Governo abre inscrições para contratação de professores em comunidades indígenas - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Educação

10 Abril de 2017 - 12:29

Governo abre inscrições para contratação de professores em comunidades indígenas

São 241 vagas são disponibilizadas entre as 17 unidades escolares das comunidades
Agência Alagoas
O candidato aprovado deverá atuar exclusivamente nas unidades de ensino da rede estadual (Foto: Valdir Rocha / Agência Alagoas) O candidato aprovado deverá atuar exclusivamente nas unidades de ensino da rede estadual (Foto: Valdir Rocha / Agência Alagoas)

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira (10) o edital do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a contratação de professores temporários para as escolas indígenas da rede pública estadual. Além das páginas 16 a 21 do DOE (www.doeal.com.br), o edital também se encontra disponível no site da Seduc (www.educacao.al.gov.br) .

As inscrições serão online pelo link (http://migre.me/wppSy) , disponível no site da Seduc,  entre os dias 11 e 19 de abril; enquanto a entrega de títulos, documentos pessoais, carta de anuência e comprovante de experiência ocorre entre 2 e 5 de maio.  O resultado preliminar sai até o dia 15 de maio, com recursos podendo ser interpostos entre 16 e 17 do mesmo mês. A previsão é que o resultado final seja divulgado até o dia 1º de junho.

Ao total, 241 vagas foram disponibilizadas entre as 17 unidades escolares pertencentes às comunidades indígenas de Alagoas. São oferecidas vagas nas disciplinas de Português, Inglês, História, Arte, Química, além de professor auxiliar de sala de aula e dos anos iniciais.

Seleção

O PSS será realizado em uma única etapa, a de análise de títulos e experiência profissional, sendo a mesma de caráter eliminatório e classificatório. Estão aptos a se inscreverem brasileiros, ou legalizados brasileiros, com no mínimo 18 anos de idade, e com a escolaridade mínima exigida para o cargo inscrito, ter anuência da comunidade indígena localizada, assinada por pelo menos oito membros, entre outras determinações.

O candidato aprovado deverá atuar exclusivamente nas unidades de ensino da rede estadual. Ele poderá ser contratado por um período de até 24 meses, com base na Lei Estadual nº 6.018/98, a contar da data que assumir o cargo.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.