Economia

14 de Fevereiro de 2018 17:55

Receita paga nesta quinta restituição do segundo lote multiexercício de 2018

Mais de mil e duzentos contribuintes alagoanos que saíram da malha fiscal vão receber dinheiro de volta

↑ Ilustração

A Receita Federal vai pagar, na quinta-feira, 15, R$ 1.970.566,20 referente à restituição do imposto de renda pessoa física de declarações dos exercícios 2008 a 2017, entregues em Alagoas, e que foram liberadas da malha fiscal, também chamada popularmente de malha fina.  Dentre as declarações liberadas 597 são do exercício de 2017 e 287 do exercício de 2016. As outras 373 declarações são dos demais exercícios que compuseram o lote. O dinheiro será depositado na conta bancária do contribuinte, informada na declaração de ajuste anual.

O contribuinte que não tiver sua restituição creditada poderá comparecer, pessoalmente, em qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Para saber se a declaração foi liberada da malha, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e à situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar, diretamente nas bases da Receita Federal, informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH