Esporte

11 de novembro de 2017 21:15 / Por: Tribuna Hoje

Brasil de Pelotas vence o Paysandu e se afasta do rebaixamento

Há três rodadas do fim, ambos ficam com 45 pontos, cinco acima do Luverdense, que é o 17º colocado

↑ Vitória gaúcha ocorreu em plena Curuzu (Foto: Fernando Torres / Paysandu)

Paysandu e Brasil de Pelotas travaram um duelo direto na tabela pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro durante a noite deste sábado. No Estádio da Curuzu, o time do Rio Grande do Sul ganhou por 3 a 2 e subiu na classificação do torneio nacional.

Com 45 pontos ganhos, o Brasil assume o 10º lugar. O Paysandu tem a mesma pontuação, mas perde do adversário gaúcho pelo número de vitórias (13 a 12) e fica em 11º. A três rodadas do final, o CRB, primeiro time fora da zona de rebaixamento, contabiliza 42 pontos.

Pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, às 20h30 (de Brasília) de terça-feira, o Brasil volta a campo para enfrentar o já rebaixado ABC, no Estádio Bento de Freitas. No mesmo dia, às 21h30, o Paysandu encara o Ceará, na briga pelo acesso, no Castelão.

O time visitante conseguiu inaugurar o marcador em Belém aos 23 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Ednei levantou na área. A bola não tocou em ninguém, o goleiro Emerson falhou na tentativa de defender e ela morreu nas redes.

O Paysandu chegou ao empate no último minuto do tempo regulamentar, também em jogada de parada. Em cobrança de falta pelo lado direito, Guilherme Santos cruzou para a área. Bergson desviou de cabeça para empatar o jogo para o time da casa e festejou dançando.

A equipe gaúcha recuperou a vantagem no marcador aos 13 minutos da etapa complementar. Em jogada pelo lado direito, Misael foi até o fundo e cruzou rasteiro. Cassiano chegou antes da marcação e marcou o segundo gol do Brasil de Pelotas no Pará.

Parte dos refletores do Estádio da Curuzu apagou repentinamente, o que deixou o jogo paralisado por 15 minutos, a partir dos 30 do segundo tempo. Logo após o recomeço do jogo, João Afonso bateu de fora da área, a bola desviou em Perema e sobrou para conclusão certeira de Cassiano.

O Paysandu conseguiu diminuir a vantagem do Brasil aos 59 minutos do segundo tempo. Após cruzamento vindo da direita, Juninho completou com sucesso diante de de Carlos Eduardo, que substituiu Marcelo Pitol no intervalo. O time local ainda tentou pressionar em busca do empate, sem sucesso.

FICHA TÉCNICA
PAYSANDU 2 x 3 BRASIL-RS

Local: Estádio Leônidas Sodré de Castro (Curuzu), em Belém (PA)
Data: 11 de novembro de 2017, sexta-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Cartões amarelos: Ednei, Lincom (BRP)
Gols:
PAYSANDU: Bergson, aos 45 minutos do 1º Tempo, e Juninho, aos 59 minutos do 2º Tempo
BRASIL-RS: Ednei, aos 23 minutos do 1º Tempo, e Cassiano, aos 13 e aos 46 minutos do 2º Tempo

PAYSANDU: Emerson; Ayrton, Pereira, Diego Ivo (Rafael Dumas) e Guilherme Santos; Renato Augusto, Augusto Recife, Rodrigo Andrade (Juninho) e Diogo Oliveira (Magno); Caion e Bergson
Técnico: Marquinhos Santos

BRASIL-RS: Marcelo Pitol (Carlos Eduardo); Ednei, Leandro Camilo, Teco e Breno; Leandro Leite, Itaqui (João Afonso) e Misael; Cassiano, Lincom e Calysson (Aloísio)
Técnico: Clemer.