Cidades

16 de dezembro de 2017 19:54

Escolas elegem novos diretores e consolidam gestão democrática

Eleitos tomarão posse ainda neste mês

↑ Foto: Reprodução

Promover o fortalecimento dos mecanismos de democratização das escolas municipais de Maceió e consolidar cada vez mais o processo de gestão democrática por meios de ações de fortalecimento dos Conselhos Escolares são princípios fundamentais para se ter qualidade na Educação. O desenvolver desse processo é um compromisso assumido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

E para contemplar o princípio da gestão democrática, a Semed viabiliza a realização de mais uma etapa de escolha- a eleição de diretores e vice de 11 escolas da rede-. Os eleitos tomarão posse ainda neste mês. O novo gestor participará de curso de formação onde terão instrução de como administrar uma unidade escolar.

O presidente da Comissão Eleitoral Central, Antônio Benedito dos Santos, responsável pelo processo eleitoral, disse que a gestão democrática é um movimento permanente que não se decreta, mas que resulta de processos coletivos de tomada de decisão que envolve a participação de todos.

“Nossa grande conquista no processo de gestão democrática foram os certificados com o curso em gestão escolar, promovido pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Faculdade de Tecnologia de Alagoas. Hoje, todos os candidatos precisam antes concluírem o curso de formação em gestão escolar para concorrerem os cargos de diretor e vice-diretor escolar”, reforça Benedito.

Ainda, segundo o presidente da comissão, atualmente o processo seletivo/eletivo para a função de diretor junto às escolas públicas municipais se dá através de duas etapas: Capacitação para pré-candidatos à eleição e/ou reeleição, mediante participação efetiva no curso promovido pela Semed destinado ao esclarecimento de responsabilidade, atribuições e compromissos a serem assumidos no exercício da função e a eleição com escrutínio direto e secreto, envolvendo a comunidade escolar.

Para a coordenadora de Gerenciamento e Organização Escolar da Semed, Martha Palmeira, os dirigentes escolares, professores, estudantes, funcionários, pais e a comunidade local precisam participar na tomada de decisões dos rumos da escola. “Nesse processo, a articulação entre os diversos segmentos que compõem a escola e a criação de espaços e mecanismos de participação são fundamentais para o exercício do aprendizado democrático que possibilite a formação de indivíduos críticos, criativos e participativos”, comenta.

De acordo com a coordenadora, o curso sobre gestão escolar aconteceu no mês de agosto deste ano na Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT). “O curso teve como objetivo qualificar os candidatos em uma visão geral do sistema de educação municipal abordando temas como a questão organizacional, o papel de liderança do gestor de uma escola pública, a ética no exercício da gestão pública, aspectos financeiros e de planejamento e a importância da participação na gestão escolar”, esclareceu Marta Palmeira.

Fonte: Assessoria

Comentários