Cidades

9 de Maio de 2018 15:28

Acusado de homicídio no Tabuleiro é condenado a 15 anos de prisão

Crime ocorreu em janeiro de 2011 e vitimou José Leandro Gomes

↑ Fórum da Capital, no Barro Duro (Foto: Dicom do Tribunal de Justiça de Alagoas)

O Conselho de Sentença do 2º Tribunal do Júri de Maceió condenou o réu Francisco de Amorim a 15 anos, 7 meses e 15 dias de reclusão pela morte de José Leandro Gomes, ocorrida em janeiro de 2011, no bairro Tabuleiro do Martins, parte alta da Capital. O julgamento ocorreu na terça-feira (8), no Fórum do Barro Duro.

A sessão foi conduzida pelo juiz John Silas da Silva, que concedeu a Francisco de Amorim o direito de apelar em liberdade. “O réu esteve em liberdade durante a instrução processual, sem que oferecesse qualquer óbice ao andamento do feito, além de estar acometido de doença grave, o que justifica que permaneça em liberdade”, explicou o magistrado durante a leitura da sentença.

O caso

O crime ocorreu no dia 30 de janeiro de 2011, por volta de 1h da madrugada, na localidade da Favela da Coca-Cola, no Tabuleiro do Martins. De acordo com a denúncia do Ministério Público de Alagoas, Francisco de Amorim deflagrou vários disparos de arma de fogo contra José Leandro Gomes, que veio a óbito.

Em depoimento, o réu confessou o crime e disse que disparou contra José Leandro porque este ameaçou o seu sobrinho. O MP/AL também acusou Francisco Amorim e um comparsa, João Luiz dos Santos Ferreira, de causarem a morte de José Cícero da Silva Filho. Os dois, no entanto, foram absolvidos desse crime.

Fonte: Dicom do Tribunal de Justiça de Alagoas / Texto: Diego Silveira

Comentários

MAIS NO TH