Servidores da Prefeitura de Penedo rejeitam Previdência Própria - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Interior

15 Março de 2017 - 18:16

Servidores da Prefeitura de Penedo rejeitam Previdência Própria

Categoria tomou decisão em assembleia nesta quarta-feira (15)
Davi Salsa com assessoria
Divulgação

Em assembleia geral extraordinária, ocorrida nesta quarta-feira (15), os servidores da Prefeitura de Penedo votaram contra a criação do regime de Previdência Própria para os efetivos do município.

A reunião, promovida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penedo (Sindspen), não teve sequer um voto a favor do projeto do Poder Executivo que tramita na Câmara de Vereadores.

O posicionamento do funcionalismo acerca do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) é resultado do processo de esclarecimento realizado pelo sindicato.

Representantes das categorias de trabalhadores da prefeitura, indicados por seus pares, compuseram o Colégio de Líderes e debateram o tema com dois especialistas previdenciários, sendo o primeiro indicado pelo sindicato e o segundo pelo governo municipal.

Somente depois da discussão realizada da forma mais democrática possível, uma das marcas da atual Diretoria Executiva do sindicato, é que houve a convocação da assembleia que definiu o posicionamento dos servidores da Prefeitura de Penedo.

Além da decisão sobre Previdência Própria para o funcionalismo municipal, os servidores apoiaram a pauta de reivindicações 2017.

A categoria cobra reajuste salarial, o que não ocorre há seis anos em Penedo, sendo o percentual a ser calculado com base em estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudo (Dieese).

Além desse ponto, o Sindspen também vai reivindicar isonomia salarial para trabalhadores que exercem a mesma função, mas continuam recebendo salários abaixo dos colegas da mesma profissão; pagamento por tempo de serviço; adicional de periculosidade para vigilantes; pagamento do piso nacional para agentes de saúde e agentes de combate às endemias como salário; piso nacional do magistério; dentre outros pontos.

A diretoria executiva do sindicato informou ainda que tem reunião agendada nesta quinta-feira, 16, no Ministério Público em Penedo.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.