Botafogo vence Olimpia e abre vantagem por vaga na fase de grupos - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Esporte

16 Fevereiro de 2017 - 00:49

Botafogo vence Olimpia e abre vantagem por vaga na fase de grupos

Time carioca encontrou muitas dificuldades diante de um adversário experiente e muito lutador
Gazeta Esportiva
Rodrigo Pimpão foi o herói da vitória do Botafogo (Foto: Reprodução/Twitter) Rodrigo Pimpão foi o herói da vitória do Botafogo (Foto: Reprodução/Twitter)

Com um gol de bicicleta marcado por Rodrigo Pimpão, o Botafogo derrotou o Olimpia, do Paraguai, por 1 a 0, em jogo disputado na noite desta quarta-feira, no estádio Nilton Santos. O resultado foi muito importante para a equipe carioca que vai precisar de um empate na partida de volta, em Assunção, para garantir a vaga na fase de grupos da Taça Libertadores.

O time carioca encontrou muitas dificuldades diante de um adversário experiente e muito lutador. Para complicar ainda mais as coisas para a equipe de General Severiano, o meia Montillo sentiu uma lesão no início do jogo e o volante Bruno Silva teve que sair no intervalo. No segundo tempo, o Olimpia fez grande pressão, mas o Botafogo se defendeu com bravura e manteve o resultado.

O jogo – Como era de se esperar, o Botafogo começou a partida no ataque, enquanto o Olimpia recuava quase toda a equipe, deixando apenas Montenegro na frente. Aos dois minutos, após cruzamento de Victor Luis, Montillo escorou e Camilo encheu o pé, mas a bola saiu.  O Alvinegro seguiu pressionando e voltou a criar outro momento de perigo após penetração e cruzamento de Airton. O goleiro Azcona defendeu parcialmente e voltou a defender quando Roger tentou aproveitar o rebote e acabou atingindo o defensor paraguaio.

Logo depois foi a vez de Rodrigo Pimpão concluir para fora, depois de lançamento de Camilo, pela direita.

O Olimpia mantinha sua equipe muito recuada, quase não incomodando a defesa do time carioca. Aos 12 minutos, o Botafogo voltou a criar outra boa chance em cruzamento de Roger para Rodrigo Pimpão, mas o goleiro Azcona se antecipou e fez a defesa.

Antes dos 15 minutos, o Botafogo sofreu uma grande perda. O meia Montillo voltou a sentir a lesão muscular e foi obrigado a deixar o campo, entrando João Paulo em seu lugar,causando uma grande decepção na torcida alvinegra.

A saída do seu principal jogador fez o Botafogo cair de produção e o Olimpia passou a pressionar, causando problemas para a defesa da equipe de General Severiano.

O Botafogo só voltou a criar um momento de perigo aos 26 minutos em cobrança de falta na entrada da área, mas Victor Luiz acertou a barreira. O time carioca mostrava muito nervosismo e pouco conseguia criar em termos ofensivos. A equipe paraguaia mantinha a postura cautelosa e tentava se aproveitar dos erros cometidos pelo adversário.

A partida ficou muito truncada com as duas equipes cometendo muitas faltas e pouco criando ofensivamente.

Mesmo sem jogar bem, o Botafogo saiu na frente. Após cruzamento na área, Roger dividiu com a zaga e a bola sobrou para Rodrigo Pimpão,que de bicicleta, mandou a bola no canto esquerdo de Azcona.

Depois de sofrer o gol, o time paraguaio adiantou sua equipe para tentar buscar o gol do empate. O Botafogo voltou para o segundo tempo com, mais um desfalque. O volante Bruno Silva não teve condições de retornar e o atacante Guilherme entrou em seu lugar. A primeira chance foi criada pelo Olimpia em cruzamento da esquerda para González que entrava pelo meio, mas o jogador paraguaio escorregou e perdeu a chance de marcar o gol do empate

A partida ficou mais aberta porque o Olimpia abandonou as precauções defensivas para buscar o empate e permitu que o Botafogo tivesse espaços parma armar jogadas de contra-ataque. Aos 11 minutos, Airton foi derrubado na intermediária, mas a cobrança de Jonas não levou perigo.

Aos 13 minutos, Rodrigo Pimpão recebeu de Airton e enfiou para Roger nas costas da zaga, mas o atacante tentou desviar do goleiro e acabou colocando para fora, perdendo uma ótima chance.

Na jogada seguinte, o goleiro Helton Leite teve que sair nos pés de Montenegro para evitar a conclusão do atacante paraguaio. O goleiro alvinegro voltou a brilhar aos 18 minutos ao defender um chute cruzado de Montenegro.

A entrada do veterano Roque Santa Cruz fez a equipe paraguaia ficar ainda mais perigosa, enquanto o time dirigido por Jair Ventura encontrava dificuldades para se organizar.

Aos 28 minutos, Rodrigo Pimpão arrancou pela direita e cruzou para Roger que não conseguiu dominar na área. Logo depois, Guilherme foi lançado na área, trombou com um zagueiro e caiu pedindo a marcação de pênalti, mas o árbitro nada marcou.  Logo depois, após cruzamento da direita, Roger ganhou do goleiro Azcona, mas mandou para fora.

Logo depois, o volante Airton, muito cansado, pediu para sair e Matheus Fernandes entrou em seu lugar. O Botafogo seguia correndo muito para superar os desfalques e impedir que a pressão do Olimpía se transformasse em gol. Jonas salvou o Botafogo ao desviar um chute de Benitez  aos 42 minutos.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.