Educação

27 de dezembro de 2017 09:26

Férias podem ser uma oportunidade para colocar os estudos em dia

De olho em concursos, vestibulares e provas importantes, alunos aproveitam o período para focar em aulas e cursos extras

↑ Ilustração

A preparação para concursos públicos, vestibulares e outros exames que podem definir o futuro profissional nem sempre é uma tarefa fácil e, muitas vezes, acaba tomando conta de feriados, férias e até finais de semana. Mas, isso pode ser algo bastante positivo. Para sair na frente em relação a outros candidatos, diversos estudantes aproveitam as férias de final de ano para colocar os estudos em dia e se matricular em cursos complementares e aulas extras. Pensando nisso, o CERS – maior rede de cursos preparatórios para carreiras jurídicas, OAB e concursos – está com inscrições abertas para a campanha Cursos Completos 2018.

Ao todo, estão sendo oferecidos 29 cursos preparatórios para concursos nos segmentos jurídico, tribunais, policial e de cartórios, além de combos especiais que incluem matérias complementares, para estudantes interessados em antecipar os estudos durante as férias. Até o dia 31 de dezembro, os interessados ainda ganham 40% de desconto nas matrículas pelo site.

Para o presidente do Grupo CERS, Renato Saraiva, esta é uma oportunidade para quem pretende antecipar a preparação para os certames previstos para 2018. “A vida de concurseiro requer dedicação aos estudos e, nada melhor do que aproveitar esse período de recesso e férias para já começar a ler e entender melhor os assuntos que serão cobrados pelas bancas e provas. Além disso, queremos oferecer uma formação exemplar para os nossos alunos e prestar suporte em todas as horas que necessitarem de ensinamentos para alcançar seu objetivo profissional”, afirma.

Os interessados também terão a oportunidade de participar da promoção “O CERS patrocina a sua aprovação”. Serão três estudantes premiados com a restituição integral do valor investido no curso; acesso gratuito, durante doze meses, a três cursos do CERS à escolha, exceto pós-graduação e presenciais; 10 livros jurídicos que podem ser escolhidos em uma lista especial elaborada pela rede; e também duas passagens (ida e volta, com hospedagem) para a realização de dois concursos públicos em qualquer lugar do Brasil, mediante comprovação de inscrição no certame.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH