Programa Escola 10 garante mais de R$ 30 mi para a educação pública de Alagoas - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Educação

14 Março de 2017 - 20:49

Programa Escola 10 garante mais de R$ 30 mi para a educação pública de Alagoas

Redes municipais serão as maiores beneficiadas com assistência técnica, pedagógica, financeira, avaliação, material de apoio e didático e premiações
Agência Alagoas
Reprodução

O foco é alcançar o desenvolvimento e o caminho é investir na Educação. Assim, o Governo de Alagoas reedita a história da educação pública e investe maciçamente nas redes municipais, injetando mais de R$30 milhões por meio Programa Escola 10. A iniciativa, que será lançada na sexta-feira (17), no Centro de Convenções de Maceió, visa, dentre outras metas, melhorar a qualidade do ensino-aprendizagem no ensino fundamental e aumentar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de Alagoas.

Principais beneficiados, os municípios que aderirem ao programa terão garantidas, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), assistência técnica, pedagógica e financeira, além de avaliação e materiais didáticos também custeados pelo Estado. Atualmente, as redes municipais detêm 95% das matrículas do Ensino Fundamental I (1º ao 5º anos) e 75% do Fundamental II (6º ao 9º anos).

O secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, destacou o envolvimento de prefeitos e secretários municipais de Educação com o programa e explicou como se dará o processo.

“Esse trabalho será pedagógico, de acompanhamento, e tenho absoluta convicção de que vai dar certo, pois é um pacto pela qualidade da educação. Agora, no início do ano, o Governo de Alagoas promove uma avaliação com as nossas crianças, tanto nas redes municipais quanto na estadual e, a partir dos resultados obtidos, faremos uma análise das dificuldades apresentadas e vamos trabalhá-las ao longo do tempo”, explica o secretário.

Eixos e metas

As ações do programa estão divididas em três eixos: pedagógico, avaliativo e didático. Para isto, serão mobilizados mais de 100 técnicos, entre regionais e municipais, para o acompanhamento pedagógico, e quase dois mil articuladores de ensino, beneficiando 80 mil estudantes do ensino Fendamental, especialmente do 3º, 5º e 9º anos.

Dentre os compromissos assumidos para a execução do programa estão o aumento no nível de proficiência dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática; o aumento da taxa de aprovação; crescimento na taxa de participação na Prova Brasil; redução na taxa de abandono e na distorção idade/série dos estudantes; cumprimento de 200 dias letivos e da meta proposta pela Seduc para o Ideb 2017.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.