Mundo

14 de fevereiro de 2018 18:49

Jacob Zuma renuncia à presidência da África do Sul

Anúncio aconteceu nesta quarta em discurso pela TV, no qual o agora ex-presidente destacou a importância de respeitar a Constituição do país

1bk3qdk2et 9cn1cwc49d file - Jacob Zuma renuncia à presidência da África do Sul
↑ Presidente da África do Sul anuncia sua renúncia (Foto: Reprodução)

O presidente Jacob Zuma, da África do Sul, renunciou ao cargo nesta quarta-feira (14), anunciando a decisão em discurso pela TV para toda a nação.

Ele fez o anúncio após ser pressionado pelo seu partido, o Congresso Nacional Africano, a deixar o cargo, abalado por acusações de que usou dinheiro federal para financiar obra particular.

— Eu renuncio como presidente da República, com efeito imediato.

O anúncio ocorreu apesar da sua recusa inicial de renunciar, mesmo em face deste voto de desconfiança apoiado por seu próprio partido.

A Corte Constitucional do país já havia determinado a instauração de um processo de impeachment, em dezembro último, após o Parlamento rejeitar as acusações contra o então presidente.

Em seu discurso, Zuma, que havia assumido o cargo em 2009, enfatizou que a decisão não ocorreu por medo de sofrer um processo do Legislativo.

— Não temo nenhuma moção de falta de confiança ou impeachment. São mecanismos legais para as pessoas deste grande país caso necessitem remover seu presidente. Servi o povo da África do Sul com o melhor da minha capacidade. Sou eternamente grato por confiarem em mim com o mais alto posto desta nação. Mas entendi que tinha de submeter-me à lei suprema desta terra, a Constituição.

Fonte: R7

Comentários

MAIS NO TH