Mundo

9 de Fevereiro de 2018 23:31

Presos na Síria dois últimos integrantes dos ‘Beatles’ do Daesh

'Beatles' eram quatro terroristas que sequestravam e torturavam pessoas

↑ Foto: Reprodução
As autoridades americanas confirmaram nesta sexta-feira (9) que os londrinos Alexanda Kotey e El Shafee Elsheikh foram presos por membros de uma milícia curda no norte da Síria. Eles eram os dois últimos integrantes de um grupo de tortura do Daesh que ficou conhecido como ‘Beatles’.

Os terroristas ganharam esse apelido por conta do sotaque britânico. Os outros dois participantes da equipe são Mohammed Emwazi, conhecido como “Jihadista John”, e Aine Davis.

Emwanzi foi morto em um ataque aéreo em 2015. Já Davis está preso na Turquia, após receber uma sentença de sete anos e meio de prisão por fazer parte de um grupo terrorista. Davis nega ter feito parte do Daesh.

O grupo é responsável por manter 27 pessoas como reféns e ter torturado outras incontáveis vítimas.

As técnicas de tortura utilizadas por eles incluía choques elétricos e simulação de afogamento.

Segundo as autoridades, Kotey também recrutava pessoas no Reino Unido que viriam a se juntar às fileiras do Daesh.

Eles estavam tentando fugir atravessando a fronteira com a Turquia quando foram parados pelos membros da milícia curda e soldados dos Estados Unidos no início de janeiro.

Fonte: R7, com agências

Comentários

MAIS NO TH