Lula e Dilma participam de inauguração da transposição do São Francisco na Paraíba - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Política

19 Março de 2017 - 17:23

Lula e Dilma participam de inauguração da transposição do São Francisco na Paraíba

Milhares de pessoas acompanham a cerimônia e rebateram discurso de Temer
Congresso em Foco
Lula Fotos Públicas Lula

Os ex-presidentes da República Lula e Dilma foram até o sertão da Paraíba neste domingo (19) participar da inauguração simbólica da transposição do rio São Francisco. Lula foi o responsável pelo início das obras que levaram água até o sertão nordestino, em 2007. As obras foram interrompidas no governo Dilma, devido a diversas causas, entre elas denúncias de corrupção e crise política instalada antes do processo de impeachment.

Milhares de pessoas acompanham a cerimônia que acontece neste momento. Um grande engarrafamento se formou nas estradas que dão acesso à cidade de Monteiro. O objetivo dos petistas é rebater o discurso do atual governo sobre a “paternidade” da obra.

Senadores, deputados e membros do Partido dos Trabalhadores também participaram da homenagem aos ex-presidentes da legenda. Membros do Twitter utilizaram a rede social para prestar apoio com a #ComLulaOSertaoVirouMar que ficou no ranking dos assuntos mais falados no Brasil durante boa parte do dia. Veja abaixo algumas fotos cedidas pela Assessoria Governo da Paraíba.

Há nove dias atrás, o trecho leste da transposição foi inaugurada, em meio a protestos, pelo presidente Michel Temer. Também presente ao evento, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) saiu em defesa do peemedebista. O senador disse que Lula deu início às obras, mas que sua conclusão dependeu da “determinação” do atual presidente.

