• Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • Twitter

Política

12 de janeiro de 2018 07:47

Prefeituras seguem rotina de demissões

Na quinta-feira, mais uma gestão municipal exonerou comissionados; associação diz que 2018 é ano de cautela

↑ Hugo Wanderley lembra que os prefeitos que não fizerem caixa correm o risco de não chegar em 2018 com a gestão em dia com recursos (Foto: Sandro Lima)

A prefeita de Igreja Nova, Vera Dantas (MDB), emitiu decreto exonerando todos os comissionados do Município. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (11) e, além das demissões, ela também pôs fim a todas as gratificações pagas pela Prefeitura. Num levantamento feito pela reportagem, ao menos 12 prefeituras adotaram medidas semelhantes, mas esse número deve crescer em 2018. Para o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley, o ano é de cautela.

“A gente vive momento de alta instabilidade política e financeira e o cenário não clareou. E ano eleitoral piora a situação. Obras, por exemplo, a maioria é do Governo Federal e se foram empenhadas, precisam começar até março. Senão, só depois do processo eleitoral. Quem não fizer um caixa de segurança, talvez não chegue ao final de 2018”, comenta Hugo Wanderley.

O Governo Federal vem anunciando que a economia no país tem apresentado melhoras, mas ao que parece, os municípios alagoanos devem passar 2018 no aperto. Essa é a avaliação do presidente da AMA.

“Essa propagação de que o cenário está melhorando não se reflete na vida das pessoas, nem nas prefeituras. Eles falam que a inflação caiu, mas veja, o pobre gasta mais com gás, energia e alimentação e transporte. O gás estourou, está mais de 80 reais. A inflação caiu por falta de poder de compra. Tem muito desemprego e falta de dinheiro. A arrecadação está baixa. E fora tudo isso, tem a incerteza política”, diz Hugo Wanderley.

Os demais municípios alagoanos que adotaram a demissão de comissionados – ou fim de prestação de serviços ou contratos – foram: Paulo Jacinto; União dos Palmares; Delmiro Gouveia; Belém; Santa Luzia do Norte; Japaratinga; Atalaia; Barra de São Miguel; Campo Alegre; Satuba; e Cacimbinhas, cujo prefeito é Hugo Wanderley.

Fonte: Tribuna Independente / Carlos Amaral