Brasil

19 de Janeiro de 2018 20:19

Câmera grava ataque de travestis contra motorista na zona sul de São Paulo

Vítima é funcionário público e tinha levado a mãe para tomar vacina contra a febre amarela na madrugada desta sexta-feira (19)

↑ Foto: Reprodução

Ao voltar para a casa em seu carro, depois de levar a mãe para tomar uma vacina de febre amarela, um funcionário público foi assaltado por dois travestis, na avenida Indianópolis, na zona sul de São Paulo. Toda a abordagem foi registrada num vídeo que circula pelas redes sociais. O assalto ocorreu às 4h57 desta sexta-feira (19).

Ao parar num semáforo, o funcionário público foi abordado por uma travesti que entrou bruscamente no carro e ofereceu sexo. A vítima recusa a oferta com veemência, mas a suspeita ocupa o banco do passageiro e insiste. “Eu vou entrar aqui pra gente conversar”, diz. “O que você está fazendo? Eu não quero”, retruca o funcionário, assustado com a situação.

Nesse momento, a travesti afirma que quer carona e chama outra travesti para entrar no banco de trás do carro. Assim que a segunda suspeita entra no veículo, ela aplica um mata-leão no motorista. “A gente não ia fazer nada não, mas você quer!”, diz.

Imobilizando o motorista com os braços, a outra travesti — que está sentada no banco da frente — rouba diversos objetos da vítima. “Vocês podem levar tudo”, a vítima diz. Após o roubo, a travesti que estava atrás sai do carro e ameaça: “vou meter a faca nele”, mas não o faz. A travesti que permanecia no carro também sai: “Tá me tirando”.

Passados dois minutos, o motorista consegue sair do local com o veículo e ir embora.

O R7 entrou em contato com as delegacias da região, mas nenhuma retornou até a publicação desta matéria.

Fonte: R7

Comentários

MAIS NO TH