Curso de Design de Interiores recebe nota máxima no Enade - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Educação

09 Março de 2017 - 11:33

Curso de Design de Interiores recebe nota máxima no Enade

O resultado do Enade foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 08/03

O curso superior tecnológico de Design de Interiores do Ifal – Campus Maceió recebeu a nota 5, nota máxima no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que avalia a qualidade dos cursos de formação superior em todo o país. O resultado do Enade foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 08/03, e pode ser conferido aqui. Os cursos são identificados por códigos. O código do curso de Design de Interiores do Ifal é 57698.

É a primeira vez que um curso do Ifal recebe a nota máxima no exame. A professora Iolita Marques de Lira, coordenadora do curso, e outros docentes envolvidos, comemoram a nota, que representa um resultado histórico para o Instituto Federal. “Este resultado é muito importante para toda a Instituição e para toda a equipe que se empenhou pelo bom desempenho dos estudantes neste exame porque estamos numa fase de expansão do curso, de reestruturação da matriz curricular, de implantação de um curso de especialização. Então isto nos torna confiantes, passamos a acreditar mais no processo, na competência de alunos e professores, no esforço coletivo em toda a nossa capacidade”, avalia a coordenadora do curso.

O resultado publicado no D.O.U refere-se ao exame teórico feito com alunos concluintes do curso no final do ano de 2015, primeira oportunidade em que o exame foi aplicado no curso superior tecnológico de Design de Interiores. Como o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior demora pouco mais de um ano para concluir o ciclo de avaliação e revelar os resultados, só agora a nota foi oficialmente publicada.

DESIGN DE INTERIORES E AMBIENTES NO IFAL

O Ifal – Campus Maceió foi a primeira instituição de ensino em Alagoas a ofertar o Curso de Design de Interiores e Ambientes. O curso é superior e tecnológico, tem a duração média de três anos e existe desde agosto de 2001. O Instituto oferta 40 vagas anuais para ingresso no curso. Porém, há a proposta de dobrar a oferta a partir do segundo semestre de 2017, visto que há em tramitação o novo projeto pedagógico do curso, a ser avaliado pelo Conselho de Ensino e Pesquisa do Ifal (Cepe).

OUTROS AVANÇOS

Outros avanços têm sido vivenciados por estudantes e profissionais da área de Design de Interiores. Em 12 de dezembro de 2016 foi publicada no Diário Oficial da União a Lei nº 13.369, que regulamenta o exercício da profissão de designer de interiores e ambientes e dá outras providências. Até então, embora a profissão de Design de Interiores fosse legítima, tendo CBO (Código Bresileiro de Ocupações) e entidade representativa, a Associação Brasileira de Designers de Interiores, ABDI, a profissão não tinha nenhum dispositivo legal tratando das atribuições e responsabilidades do profissional.

Com a Lei nº 13.369 os designers passam a exercer sua profissão de forma mais segura, dentro de requisitos legais, e, segundo a coordenadora do curso de Design de Interiores do Campus Maceió Iolita Marques, os próprios estudantes tendem a dar mais valor ao curso tecnológico, sem considerá-lo como um “degrau” ou “trampolim” para a carreira de arquitetura.

Fonte: Ascom Ifal

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.