Entretenimento

16 de Abril de 2018 10:07

Lucrécia volta a Montemor e enfrenta Catarina

↑ Foto: Divulgação/TVGlobo

Lucrécia (Tatá Werneck) voltará a Montemor e ficará de frente com Catarina em Deus Salve o Rei. A jovem convencerá a madre a fazer a quermesse anual do convento no reino.

O rei ficará chocado com o retorno da ex. “Apesar de já ter conhecimento desta união, é muito mais degradante quando comprovo com meus próprios olhos”, falará ela. “Confesso que a imagem que tenho diante de mim é também um tanto inusitada. Mesmo já sabendo sobre seu destino”, declarará Catarina.

 

“Eu estava certa quando desconfiava de vocês dois. Meu instinto nunca falhou”, rebaterá Lucrécia. “Lucrécia, eu lamento, mas minha intenção nunca foi trair você”, comentará Rodolfo. “Claro que foi, Rodolfo. Você sabia muito bem o que estava fazendo quando ia visitar-me em meu quarto”, retrucará a rainha.

Catarina olhará com desdém para Lucrécia e alfinetará. “Quem diria, Lucrécia… Uma rainha antes vestida com os mais belos vestidos, e agora usa apenas este humilde hábito. Aliás, essa cor não lhe caiu muito bem”, dirá. “Você também não fica bem de verde, Catarina”, responderá a freira.

“Mas meu vestido não é verde”, estranhará a rainha. “Mas será após eu jogar essa sopa de ervilha em cima de você!”, bradará Lucrécia, que será contida por Latrine (Júlia Guerra), como informa o Notícias da TV.

“Vem aqui, demônio dos infernos! Você vai pagar caro por ter roubado meu marido”, gritará a personagem de Tatá. “Vocês duas, acalmem-se! Catarina! Por favor, não provoque a Lucrécia”, ponderará Rodolfo.

Lucrécia respirará fundo, largará a sopa e voltará ao ar celestial. “Perdão. Por um instante a paz e a temperança se ausentaram de meu coração. Mas agora estou bem”, informará a ex-rainha.

Para amenizar a situação, Rodolfo convidará Lucrécia para se sentar à mesa com o casal, contudo ela recusará. “Não me sento à mesa com almas pecadoras, neste castelo que virou uma antessala do inferno. Já sinto até um forte cheiro de enxofre no ar. Vim cuidar de negócios”, anunciará ela.

“Ora vejam! Além de serva de Deus, a noviça também é vendedora. E o que veio nos oferecer?”, questionará Catarina. “Paz na terra aos homens de boa vontade. E também às mulheres, claro. Mas você não. Vamos realizar uma quermesse em Montemor para levantar fundos para o nosso convento. As almas caridosas que doarem terão garantido seu lugar no reino dos céus. E eu sei muito bem que dinheiro é o que não falta a Montemor”, falará ela.

“Tem razão. E eu, que também sou um homem de Deus, farei ao seu convento uma boa doação. Não neste momento, pois, como pode ver, estou no meio de meu desjejum. Mas, pode contar com uma doação substancial em breve”, garantirá o rei.

“Ótimo. Não há pressa. Permanecerei na cidade durante a quermesse. Eu voltarei outras vezes”, encerrará Lucrécia.

Fonte: TVFoco

Comentários

MAIS NO TH