PRF reforça policiamento e fiscalizações durante a Operação Tiradentes 2017 - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Polícia

19 Abril de 2017 - 11:25

PRF reforça policiamento e fiscalizações durante a Operação Tiradentes 2017

Trabalhos se iniciam na quinta-feira (20) e se estendem até o domingo (23)
Assessoria / PRF-AL
PRF (Foto: Assessoria / PRF-AL) PRF (Foto: Assessoria / PRF-AL)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) volta a intensificar suas fiscalizações e reforçar o policiamento nas rodovias federais que cortam Alagoas a partir desta quinta-feira (20). A presença constante dos policiais nos principais trechos das BRs visam inibir o condutor infrator e minimizar os riscos de acidentes, garantindo a segurança nas rodovias do estado.  O trabalho se estende até o domingo (23), quando a PRF faz um breve balanço do período e se organiza para o próximo fim de semana prolongado.

O órgão já vinha analisando seus dados estatísticos e se preparando para este mês atípico. Isso porque o mês de abril em 2017 reúne três feriadões seguidos. A sexta-feira da paixão, o feriado de Tiradentes e dia do Trabalho caíram numa sexta ou numa segunda-feira, prolongando os fins de semana e redobrando a atenção e trabalho do órgão. Para minimizar os riscos de acidentes, os policiais vêm aliando às suas abordagens o trabalho educativo, buscando extrair do condutor uma maior conscientização e formação para um trânsito seguro.

Como parte do planejamento, as ações de Cinema Rodoviário também têm sido intensificadas. Elas acontecem nos trechos em que o fluxo de veículos aumenta de forma notória e onde são registrados maior número de sinistros. Durante a abordagem, enquanto o policial faz consulta ao veículo e às pessoas, os condutores e passageiros são convidados a assistirem uma minipalestra em que lhes são apresentados vídeos de acidentes e dados relativos ao trânsito. “É importante o reforço de policiamento nesses períodos em que muitas pessoas decidem usar a rodovia ao mesmo tempo, mas o essencial é que as pessoas se comprometam a tornar o trânsito mais seguro. Não adianta respeitar as leis de trânsito apenas quando se vê uma viatura policial no trecho” - pontua o PRF Jefferson Santos, chefe do Grupo de Educação para o Trânsito do órgão.

CUIDADOS INDISPENSÁVEIS

Com as chuvas frequentes do último feriadão (Operação Semana Santa), a PRF verificou que as causas presumíveis de acidentes foram modificadas. Analisando os registros de janeiro a março de 2017, os três principais fatores contribuintes para os sinistros acontecerem foram: falta de atenção do condutor, ingestão de bebida alcoólica e excesso de velocidade. No entanto, no último fim de semana foi verificado que a falta de atenção permaneceu em primeiro lugar no ranking, sendo a embriaguez ao volante e o excesso de velocidade substituídos por pista escorregadia e defeito mecânico do veículo, respectivamente.

A previsão do tempo continua sendo de chuva para o feriadão. Fazer uma revisão antes de pegar a estrada se faz necessário. A verificação dos pneus, limpadores de para-brisas e sistema de iluminação é muito importante. Lembrando que acender os faróis baixos durante o dia é obrigatório a todos aqueles que transitam pelas rodovias do país. É uma forma de dirigir defensivamente e se fazer visto a uma distância maior.

A Polícia Rodoviária Federal continua focando em suas fiscalizações as infrações que causam maior letalidade quando há colisões. Excesso de velocidade, ultrapassagem proibida e embriaguez ao volante são as principais causas de acidentes graves no país, que são aqueles com pelo menos um ferido grave ou morto. Para evitar tais condutas os PRFs aferirão as velocidades dos veículos com os radares móveis, e através do teste de etilômetro constatarão se houve a mistura de álcool e direção pelo motorista.

O uso do cinto de segurança é indispensável a todos os ocupantes do veículo e no caso de transporte de criança, os condutores devem atentar para o uso do dispositivo de retenção adequado à faixa etária. Aos usuários de veículos de duas rodas, o uso do capacete de segurança é indispensável. Esses dispositivos não evitarão que o acidente ocorra, mas diminuirão o grau de letalidade dos envolvidos.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.