Hospital tenta localizar família de mulher de Campestre atropelada em Recife - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Brasil

10 Janeiro de 2017 - 16:29

Hospital tenta localizar família de mulher de Campestre atropelada em Recife

Segundo o setor de assistência social do Hospital da Restauração, ela informou que se chama Maria José da Silva
G1
Ela se identificou como Maria José da Silva e seria de Campestre, interior alagoano (Foto: Divulgação/Hospital da Restauração) Ela se identificou como Maria José da Silva e seria de Campestre, interior alagoano (Foto: Divulgação/Hospital da Restauração)

O setor de Assistência Social do Hospital da Restauração (HR), no Derby, na área central do Recife, fez, nesta terça-feira (10), um pedido de ajuda à população para identificar e localizar a família da mulher que teve o braço decepado ao ser atropelada por um trem do Metrô do Recife. O acidente aconteceu em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolita na segunda-feira (2).

De acordo com o HR, ela afirmou se chamar Maria José da Silva. Tem 51 anos de idade e dois filhos. Informou que vivia em Campestre, uma pequena cidade da Zona da Mata de Alagoas, perto de Água Preta, em Pernambuco. Funcionários da unidade acreditam que ela é uma andarilha.

Depois de passar por procedimentos cirúrgicos, a mulher está em uma enfermaria do 6º andar do HR. Atualmente, os enfermeiros cuidam do ferimento e trocam curativos. Ela sofreu uma amputação no membro superior direito, na altura do ombro. Hoje, conta com acompanhamento de psicólogos e assistentes sociais.

A assistente social Ednalva Santos, que trabalha no 6º andar do HR, informou que a mulher ainda não recobrou totalmente os sentidos. Em alguns momentos de lucidez, ela conta a companheiras de enfermaria, de uma forma confusa, que vivia no interior de Alagoas.

“Ela fala baixo e não está totalmente consciente. Como soubemos dessa informação, gostaríamos de saber se alguém conhece essa senhora na região”, afirma Ednalva. Segundo a assistente social, quem tiver informações sobre a mulher pode entrar em contato com o HR. O telefone é o (81) 3181-5602.

O acidente aconteceu perto da Estação Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. De acordo com a CBTU, o acidente ocorreu às 9h35, na via de passagem dos trens. A empresa abriu investigação para apurar as circunstâncias do fato.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.