Entretenimento

14 de junho de 2018 10:26

Primeiro filme de Kevin Spacey após escândalos ganha trailer

No filme, Spacey interpreta Ron Levin, que enganou um grupo de jovens para entrarem em um esquema Ponzi em 1984 e acabou assassinado

↑ Foto: Divulgação

Kevin Spacey voltará ao cinema – pelo menos mais uma vez – já que os executivos do estúdio optaram por manter o vencedor do Oscar no próximo filme ‘Billionaire Boys Club’. E esse não é um papel pequeno, com Spacey recebendo destaque no trailer recém-lançado do filme (que tem estreia prevista para agosto deste ano nos cinemas americanos).

É um retorno repentino para Spacey apenas nove meses depois que ele foi acusado de estupro e abuso sexual por vários jovens, incluindo o ator Anthony Rapp. Spacey negou essas alegações e conseguiu evitar a atenção do público desde que se escondeu no Arizona no ano passado.

No filme, Spacey interpreta Ron Levin, um artista homossexual que enganou um grupo de jovens para entrarem em um esquema Ponzi em 1984, um movimento que eventualmente levou ao seu assassinato. Seu assassino no filme será interpretado por Ansel Elgort, co-protagonista de ‘Em Ritmo de Fuga’. O corpo de Levin nunca foi descoberto, levando alguns a acreditar que ele ainda poderia estar vivo.

De acordo com o Daily Mail, a distribuidora de filmes Vertical Entertainment tomou a decisão de manter Spacey no filme, apesar de outros estúdios terem tirado ele de filmes no ano passado, como por exemplo ‘Todo o Dinheiro do Mundo’, no qual foi substituído por Christopher Plummer mesmo após o filme ter sido todo gravado. Os produtores da série ‘House of Cards’ também optaram por remover Spacey da última temporada e o filme ‘Gore’ foi engavetado depois de pronto por causa das acusações contra o ator.

O incidente que estimulou tudo isso supostamente ocorreu no apartamento de Spacey em 1986, quando o ator convidou Anthony Rapp, na época com 14 anos, para uma festa enquanto os dois estavam em um espetáculo na Broadway. Em uma entrevista ao Buzzfeed, Rapp disse que se viu sozinho no apartamento no final da noite e que Spacey começou a assediá-lo. “Ele me pegou como um noivo pega a noiva. Mas eu não me afastei inicialmente, porque pensei tipo ‘O que está acontecendo?’. E então ele se deitou em cima de mim”, disse Rapp, que detalhou ter sido pressionado na cama antes de conseguir se contorcer e finalmente sair da casa sem ser abusado por Spacey.

Kevin Spacey tomou a decisão de sair do armário em uma declaração pedindo desculpas ao ator Anthony Rapp, mesmo alegando não se lembrar do ocorrido.

Fonte: Globo/Monet

Comentários

MAIS NO TH