Cidades

24 de novembro de 2017 08:43

MPT e Centrais sindicais realizam I Seminário de Formação a partir desta sexta

O objetivo do Seminário é fortalecer as entidades sindicais e estimular a difusão de conhecimento

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e as Centrais Sindicais realizam o “I Seminário de Formação Sindical MPT- Centrais Sindicais”, que discutirá a Reforma Trabalhista e o Planejamento Sindical. Serão dois dias de seminário com abertura nesta sexta-feira (24), às 19 horas, no Sindicato dos Bancários.

Na abertura, haverá a participação de representantes do Ministério Público do Trabalho, das Centrais Sindicais, da OAB/AL, a Associação dos Magistrados de Alagoas (Amatra19) e da Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas de Alagoas (Abrat/AL).

E no sábado (25), no horário da manhã, ocorrerá o painel sobre a Reforma Trabalhista com Sérgio Leite pela Força Sindical; Humberto Barbosa pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese-AL) e Cássio Araújo pelo MPT. À tarde, haverá o painel Planejamento Sindical com Izac Jackson pela CUT-AL; Antonio Ferreira de Lima Neto pela CSP-Conlutas e Alba Correia pela CTB-AL.

O objetivo do Seminário é fortalecer as entidades sindicais e estimular a difusão de conhecimento, tendo como foco a Reforma Trabalhista e o Planejamento Sindical.

O Procurador do Trabalho Cássio Araújo Silva destaca que a reforma Trabalhista irá causar o empobrecimento dos trabalhadores. “Isso vai acarretar uma diminuição do consumo da economia, consequentemente, da produção. Vai enriquecer os mais ricos e empobrecer os mais pobres, piorando as condições de trabalho”, alerta.

“Outro problema apontado é o trabalho intermitente, que é a legalização do ‘bico’. Você vai ter uma carteira de trabalho, mas não terá a garantia que receberá salário, férias, décimo terceiro. É um ‘bico’ com carteira assinada. Você trabalha hoje, mas não sabe quando será chamado novamente. É a legalização da incerteza. Vai ter a carteira assinada, mas sem direitos”.

Seminário

O seminário é gratuito e aberto aos trabalhadores, aos movimentos sociais, aos estudantes, aos sindicatos e à população em geral. Inscrição ocorrerá no local do evento. Haverá certificado para os participantes.

Das Centrais Sindicais, estão participando: CSP-Conlutas, CTB, Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), a CUT, Força Sindical, além do Dieese.

Programação

Dia 24 – (Sexta-Feira)

19h – Abertura solene com o MPT, as Centrais Sindicais, a OAB/AL, a AMATRA e a ABRAT/AL.

Dia 25 – (Sábado)

9h – Painel sobre a Reforma Trabalhista com Sérgio Leite pela Força Sindical; Humberto Barbosa pelo Dieese-AL e Cássio Araújo pelo MPT.

14h – Painel sobre o Planejamento Sindical com Izac Jackson pela CUT-AL, Antônio Ferreira de Lima Neto pela CSP-Conlutas e Alba Correia pela CTB-AL.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH