Economia

14 de novembro de 2017 16:39 / Por: Tribuna Hoje

Meirelles: reforma da Previdência será tratada com ‘responsabilidade por todos’

Em entrevista a rádio, ministro da Fazenda disse acreditar que possibilidade de aprovação da reforma é 'muito grande'

O ministro da Fazenda Henrique Meirelles disse na manhã desta terça-feira (14) que o governo acredita que a reforma da Previdência será tratada com responsabilidade pelo Congresso e que, por enquanto, não trabalha com um “plano B” caso as mudanças não sejam aprovadas.

“Acreditamos que o assunto [reforma] será tratado com responsabilidade por todos. Nós acreditamos na aprovação pelo Congresso Nacional. Evidentemente que o Congresso é soberano, e vamos aguardar o que decide. A partir daí, nós vamos poder tomar qualquer decisão, porque seria prematuro estarmos falando de alternativas quando a convicção é de que a possibilidade de ser aprovado é muito grande.”

Na semana passada, o ministro disse que o governo deveria apoiar a aprovação, no Congresso, de uma proposta de reforma da Previdência que mantivesse cerca de 50% do texto original. Meirelles afirmou que o governo não abriria mão de manter na proposta alguns pontos, entre eles a criação de idade mínima para aposentadoria, que hoje, no texto, está em 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

IPI

Meirelles também afirmou que o governo não está planejando novas isenções fiscais, como sobre o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), e que irá cumprir a meta fiscal do ano que vem ainda que que tenha de fazer cortes adicionais nas despesas.

“A meta do próximo ano será atingida de qualquer maneira, porque temos compromisso com isso, e cortes de despesa serão efetuados visando atingir a meta… se necessário, cortes adicionais de despesa (…) a meta fiscal vamos cumprir, de uma forma ou de outra, cortarmos despesas onde for necessário para chegar lá.”

Fonte: G1