Comentários

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    em 21/03/2017 as 07:34

    "OBRA DE PREFEITURA É A QUE MAIS DURA; SERÁ?
    Joilson Gouveia*
    Há um adágio popular nordestino que diz: “a coisa que mais dura é obra de prefeitura”; entra prefeito e sai prefeito e ela (a obra) nunca acaba. Eh! Mas essa “coisa” perdeu o status e sua reputação para uma obrazinha sem-conclusão, e que mais teve mesmo foi “inauguração”, continua ainda sem-conclusão!
    O octogenário jornal de grande circulação caetés, em seu link http://gazetaweb.globo.com/portal/noticia.php?c=29750, noticia-nos sobre a mais nova invenção comunapetralhista da “istóra dessipaiz” ou como retrata aquele refrão medonho, enganoso, enfadonho, mentiroso e lamurioso do “nunca antis na istóra dessipaiz” se fez uma “inauguração popular”, após uma “inauguração oficial” de uma-obra-sem-conclusão.
    Ou seja, tal e qual obra de prefeitura literalmente interminável, inacabada, inconclusa, além de intrusa, confusa e abstrusa senão pelo tempo de construção mas, sobretudo, pelo inexplicável, injustificável, incomensurável, inestimável e insofismável desperdício perdulário monumental e estratosférico de recursos, verbas e divisas do nosso aviltado, espoliado e afanado Erário Nacional quando não desviado ou doado para investimentos noutras plagas afins comuna/socialistas! Senão vejamos, a saber:
    • “Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff estiveram neste domingo (19) na cidade de Monteiro, no Cariri paraibano para, segundo a assessoria de comunicação do Instituto Lula, participar da "Inauguração Popular da Transposição do São Francisco". A inauguração oficial do eixo leste da transposição do Rio São Francisco foi feita pelo presidente da República Michel Temer no dia 10 de março.” (Sic.) – Sem grifos no original.
    • “No discurso, Lula ressaltou que pretende disputar as Eleições em 2018. "Eu sou um homem que não tem ressentimento. Quando a gente chega aos 70 anos não temos como mais guardar ódio. Eu quero dizer para todo mundo que eu aprendi a andar de cabeça em pé neste país. Eu nem sei se estarei vivo para ser candidato em 2018, e sei que eles querem que eu não seja candidato. Eles peçam a Deus para eu não ser candidato, porque se eu for é para ganhar e trazer de volta à alegria deste país", disse. (Sic.) – Sem destaques no original.
    Parêntesis: direi mais “não tem ressentimentos” tampouco sentimentos! De que forma, maneira, modo, meio ou jeito se “guarda” algo abstrato, invisível, amorfo, inodoro e incolor? Nunca vi uma cabeça andar e de pé ou a pé! “Trazer de volta a alegria deste país” – país é território, chão, terra, piso, área geográfica não sente alegria nem tristeza. Seria mais hilário que o “velho Chico” Anísio, que já se fora!
    Voltando.
    • “A integração do São Francisco tem como objetivo levar água a cerca de 12 milhões de pessoas que vivem no sertão de quatro estados - Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. O projeto se estende por 477 km e é dividido nos eixos leste, com 217 km, e norte, com 260 km.
    • Os debates para realizar a transposição começaram no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As obras tiveram início em 2007. A previsão inicial era que todo o projeto fosse concluído em 2012, ao custo de R$ 4,5 bilhões. Em 2016, a ex-presidente Dilma Rousseff chegou a afirmar que as obras da transposição seriam concluídas naquele ano, porém somente em março deste ano o primeiro eixo está sendo inaugurado.” (Sic.) Sem grifos no original.
    • “Os ex-presidentes chegaram à Paraíba na manhã deste domingo, após pousarem no Aeroporto Presidente João Suassuna, em Campina Grande. Uma comitiva, composta pelos ex-presidentes, pelo governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), pelos os governadores da Bahia, Rui Costa (PT); do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB); do Ceará, Camilo Santana (PT); e do Piauí, José Wellington Barroso (PT); pelos senadores Lindbergh Farias (PT), Gleisi Hoffmann (PT) e Humberto Costa; pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e por deputados, prefeitos e vereadores de cidades da Paraíba e Pernambuco, saiu de Campina Grande pela BR-230 até a cidade de Monteiro.
    • Antes da chegada da comitiva no local, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou um engarrafamento na BR-412, que dá acesso ao município. De acordo com o órgão, entre o final da manhã e o início da tarde deste domingo, o congestionamento de carros e ônibus chegava a cerca de três quilômetros.” – 3Km de “congestionamento”? Olhem o tamanho da comitiva!
    Parêntesis: há exatos dez anos iniciaram, para conclusão em 2012, ao custo de R$ 4,5 bilhões – juraram ultimar em 2016, mas só agora (ontem) inauguram mais uma vez um “eixo” – mas nada informaram qual o real custo-benefício da tal “obra-decana” sonhada pelo exímio degustador e consumidor de aguardente (“água-de-cana”), ainda inconclusa e bastante confusa (já estão furtando água dos canais através de ligações clandestinas e de tubulações de encanamento particular, privado e privativo de “coronés-de-sertão”), o que é uma coisa abstrusa!
    Voltando.
    • Lula discursou sobre 'povo pobre'
    • "O povo nordestino é o dono do Rio São Francisco e não apenas um estado. O povo tem que ter direito à água, não apenas para beber e dar pros seus animais, mas para plantar um pé de alface, um pé de feijão, um pé de milho ou um pé de macaxeira. [...] Eu acho, companheiros e companheiras, que a esperança é a coisa que mais mobiliza uma sociedade. Não é possível um homem ou uma mulher sobreviver se não tiver esperança. Acabou o tempo de dizer que o Nordeste é um lugar que só tem pobre. [...] A matemática é simples. Não precisa ser grande doutor. Nós já provamos no primeiro mandato que o pobre não é problema. O pobre é a solução", disse Lula. (Sic.) – Sem destaque no original!
    De fato! O nordestino ficou rico, realmente! Ricaço em esperanças; claro! É óbvio: o pobre tem sido a solução deLLe e de seus “Luizinhos-da-Silva”, inclusive é o trabalhador que nunca trabalhou, que jamais fora preso-político tampouco exilado ou anistiado, ainda recebe 20/30 mil da “aposentadoria da Marisa Letícia” (onde trabalhou a finada, alguém sabe informar?), o autodidata “jararaca-do rabo-ferido” nem mesmo sabe quanto recebe por mês - quando mentiu ao “doutor-juiz”! – Que ser humano na face da terra ignora, desconhece ou não-sabe o quanto aufere, mensalmente, senão os “ricaços-milionários-da-elite-dessepaiz” e os pobres-miseráveis deste país?
    • Dilma falou sobre importância da transposição
    • "Aqui em Monteiro nós estamos mostrando que o Rio São Francisco chegou aqui porque nós, tanto o presidente Lula, que teve a ideia e porque é daqui do Nordeste, porque sabe o valor da água para cada um nordestino, homem ou mulher, criança, bebê, ele sabia na carne esse valor e por causa disso foi o primeiro presidente a de fato ver que o Nordeste precisava da água para se desenvolver. [...] O presidente Lula deixou o projeto pronto e eu tenho a honra de ter dado o prosseguimento", disse Dilma. – Sem comentários! :O
    Com efeito, é imperioso questionar: até quando irão insistir nessa ladainha, litania, cantilena e latomia enfadonha, esfarrapada, desgastada e ultrapassada de que fizeram e fazem tudo pelos pobres porque defendem os pobres e etc.?
    É simples, muito simples: eLLes creem que os pobres adoram, amam e só votam na esquerda-socialista-comunista-escarlate. Daí quanto mais pobres mais votos terão! Bem por isso berram que os ricos não querem que os pobres melhorem de vida, cresçam ou enriqueçam ou outros quejandos do tipo: “eles me perseguem e me odeiam porque eu defendo os pobres”, numa atoleimada postura de “vitima” de uma elite da qual faz parte junto com seus “lulinhas-silva”; ou não? Eis o que eLLe dissera recentemente, na Avenida Paulista: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2016/03/o-bote-da-jararaca-velha-desdentada.html.
    Enfim, qual o trabalhador brasileiro decente, honesto, honrado e aposentado pelo INSS ou Previdência Social que ganha mais-ou-menos R$ 50 mil reais ou tampouco sabe quanto ganha por mês?
    Podemos ser nordestinos-pobres-esperançosos, mas não somos burros para nos deixarmos enganar, mais uma vez, por “encantadores-de-burros”!
    Abr
    *JG
    "

  • Edson

    em 19/03/2017 as 22:41

    "É vergonhoso para o presidente Temer querer tomar para si um trabalho que veio do governo Lulu."

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.