Mundo

8 de Fevereiro de 2018 17:19

Em defesa de imigrantes, líder democrata fala durante 8 horas seguidas

Nancy Pelosi bateu recorde de mais longo discurso ininterrupto já registrado na Câmara dos EUA

↑ A líder democrata da Câmara, Nancy Pelosi, fala a jornalistas depois de discursar durante oito horas, na quarta-feira (7) (Foto: Alex Wong / AFP)

A líder dos democratas na Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, bateu um recorde ao passar oito horas ininterruptas discursando, na esperança de pressionar os republicanos a permitir uma votação que proteja os imigrantes conhecidos como “dreamers” – e para demostrar aos cada vez mais irritados ativistas que ela fez tudo que podia.

Usando sapatos com saltos de 10 centímetros e dispensando intervalos, Pelosi, de 77 anos, passou grande parte desse período, na quarta-feira (7), lendo cartas pessoais dos jovens imigrantes cujas proteções temporárias contra deportações irão expirar no próximo mês.

A democrata da Califórnia citou a Bíblia e o Papa Francisca, enquanto outros democratas se revezavam sentados atrás dela, demonstrado apoio. O historiador da Câmara disse que esse foi o mais longo discurso sem intervalos já registrado.

“Vejam, essas pessoas estão sendo deportadas”, disse Pelosi por volta da sexta hora. “Podemos fazer algo hoje para pelo menos consertar as coisas para as crianças”.

Suas observações pareciam destinadas em parte à ala liberal de seu próprio partido, que se agitou enquanto senadores democratas fechavam um acordo com republicanos que poderia rapidamente roubar a atenção por trás dos esforços para resolver a questão dos “dreamers”.

O acordo sobre orçamento não traz nenhuma referência à renovação do programa de Ação Diferida para Chegadas na Infância (Daca), criado no governo Obama, que temporariamente protege os sonhadores (dreamers) – centenas de milhares de imigrantes trazidos ao país quando crianças e que vivem ali ilegalmente – de deportação. O presidente Donald Trump anunciou o cancelamento do Daca.

Pelosi disse que se oporia ao acordo sobre o orçamento, a não ser que líderes republicanos concordassem em agendar uma votação na Câmara sobre ajuda aos dreamers.

O desempenho de Pelosi não teve impacto imediato sobre os líderes republicanos, que não marcaram uma votação sobre o assunto. AshLee Strong, porta-voz do presidente da Câmara, Paul Ryan, disse que ele “já disse repetidamente que pretendemos fazer uma lei sobre o Daca e imigração – uma que o presidente apoie”.

Recorde

Pelosi começou a falar por volta das 10 horas e deixou o microfone às 18h11. Ao final, sua voz estava trêmula, algumas palavras falhavam e ela fazia ruído ao respirar.

Em determinado ponto ela se interrompeu para ler um recado do historiador da Câmara, avisando que tinha conquistado o título de discurso contínuo mais longo, batendo o do deputado Champ Clark, que falou sobre reforma tarifária durante cinco horas e 15 minutos em 1909. No Senado, onde discursos inacreditavelmente longos são mais comuns, o senador da Carolina do Sul Strom Thurmond falou contra a Lei de Direitos Civis de 1957 por 24 horas e 18 minutos.

Quando Pelosi terminou, cerca de 50 democratas responderam aplaudindo de pé, trocando abraços e beijos. O lado republicano da Câmara estava praticamente vazio.

Fonte: AP e G1

Comentários

MAIS NO TH