Instrução do processo que investiga morte de capitão da Polícia Militar é encerrada - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Cidades

17 Março de 2017 - 18:06

Instrução do processo que investiga morte de capitão da Polícia Militar é encerrada

Durante interrogatório, nesta sexta-feira (17), o réu Agnaldo Lopes de Vasconcelos permaneceu em silêncio
Dicom / TJ-AL
Juiz Geraldo Cavalcante Amorim conduziu audiência de instrução, nesta sexta-feira (17) (Foto: Itawi Albuquerque / Dicom - TJ/AL) Juiz Geraldo Cavalcante Amorim conduziu audiência de instrução, nesta sexta-feira (17) (Foto: Itawi Albuquerque / Dicom - TJ/AL)

O juiz Geraldo Cavalcante Amorim, da 9ª Vara Criminal de Maceió, encerrou na tarde desta sexta-feira (17) a instrução do processo que investiga a morte do capitão da Polícia Militar de Alagoas Rodrigo Moreira Rodrigues. O magistrado deu o prazo de cinco dias para acusação e defesa apresentarem as alegações finais. Só depois é que ele irá decidir se o réu vai ou não a júri popular.

A audiência do processo foi iniciada em 27 de janeiro deste ano, quando foram ouvidas testemunhas indicadas pela acusação. No dia 10 de março, a sessão teve prosseguimento, tendo sido ouvidas testemunhas arroladas tanto pelo Ministério Público quanto pela defesa do acusado.

Já nesta sexta-feira, foram interrogadas testemunhas de defesa e o réu, Agnaldo Lopes de Vasconcelos, que preferiu ficar em silêncio.

Agnaldo preferiu não se pronunciar (Foto: Caio Loureio / Dicom - TJ/AL)

O caso

O crime ocorreu em abril de 2016, no bairro Santa Amélia, em Maceió. De acordo com os autos, o capitão da PM foi baleado durante uma abordagem na casa do acusado, no Conjunto Jardim Petrópolis II. A polícia rastreava um celular roubado, que não estava na residência, mas acabou sendo encontrado nas redondezas.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.