Esporte

11 de novembro de 2017 19:43 / Por: Tribuna Hoje

Londrina faz gol nos acréscimos, vence e rebaixa o Náutico para a Série C

Germano, de pênalti, garante a vitória do Tubarão sobre o Timbu, por 2 a 1, na Arena Pernambuco

↑ Londrina segue sonhando com o acesso (Foto: Gazeta Press)

O calvário chegou ao fim – de forma melancólica. Depois de sofrer durante toda a Série B, o Náutico perdeu para o Londrina por 2 a 1, na Arena de Pernambuco, e está matematicamente rebaixado à Série C do Campeonato Brasileiro. Com três rodadas de antecedência. O Tubarão saiu na frente com Carlos Henrique, o Timbu empatou com Aislan – mas, no final, Germano decretou o triunfo dos visitantes de pênalti.

Com a vitória, o Londrina fica a quatro pontos do quarto colocado. O próximo jogo da equipe é contra o Guarani, no estádio do Café, na terça-feira, às 19h15. O Náutico entra em campo no mesmo dia e horário para pegar o Criciúma, no Heriberto Hülse, apenas para cumprir tabela.

Mesmo com o ânimo abalado pela má campanha e pela iminência do rebaixamento, o Náutico lutou durante o jogo. E criou mais chances que o Londrina na primeira etapa. O problema foi a falta de pontaria. O atacante William Batoré, principalmente, desperdiçou algumas boas chances e parou várias vezes no goleiro César. Sem tanta inspiração, o Londrina também chegou. E foi mais eficiente. Na primeira, acertou a trave direita de Jefferson. Na segunda, Carlos Henrique não perdoou e colocou os visitantes na frente.

Na segunda etapa, Roberto Fernandes mexeu no Náutico. Colocou Bruno Mota no lugar de William e Gerônimo na de Cal Rodrigues. Deu certo. O Náutico melhorou, teve mais posse de bola e começou a incomodar o Londrina. Com cinco minutos, Aislan bateu falta com muita categoria e empatou.

No restante do tempo, as duas equipes procuraram o gol de desempate. O Náutico até esteve perto de fazer, mas quem conseguiu foi o Londrina, com pênalti convertido por Germano no final da partida.

Fonte: Globo Esporte / Rômulo Alcoforado