Saúde

6 de junho de 2018 16:48

Alagoas recebe Seminário de Saúde e Tecnologia

Itec trouxe grandes nomes da saúde pública do Brasil e do mundo

↑ Seminário aconteceu durante os dois horários com palestras e oficinas (Foto: Assessoria do Itec)

O Campus Veterinária do Centro de Estudos Superiores de Maceió (Cesmac), em Marechal Deodoro, foi palco, nesta quarta-feira (6), do Seminário Saúde e Tecnologia, teve como pauta principal o papel e uso da tecnologia da informação e comunicação para uma saúde pública de qualidade.

O Instituto de Tecnologia em Informática e informação (Itec) foi um dos organizadores e trouxe nomes como Michael Kapps, economista de Havard, consultor do Vale do Silício nos Estados Unidos e profundo conhecedor do sistema de saúde em mais de trinta países.

O evento teve como subtítulo “inovação e ferramentas práticas para ajudar a vencer os desafios na atenção primária”, em consonância com a palestra “saúde integrada – vantagens do prontuário único na rede SUS”, ministrada pelo mestre em gestão de negócios e diretor executivo da Salux Informática em Saúde, Fabrício Alvini.

“Esse tipo de evento, que envolve empresas, universidades e setor público é bem interessante e eu fico muito feliz com a iniciativa do Governo de Alagoas e da Prefeitura de Marechal Deodoro. O tema da minha palestra fala sobre prontuário eletrônico e abrange a necessidade de um repositório único de informações para que não se repitam exames, consultas, trazendo mais eficiência, racionalização dos usos e recursos através da TI, agilizando o atendimento de pacientes, diminuindo seus sofrimentos e danos e salvando vidas” explicou o palestrante.

Para o diretor presidente do Itec, Luciano dos Santos Júnior, a realização do Seminário é algo inédito no estado de Alagoas e provavelmente no Nordeste e no País. “O Estado tem priorizado a tecnologia justamente porque investir nessa área é obter redução de custos e ampliação de serviços. O Itec empenhou-se nesse evento juntamente com a Secretaria de Saúde de Marechal Deodoro, primeiro porque a mesma já tem vários outros projetos e ferramentas de tecnologia rodando e visa ampliar isso e também porque nós temos toda parte da prova de conceito de inteligência artificial que será implantada em projeto piloto primeiro nesse município, uma vez que ele já cumpriu as outras etapas da implantação de tecnologia. Esse é o principal objetivo deste evento, transformar Alagoas, através de Marechal Deodoro, no primeiro município com um grau de informatização excelente na saúde” informou o presidente do Itec.

O Seminário aconteceu durante os dois horários, e no período da tarde o Itec ministrou a oficina intitulada “A nova revolução da saúde: auxílio ao diagnóstico através da computação cognitiva” onde foram apresentadas as soluções da IBM nas quais o Instituto está trabalhando, como também foram testadas soluções do Google, já utilizadas em outras partes do mundo, apresentando excelentes resultados.

Além do Itec, também foram organizadores o Grand Challenges Canadá, a Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal), a Prefeitura de Marechal Deodoro e Talentos da Saúde da Fundação Lemann.

Fonte: Agência Alagoas / Texto: Isaac Moraes

Comentários

MAIS NO TH