Mundo

7 de dezembro de 2017 12:03

Bitcoin cresce 9% em um dia e bate novo recorde: US$ 15 mil

Valorização foi de 9% em menos de 24 horas; Ee mercados brasileiros, é possível encontrar a moeda custando R$ 52 mil

↑ (Foto: Pexels)

Um dia após chegar a US$ 13 mil, batendo seu recorde histórico, o valor em dólar da bitcoin voltou a surpreender nesta quinta-feira, 6. A criptomoeda começou o dia valendo US$ 15 mil pela primeira vez, de acordo com o monitoramento em tempo real feito pelo CoinDesk.

A valorização foi de 9% em menos de 24 horas. Em mercados brasileiros, é possível encontrar a moeda custando R$ 52 mil. Horas depois de bater o recorde, o valor diminuiu um pouco e chegou a US$ 14 mil, mas não foi abaixo dos US$ 13 mil em momento algum desde o início do dia.

O crescimento de mais de 900% em um ano fez com que, nesta quarta, o valor total das bitcoins disponíveis no mundo chegasse a US$ 250 bilhões. Apesar dos números impressionantes, os riscos de que a bolha estoure a qualquer momento têm feito muita gente se afastar da moeda.

O Steam, por exemplo, deixou de aceitar pagamentos em bitcoins nesta semana. Ninguém mais pode comprar jogos de PC pela plataforma usando a criptomoeda. Segundo a Valve, a decisão tem a ver com as altas tarifas nas transações do tipo e a volatilidade da bitcoin, que pode despencar em um dia e disparar novamente em outro.

Isto aconteceu recentemente, aliás. No último dia 29 de novembro, o valor da moeda despencou 20% apenas horas depois de bater um novo recorde. Há quem diga que a bitcoin é uma bolha prestes a estourar, e há quem acredite que o valor da moeda ainda vai subir muito antes de despencar vertiginosamente. Quem está certo, porém, ninguém sabe.

Fonte: Olhar Digital / Lucas Carvalho