Cidades

8 de setembro de 2017 20:48

Arsal fiscaliza pesquisa de vazamento de gás natural

Trabalho será promovido em todas as áreas atendidas pela rede de distribuição de gás

Toda rede de distribuição de Gás Natural Canalizado do Estado será inspecionada de 11 de setembro a 10 de outubro, por meio de uma Pesquisa Anual de Vazamento, realizada pela Gás de Alagoas S.A. (Algás) e fiscalizada pelos técnicos da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsal).

A pesquisa será promovida em todas as áreas atendidas pela rede de distribuição de gás. Serão inspecionadas 40 unidades consumidoras dos segmentos residenciais e comerciais previamente definidas pela Arsal, 27 postos automotivos de Gás Natural Veicular (GNV), 14 indústrias, uma base de compressão, duas unidades de cogeração e 15 estações do sistema de distribuição de gás nos municípios de Maceió, Penedo, Rio Largo, Atalaia, Pilar, Santa Luzia do Norte, Satuba e Marechal Deodoro.

A pesquisa anual de vazamento é um procedimento preventivo estabelecido pela Agência Reguladora com a finalidade de rastrear vazamentos em toda extensão da rede de distribuição de gás natural canalizado em Alagoas.

Segundo Clara Alves, gerente de Gás Natural da Arsal, o trabalho de inspeção em toda a rede contribui para prevenir incidentes, minimizar riscos e garantir a qualidade do fornecimento do produto. Esse é o nono ano da realização da pesquisa.

Durante os procedimentos são utilizados equipamentos específicos para testar todos os pontos de possíveis vazamentos e, caso algum seja identificado, é quantificada a concentração de gás vazado, avaliado o grau de risco e realizado os reparos necessários para eliminar a situação de risco, no prazo máximo de até uma hora.

“Nosso papel como ente regulador e fiscalizador é de monitorar a situação da rede de distribuição e estabelecer ações que contribuam para a segurança, integridade e continuidade operacional do sistema de gás”, disse Marcus Vasconcelos, presidente Arsal.

Ao final do trabalho, um relatório produzido pela Algás será entregue à Arsal, que irá avaliar se todos os procedimentos estabelecidos foram executados corretamente.

Em Alagoas, o sistema de gás canalizado possui 482,10 Km de rede de distribuição atende 9.324 unidades consumidoras, sendo 32 indústrias, 31 postos de automotivos, 580 estabelecimentos comerciais, cinco unidades de cogeração e 8.676 unidades consumidoras no segmento residencial (prédios, residências e condomínios).

Fonte: Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH