Educação

28 de dezembro de 2017 09:49

Curso inédito da FAAP reúne universidades de quatro países

Iniciativa promoverá debates simultâneos entre instituições de ensino do Brasil, Estados Unidos, África do Sul e França

A área de Relações Internacionais da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) está com inscrições abertas para um programa inédito no mundo, The Global Classroom: Política Internacional Contemporânea, que será realizado simultaneamente em universidades de três continentes. Além da chancela da FAAP, no Brasil, o curso conta com a participação da University of Akron (Estados Unidos), University of Pretoria (África do Sul) e Le Mans Université (França).

“Nosso objetivo é discutir temas da política internacional a partir de diferentes perspectivas, tradições e complexidades políticas, sociais, culturais e econômicas dos países que integram o programa”, afirma a coordenadora do curso de Relações Internacionais da FAAP, Fernanda Magnotta.

Com carga horária de 42 horas-aula, o curso será realizado todo em inglês, sempre às terças-feiras, a partir do dia 6 de fevereiro, com término previsto para 8 de maio. A participação é presencial e a interação com as outras universidades será realizada por videoconferência. Ao final do programa, os participantes receberão um certificado assinado pelas quatro instituições de ensino.

A cada semana, uma das universidades participantes será responsável por conduzir a sessão. A aula será dividida em duas etapas – recapitulação e discussão dos principais acontecimentos da semana e entrevista de um convidado, que poderá responder perguntas e interagir com estudantes de todos os países.

Global Classroom é mais uma iniciativa dentro de um amplo programa de internacionalização iniciado há 15 anos pela FAAP. A Fundação possui convênios com mais de 380 universidades de 50 países em cinco continentes, que hoje permite o intercâmbio de alunos no exterior e estrangeiros no Brasil. A instituição ainda é sede de uma unidade do Instituto Confúcio, organização sem fins lucrativos, cujo objetivo é promover a língua e a cultura chinesa com foco em negócios.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH