Política

6 de dezembro de 2017 17:12

TCU manda embaixador do Brasil na República Checa devolver salários que recebeu da UnB

Auditoria do tribunal apontou que embaixador Márcio Florêncio Nunes Cambraia recebe salário da universidade desde 1985, sem trabalhar

↑ Registro de Márcio Florêncio Nunes Cambraia nas duas funções (Foto: Portal da Transparência)

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou nesta quarta-feira (6) que o embaixador do Brasil em Praga, Márcio Florêncio Nunes Cambraia, devolva todos os salários que recebeu da Universidade de Brasília desde 1985.

Uma auditoria do TCU apontou que o embaixador recebe salários da UnB, sem trabalhar para isso. “É impossível que um funcionário público não percebesse, ao olhar a sua conta, que estava recebendo verbas indevidas”, afirmou o relator do processo Walton Alencar.

O G1 fez contato com o Itamaraty e a embaixada em Praga, e aguardava resposta até a última atualização da reportagem.

Comentários