Donald Trump nomeia genro como assessor sênior na Casa Branca - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Mundo

10 Janeiro de 2017 - 00:17

Donald Trump nomeia genro como assessor sênior na Casa Branca

Empresário do setor imobiliário, Jared Kushner é casado com Ivanka Trump
G1
Foto de novembro de 2016 mostra Donald Trump com o genro Jared Kushner em uma festa em Nova York AFP Foto de novembro de 2016 mostra Donald Trump com o genro Jared Kushner em uma festa em Nova York
O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, nomeu nesta segunda-feira (9) Jared Kushner, seu genro, como assessor sênior na Casa Branca, uma escolha potencialmente delicada diante da lei antinepotismo.

"Jared foi um ativo tremendo e um assessor de confiança ao longo da campanha e da transição e estou orgulhoso de tê-lo no rol de liderança chave do meu governo", disse Trump em um comunicado, segundo a France Presse.

A nova posição para Kushner já havia sido antecipada, mas não era claro que papel ele teria, relata a Reuters. Diferentemente de cargos no gabinete, o posto não exige confirmação no Senado.

Como Trump, Kushner é um empresário do setor imobiliário de Nova York, com uma ampla rede de negócios, o que poderia levar a potenciais conflitos de interesses.

Kushner, de 35 anos, que casou com a filha mais velha de Trump, Ivanka, em 2009, ajudou o republicano Trump a chegar a vitória contra a democrata Hillary Clinton nas eleições de 8 de novembro.

Ele surgiu como uma voz importante logo cedo na campanha de Trump e se envolveu em quase todos os aspectos dela, de decisões-chaves sobre a equipe até estratégia e arrecadação.

Kushner comanda a empresa de desenvolvimento imobiliário da sua família, a Companhia Kushner, e está à frente do jornal semanal "New York Observer", que ele adquiriu quando tinha 25 anos.

Não está claro como uma indicação de Kushner seria afetada pela lei federal antinepotismo, que proíbe um presidente de empregar membros da sua família no governo. O genro de Trump aceitou o posto após receber aconselhamento legal citando decisões de tribunais de que a legislação antinepotismo não se aplicaria a cargos na Casa Branca.

Segundo o "New York Times", o grupo chinês Anbang está em negociações para investir num projeto de reforma de um prédio emblemático de Nova York de propriedade da Companhia Kushner.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.