Economia

11 de junho de 2018 12:18

Em Alagoas, 15% dos imóveis financiados são adquiridos por meio de consórcio

Índice mostra potencial para crescimento desse sistema de financiamento

↑ Imagem da orla de Maceió (Foto: Reprodução/Ilustração)

A Embracon, administradora que atua há 29 anos no segmento de consórcios alcançou um crescimento de 14,45% nas vendas de novas cotas de consórcio Imobiliário no primeiro trimestre do ano. No mesmo período, o mercado cresceu em média 8%, segundo dados da ABAC – Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios. Esse desempenho se deve aos investimentos que a companhia vem fazendo desde 2015 em novos sistemas de gestão, tecnologia e planejamento para a conquista de mercado.

Entre as estratégias de mercado para este ano está o investimento em comunicação e estratégias comerciais para aumentar a presença da marca em estados da região Nordeste. “Enquanto na Região Sul, 37% dos imóveis são adquiridos por meio de consórcio, na Região Nordeste, o índice é de 20,6%. Isso mostra que há uma janela de oportunidade a ser explorada e na qual pretendemos investir”, destaca Carlos Henrique Melo, Diretor Comercial da Embracon Consórcios na Região Nordeste.

Um estudo feito pela ABAC confirma que o mercado nordestino tem grande potencial de crescimento. Mesmo nos Estados com índices mais expressivos, como a Bahia (28,3%), Ceará (21,5%), Pernambuco (19,8%) e Paraíba (19,4%); a utilização de consórcio como meio para aquisição de imóvel ainda está abaixo da média brasileira (29,3%) e muito aquém de Estados como o Paraná (44,4%), Rio Grande do Sul (35,3%), Minas Gerais (31,5%) e São Paulo (30,5%), que são os líderes no ranking. “Mas isso já está mudando. O consumidor nordestino já está planejando antecipadamente a compra de seus imóveis. Para quem adota esse comportamento descobre, ao avaliar, que o consórcio é a opção mais vantajosa para adquirir um imóvel sem pagar muito mais, de maneira fácil, sem burocracia e por meio de planos bastante flexíveis”, considera Melo.

Nos demais Estados nordestinos, os índices indicam um grande potencial de crescimento para o mercado de consórcio. O índice de participação do sistema de consórcio nos imóveis adquiridos por meio de algum tipo de financiamento foi de 17% no Rio Grande do Norte; 15% em Alagoas; 14,7% no Maranhão e 12,3% no Piauí; por exemplo.

Mercado nacional em expansão

Em março de 2018, o número de participantes ativos no Sistema de Consórcio de Imóveis foi de 850 mil pessoas, um número 7,3% superior aos 792 mil registrados em 2017, conforme aponta levantamento feito pela ABAC. Foram comercializadas 55,5 mil novas cotas entre janeiro e março de 2018, um índice 8% superior às 51,4 mil cotas comercializadas no mesmo período de 2017. Três fatores que apresentaram um crescimento expressivo foram o volume de créditos comercializados, o volume de crédito disponibilizados e o número de contemplações.

Entre janeiro e março deste ano foram comercializados cerca de R$ 7,49 bilhões em créditos no período entre janeiro e março desse ano. Esse valor é 10,3% superior aos R$ 6,79 bilhões comercializados no primeiro trimestre do ano passado.

O Sistema de Consórcios disponibilizou R$ 1,84 bilhão para aquisição de imóveis no primeiro trimestre de 2018, um valor 9,5% acima do R$ 1,64 bilhão disponibilizado nos três primeiros meses do ano passado.

Em 2018, 18,4 mil pessoas foram contempladas e tiveram a oportunidade de adquirir um imóvel por meio do Sistema de Consórcios. Isso representa que o número de pessoas beneficiadas aumentou 9,5% em relação a igual período de 2017, quando houve 16,8 mil contemplações entre janeiro e março de 2017.

Outro ponto que vale ser ressaltado é que 795 trabalhadores participantes do consórcio de imóveis utilizaram R$ 34,23 milhões em saldo total ou parcial de suas contas do FGTS no pagamento de suas cotas de consórcio. Desse total, 19,6% utilizou o saldo para dar lance e 26,5% para complementar a aquisição de imóvel pronto; 2,4% para dar lance e 2,5% para complementar a aquisição de imóvel em construção; 19,4% na amortização de saldo devedor; 16,4% no abatimento de parte das prestações e 13,2% na liquidação de saldo devedor.

Vantagens do Consórcio de Imóvel:

A flexibilidade e possibilidade de crédito acessível, sem incidência dos juros praticados pelo financiamento bancário, tem atraído cada vez mais o consumidor. Veja algumas das vantagens do Sistema de Consórcios para aquisição de imóvel:

 

  • O sistema conta com várias opções de crédito, prazos e parcelas que cabem no orçamento do consorciado;
  • Pelo consórcio, o comprador do imóvel não paga juros e não precisa dar entrada nem tampouco intermediárias;
  • O consorciado tem a possibilidade de usar o saldo do FGTS para dar lance ou aumentar o valor do crédito;
  • O valor da carta de crédito acompanha o reajuste das parcelas (INCC – Índice Nacional de Custo da Construção), o que mantém o poder de compra;
  • A carta de crédito dá ao consorciado o poder de negociar a aquisição do bem à vista, o que lhe confere mais poder na hora de negociar;
  • Ao ser contemplado, o consorciado pode usar a carta de crédito para adquirir um imóvel novo ou usado, para residência habitual, veraneio ou comércio; terrenos e até realizar reformas em qualquer localidade do território nacional;
  • Após a contemplação, a carta de crédito também pode ser utilizada para quitar um financiamento ou consórcio de outra administradora em nome do próprio consorciado;
  • O sistema de consórcio conta com legislação específica e a administradora deve ser autorizada e fiscalizada pelo Banco Central, o que traz mais segurança ao consumidor.

Sobre a Embracon

Há 29 anos no mercado de consórcios, a empresa possui mais de 118 mil clientes ativos, 600 parceiros no território nacional, cerca de 103 filiais no país e em torno de 2,5 mil funcionários. É uma das maiores e mais conceituadas empresas especializadas em consórcio de automóveis, motos e imóveis. A filosofia de trabalho se baseia em conhecer e atender às necessidades dos clientes que encontram na instituição solidez, credibilidade e uma vasta gama de produtos e serviços. O Embracon é autorizado e fiscalizado pelo Banco Central do Brasil e associado à ABAC (Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios). Visite o site: http://www.embracon.com.br

 

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH