira que começou a da UPA do Jacintinho, que já está bem avançada. Essa Unidade de Pronto Atendimento do Tabuleiro, na parte alta de Maceió, será muito importante para que a gente atenda, aqui mesmo, as pessoas dessa região. Ela vai colaborar para desafogar o HGE (Hospital Geral do Estado) e melhorar a rede de saúde pública de Maceió”, explicou o governador.

A solenidade foi realizada em frente ao Ambulatório 24 Horas Assis Chateaubriand, na Avenida Durval de Góes Monteiro, Tabuleiro do Martins, local onde será construída a nova Unidade, orçada em R$ 5,4 milhões.

“O Governo do Estado tem trabalhado no sentido de fazer com que o cidadão alagoano tenha a certeza de que os impostos pagos estão, verdadeiramente, sendo revertidos em saúde pública de qualidade”, enfatizou o secretário de Estado da Saúde.

foto

Perspectiva da UPA do Tabuleiro do Martins (Imagem: Assessoria de Engenharia)

A previsão para conclusão da obra é de 120 dias, contados a partir do início da execução dos serviços. A unidade vai assegurar atendimento intermediário – entre a Atenção Básica e a Média e Alta Complexidade. O equipamento será custeado com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Fecoep).

A UPA do Tabuleiro do Martins será dividida em leitos de observação (15) e de urgência (4), nas áreas de clínica-geral, pediatria, ortopedia e odontologia. O equipamento vai dispor do serviço de classificação de risco, sala de nebulização, consultórios, sala de gesso, laboratório, exames de raios-x e eletrocardiograma.

Solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da UPA 24 horas do Tabuleiro (Foto: Márcio Ferreira)

Solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da UPA 24 horas do Tabuleiro (Foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas)

Renan Filho afirmou que a construção de mais duas UPAS – no Jacintinho e Tabuleiro do Martins – vai ampliar, ainda mais, a capacidade de atendimento de urgência e emergência da rede pública de saúde alagoana. Ele citou, ainda, a construção do Hospital da Mulher, prestes a ser concluído, e do Metropolitano, cuja entrega deve ocorrer em dezembro deste ano. O governador e o secretário de Saúde visitaram as obras de construção deste hospital, após a solenidade.

Atendimento

Durante o período de construção da UPA do Tabuleiro do Martins, o atendimento do Ambulatório 24h Assis Chateaubriand está assegurado e funcionará normalmente em um prédio localizado próximo ao ambulatório, também na Avenida Durval de Góes Monteiro, ao lado do Banco Bradesco, na Bomba do Gonzaga.

Já os servidores que trabalham no Assis Chateaubriand serão deslocados, durante a reforma, para atuar na unidade onde os serviços do ambulatório serão disponibilizados. Com a conclusão da obra, eles irão migrar para a nova UPA, sem nenhum prejuízo, informa a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

A solenidade de assinatura da ordem de serviço reuniu os deputados estaduais Galba Novaes, Carimbão Júnior, Ronaldo Medeiros e Dudu Holanda; os vereadores por Maceió: Silvânio Barbosa, Silvio Camelo e Chico Filho; além do diretor-presidente do Procon Alagoas, Galba Neto; o reitor da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Henrique Costa, lideranças comunitárias e moradores da região.

Fonte: Agência Alagoas / Texto: Severino Carvalho

Comentários

MAIS NO TH