Interior

11 de novembro de 2017 21:05 / Por: Tribuna Hoje

Ordem de Serviço do Cisp da Rota Ecológica será assinada segunda-feira

Governador Renan Filho, prefeito de São Miguel dos Milagres Bureco Ataíde e autoridades locais estarão presentes

↑ Terreno que abrigará o Cisp tem serviço de limpeza iniciado (Foto: Claudio Bulgarelli)

O Centro Integrado de Segurança Pública da Rota Ecológica, que será instalado em São Miguel dos Milagres, enfim está se transformando em realidade. Lançado em maio desse ano, com o objetivo de reduzir os índices de violência da região e aumentar a segurança da população, terá sua ordem de serviço assinada nesta segunda feira (13), em São Miguel dos Milagres, pelo governador Renan Filho, com presença do prefeito Bureco Ataíde e autoridades locais.

Para as autoridades de segurança pública onde os Cisps são instalados, os índices de violência caem vertiginosamente. Os Centros congregam em um mesmo ambiente os efetivos e o trabalho conjunto das polícias Civil e Militar, muitas vezes triplicando o efetivo existente e o número de viaturas disponíveis.

Para o prefeito Bureco Ataide a chegada do Cisp é a melhor resposta para que a população tenha sensação de segurança e proteção.

A Amitus, Associação Milagrense de Turismo Sustentável, que há dois anos vem lutando pela chegada do Cisp, inclusive com realização de audiências públicas, comemora, sobretudo com a possibilidade da chegada da alta temporada.

Os hoteleiros, que viram com preocupação o aumento da violência nos últimos anos acreditam que o Cisp vá trazer o retorno da normalidade para a população, o que aumenta também a sensação de segurança para o turista que visita a Rota Ecológica, já que existe inclusive a possibilidade de que o Cisp seja entregue até o fim do ano, devido à facilidade de sua instalação, com blocos pré-moldados.

Em São Luís do Quitunde, onde outro Cisp será inaugurado em breve, a sensação de segurança já é uma realidade. “São Luís do Quitunde sempre foi uma cidade muito violenta, onde existem áreas críticas, a exemplo da Subestação e do Alto do Redentor, onde lamentavelmente o tráfico de drogas se instalou. Só em dizer que foi construído esse prédio aqui, a violência já começou a cair. A população está com uma expectativa muito grande para que seja inaugurado e assim dar mais tranquilidade à sociedade”, observou Cícero Cavalcante, pai da prefeita Fernanda Cavalcante.

Fonte: Tribuna Independente / Claudio Bulgarelli - Sucursal Litoral Norte