IMA coleta amostras de água em riacho no Litoral Norte de Maceió - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Cidades

10 Janeiro de 2017 - 08:50

IMA coleta amostras de água em riacho no Litoral Norte de Maceió

Braço do Rio Pratagy amanheceu rosa ontem; resultado da análise da coleta só deve ficar pronto na próxima semana
Lucas França
De acordo com Instituto Biota, que fez a denúncia, coloração do riacho já estava estranha na noite de domingo Sandro Lima De acordo com Instituto Biota, que fez a denúncia, coloração do riacho já estava estranha na noite de domingo

Técnicos das gerências de Monitoramento, Fiscalização e Laboratóriode Estudos Ambientais do Instituto do Meio Ambiente em Alagoas (Ima) colheram na tarde de ontem (9), amostras de águas de um riacho que forma um braço do Rio Pratagy, na entrada do povoado conhecido como Boca do Rio, perto do Mirante da Sereia. O resultado da coleta deve sair n apróxima semana.

A equipe de fiscalização foi até o local e informaram que já tem indícios do que pode ter causado a mudança na cor da água. “Iremos avaliar se há contaminação por produtos químicos e, só após os resultados, saberemos as causas do problema e se a situaçãose trata de um crime ambiental”, afirmou Manuel Messias, gerente do laboratório do Ima.

O rio amanheceu com uma coloração rosa na manhã de ontem e surpreendeu pedestres e motoristas que passaram pelo Litoral Norte de Maceió.

A denúncia da mudança na coloração do rio foi feita pelo Instituto Biota que também encaminhou para as Secretarias de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) e do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

De acordo com o Coordenadordo Instituto Biota, Bruni Stéfanis, ele passou pelo local na noite de domingo(8) e o riacho já estava com a coloração estranha.“Não fiz fotos porque estava sem o celular, por isso pedi para uma equipe ir ao local e fazer fotos hoje [ontem] pela manhã”, disse.

Bruno informou que o instituto não realiza fiscalização,só verifica o que está suspeito e denuncia. Ele acrescentou que a entidade tem um projeto na região e, geralmente, as águas apresentam cor normal. “Fazemos análise da água do Pratagy e ela vem apresentando bom resultado,” ressaltou.

Órgão também registra mortandadede peixes no Rio Camaragibe

Desde a primeira semanade janeiro, essa é a segunda denúncia que o IMA recebe relacionada à possível contaminação de corpos hídricos na região Norte do Estado. A primeira denúncia foi referente à mortandade de peixes no Rio Camaragibe.

Na última quinta-feira(5), uma equipe do laboratório foi até o município de Matriz do Camaragibe, para coletar amostras de um dos trechos do Rio Camaragibe, próximo à uma usina de cana-de-açúcar existente na região para saber se houve despejo de efluentes sem tratamento no leito. Os resultados da coleta devem sair amanhã (11), mas, segundo Manuel Messias, gerente do laboratóriodo órgão, a temperatura medida pelos técnicos durante a vistoria já indica impactoambiental.

“Esse impacto é causado pela alta temperatura dos efluentes que a usina lança naquele corpo hídrico. Independente do laudo de amanhã, que dirá o tipo de efluente lançado, a usina deverá responder por essa alteração”, explicou o gerente.

ÁGUA ROSA

No ano passado a água do rio Rêgo dos Mamões, localizado em uma região de mangue na Barra Nova também mudou de cor e ficou com uma coloração rosada. Na época os moradores da região disseram que nunca tinham visto nada parecido e que a mudança poderia prejudicar os peixes do rio. Um especialista ambiental da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) informou que desconhece qualquer fenômeno natural que faça um rio mudar de cor e que isso só pode acontecer quando há despejos de produtos químicos. A cor rosa do rio Rêgo dos Mamões foi investigada pelo IMA, que constatou que se tratava de uma tinta utilizada por uma comerciante local.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.