No Rio, 34 postos vão abrir amanhã para vacinar contra a febre amarela - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Brasil

18 Março de 2017 - 01:32

No Rio, 34 postos vão abrir amanhã para vacinar contra a febre amarela

Procura dos cariocas pela vacina aumentou depois da confirmação de dois casos da doença na região rural de Casimiro de Abreu
Agência Brasil
Reprodução

Para diminuir as filas nos postos de vacinação da cidade do Rio de Janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde vai oferecer vacinas contra a febre amarela excepcionalmente neste sábado (18) em 34 postos de Atenção à Saúde Básica, das 8h ao meio-dia.

A procura dos cariocas pela vacina aumentou depois da confirmação de dois casos da doença na região rural de Casimiro de Abreu. O pedreiro Watila Santos, de 38 anos, morreu no último sábado (11) e a outra vítima da doença, Alessandro Valença Couto, de 37 anos, está internada no Hospital dos Servidores do Estado, na capital. 

A capital e a região metropolitana do Rio ainda não são alvo da campanha estadual de vacinação, que está priorizando 25 municípios próximos de Casimiro de Abreu. Na quinta-feira (16), o Corpo de Bombeiros entregou um lote com 1 milhão de doses da vacina contra a febre amarela para esta região, solicitado na quarta-feira ao Ministério da Saúde em caráter emergencial.

Doadores de sangue

A Secretaria de Estado de Saúde alerta que o voluntário tem que aguardar quatro semanas para doar sangue, após ter tomado a vacina contra a febre amarela. Por isso, o Hemorio,  que abastece as emergências dos grandes hospitais da rede pública, convoca a população a doar sangue antes de ser vacinada. A medida é necessária para que o abastecimento de sangue no estado não seja prejudicado.

“Essas quatro semanas são necessárias para que o organismo crie anticorpos contra o vírus da febre amarela. Antes desse período, o sangue não é seguro para ser transfundido”, explicou o diretor-geral do Hemorio, Luiz Amorim.

O Hemorio tem capacidade para receber até 400 doadores por dia e abastece as emergências dos grandes hospitais da capital do estado, maternidades e outras unidades de saúde. Com a vacinação já iniciada em 25 municípios, a capital deve suprir as necessidades desses locais, que ficarão impedidos de captar sangue em grande quantidade por algumas semanas.

Quem tomou a vacina contra a febre amarela há mais de quatro semanas pode doar sangue normalmente. Quem teve a doença também, desde que esteja curado há mais de um ano. É preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos, estar bem de saúde e ter documento de identidade oficial com foto. Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais. O Hemorio funciona todos os dias, das 7h às 18h, na Rua Frei Caneca, n° 8, no centro do Rio.

Para obter mais informações, o voluntário deve ligar para o Disque Sangue (0800 282 0708), que esclarece dúvidas e informa o endereço das outras 25 unidades de coleta distribuídas pelo estado.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.