Cooperativas

31 de janeiro de 2018 15:23

Comissão de grãos discute metodologias e linhas de créditos

Primeira reunião ordinária reuniu gestores, produtores e representantes de empresas e instituições financeiras

a3477ffe604dd1e74292475024911cc8 l - Comissão de grãos discute metodologias e linhas de créditos
↑ Primeira reunião ordinária da Comissão de Grãos tratou de metodologias, tecnologias e créditos (Foto: Ronaldo Lima / Agência Alagoas)

Em sua primeira reunião ordinária do ano, os membros da Comissão de Grãos de Alagoas discutiram temas como programação técnica, metodologias de pesquisas, seminários, Dia de Campo, visitas técnicas em áreas de plantios de soja e milho, e também linhas de créditos. O evento ocorreu no auditório da Federação da Agricultura, em Maceió, nesta terça-feira (30).

Para o secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Antônio Santiago, o primeiro encontro marca a retomada das ações da Comissão de Grãos do ano, sobretudo, dentro da política de diversificação de culturas do Governo do Estado.

Santiago ressalta que a cultura de grãos pode ser uma grande solução para a crise vivenciada pelo setor sucroenergético, onde ainda existem áreas degradadas e ociosas em Alagoas. Segundo o secretário, a Comissão representa um incentivo para pesquisas e também para plantio de outras culturas como o arroz, o sorgo e feijão.

Ivanilson Araújo, produtor do Rio Grande do Norte e vem investindo em Alagoas há cinco anos, reconhece que o papel da Comissão de Grãos e do Governo de Alagoas têm colaborado para a consolidação das culturas de milho e soja, o que vai atrair novos investidores de outros estados do País. “As regiões de Alagoas apresentam todas as condições favoráveis para o plantio de grãos”.

image?view=image&format=raw&id=27741&type=img - Comissão de grãos discute metodologias e linhas de créditos

(Foto: Agência Alagoas)

Representantes do Banco do Nordeste e do Banco do Brasil apresentaram a política de cada instituição financeira, principalmente as linhas de créditos, para os produtores rurais que querem investir em grãos no estado de Alagoas.

Rosangela Peroba, superintendente do Banco do Brasil, destacou o trabalho desenvolvido pela Comissão de Grãos no desenvolvimento do agronegócio e informou que a instituição tem todo interesse em apoiar e estar mais próximo da classe produtora.

Além do apoio e parcerias com os bancos oficiais (BNB e BB), os membros da Comissão de Grãos de Alagoas discutiram ainda as novidades do setor do agronegócio, a implantação de área experimental de milho no Agreste, área de soja no litoral Norte e Tabuleiro Sul e Dia de Campo de Grãos para este ano.

Como afirma Hibernon Cavalcante, presidente da Comissão de Grãos, expectativa de produção para 2018 é de que haja um crescimento de 100%, em relação ao ano passado.

Na primeira reunião ordinária deste ano, estiveram representante da Seagri, Sebrae/AL, Ufal, Federação da Agricultura, Emater, Embrapa, instituições financeiras, cooperativas agrícolas, associações de agricultores, federações de agricultores e trabalhadores rurais, prefeituras, empresas agropecuárias e produtores em geral.

Comentários

MAIS NO TH