Esporte

7 de dezembro de 2017 11:53

Messi revela: ‘Me dei conta que às vezes é melhor não jogar’

Camisa 10 blaugrana ainda falou sobre as duras críticas recebidas quando suas atuações não estão no nível em que o público está acostumado a ver

↑ Lionel Messi no banco de reservas antes de Barcelona x Sporting (Foto: Josep Lago/AFP)

Lionel Messi parece estar entrando em uma nova fase de sua carreira. Em entrevista ao canal argentino ‘TyC Sports’, o craque do Barcelona falou sobre entender como se poupar durante a temporada, assim como Cristiano Ronaldo, seu principal rival na briga por títulos individuais e também em seus respectivos clubes, já faz.

“Entendi que o ano é longo, que há momentos na temporada que são mais duros que outros porque vão passando os anos e hoje o corpo sente por jogar muitas partidas. Me dei conta que não jogar às vezes é o melhor.”

O camisa 10 blaugrana ainda falou sobre as duras críticas recebidas quando suas atuações não estão no nível em que o público está acostumado a ver.

“As críticas passaram do normal e entraram no extra futebolístico. A amargura que sentimos é porque sabemos o que nos espera se vamos mal. As pessoas querem resultados e se não vemos isso, querem caras novas. Nós nos sentimos assim.”

Além disso, o craque aproveitou para alfinetar a situação da seleção argentina e as reclamações que os jogadores recebem com os maus resultados.

“Se vamos mal nesse Mundial, todos temos que desaparecer da seleção. Vai ser muito complicado que alguém continue. É o que eu digo, nós nos sentimos assim e é algo que já viemos pensando, não é algo de agora. Desde a Copa América que perdemos, de toda essa Eliminatórias. É o que te digo, tudo passa pelos resultados.”

Para completar, Messi ainda deu uma declaração um tanto inusitada sobre seus filhos. O cinco vezes melhor do mundo descreveu a personalidade distinta dos irmãos Thiago e Mateo de forma surpreendente e bem-humorada.

“Thiago gosta de carros, motos, gosta de futebol, mas até aí… Joga um pouquinho e se cansa. Mateo é terrível, uma figura. São muito diferentes. Thiago é um fenômeno, mais bonzinho e o outro é um contrário, um filho da… É lindo ver o quão diferente eles são.”

Nesta quinta (07), a Revista France Football revelará pela primeira vez em uma cerimônia na Torre Eiffel quem será o campeão da Bola de Ouro 2017, que ocorrerá às 16h45 (horário de Brasília). Messi é um dos candidatos, mas as fortes apostas vão para Cristiano Ronaldo.

Fonte: Esporte Interativo